sábado, 3 de dezembro de 2016

25 ações para se manter criativo

♥ Bora colocar a criatividade em prática? ♥

A criatividade tem sido um assunto que anda me atraindo ultimamente, afinal as duas carreiras que escolhi para me acompanhar ao longo dos próximos anos (professora e escritora) exigem que o meu gênio criativo* esteja afinado.

Tenho lido muito, pesquisado muito e, principalmente, pensando nos meus momentos de criação. O que me levou a ter um insight? Quando isso aconteceu, o que eu estava fazendo no momento? O que me ajuda arejar a mente para ter novas ideias?

Pautada em tudo isso, fiz uma pequena lista das 25 ações que me ajudam a ser mais criativa e escrevi este post para compartilhar as minhas estratégias com você. Vamos lá?

25 ações que me guiam para a criatividade


Tem alguém mais criativa que a Pheebs? uahahhah

1. Escrever listas 
(de objetivos, de tarefas, de prioridades, de compras, de prós, de contras, das suas predileções)

2. Carregar um caderninho e uma caneta por aí
(você nunca sabe quando vai surgir uma ideia nova. Esteja sempre preparado)

3. Olhar o céu
(observar as nuvens indo e vindo, o nascer e o pôr do sol ajuda a sair do ritmo insano em que tudo é urgente, mas nem sempre importante)

4. Tirar uma soneca
(tomar decisões cansado não ajuda ninguém)

5. Beber água 
(principalmente em momentos de raiva e ansiedade. Ajuda muito a acalmar)

6. Desconectar: mais natureza e menos tecnologia
(um tempo desconectado, abraçando uma árvore ou vendo o mar, renova as energias)

7. Caminhar
(com ou sem rumo, nem que seja por 10 minutos até o ponto de ônibus)

8. Tomar um banho
(de preferência, cantando a sua música preferida enquanto faz isso)

9. Bata-papo com alguém confiável
(melhores amigos estão aí para isso!)

10. Cercar-se de pessoas criativas e positivas
(evitar a rodinha da fofoca é sempre ótimo!)

11. Fazer faxina
#MonicaGellerFeelings

12. Ir ao seu lugar preferido

13. Ir a um lugar novo também

14. Aprender com quem te inspire
(Se for com alguém conhecido, converse e pergunte. Se for com desconhecidos, nada como uma pesquisa no youtube)

15. Colaborar em algum projeto ou com alguma causa
(No site do Centro do Voluntariado há um campo de busca para a instituição mais perto da sua casa que precisa de voluntários. Que tal?)

16. Pôr o seu sonho em prática
(sabe aquela lista de desejos que você fez na virada do ano? É dela mesmo que estou falando!)

17. Praticar. Praticar. Praticar.
(Ninguém fica bom em algo da noite para o dia, não é mesmo?)

18. Ter um tutor/coach
(Eles são ótimos para nos ajudar a ver novos horizontes e para termos feedbacks de confiança)

19. Ver a sua série preferida
(E se emocionar tudo de novo!)

20. Errar com vontade de aprender
(Perfeccionista como sou, sempre dou o meu melhor. Humana, como sou, nem sempre consigo fazer tudo certo. Ver o erro como forma de pensar em novas soluções tem me ajudado a evitar o sofrimento do "por que não fiz assim antes?" ou do "por que isso não deu certo?", que muitas vezes surge como autoflagelo. Todo mundo erra e, se errei, não vou conseguir mudar o passado, então, o que posso fazer para aprender com isso e seguir melhor no futuro?)

21. Focar em encontrar a solução, não o problema

22. Persistir mesmo quando for muito difícil
(Aquela sensação de terminar algo é quase indescritível. Se imagine sentindo o sabor da vitória pessoal, quando a vontade de desistir vier)

24. Ter um momento para fazer nada

25. Agradecer 💚



E você, o que faz para ser criativo? 👀
Conte aí nos comentários e me ajude a engordar esta lista! 📝

---------------------------------
*Quem é especialista em incendiar o gênio criativo das pessoas é a coach em criatividade, Bia Lombardi. Dê uma passada no Bramare, no Incedeie seu gênio criativo e no Rock you life para saber mais do trabalho dela.

_____________________________________________________________

domingo, 27 de novembro de 2016

Vem aí a primeira edição do Chiclete MultiCultural


Oi, pessoal!
Tudo certo?

Participar do 2º Dia Nacional do Livro de Guarulhos foi mesmo incrível! Além de poder compartilhar conhecimento, conheci várias pessoas ligadas ao universo literário e cultural, o que me rendeu alguns frutos. O primeiro deles foi a publicação da minha crônica na revista Chiclete Cultural, o segundo é a novidade e convite deste post: a minha participação na primeira edição do Chiclete MultiCultural.

O evento, que acontecerá em Guarulhos (SP), parte da ideia de elevar as expressões artísticas dos participantes ao máximo, agregando conhecimento em diversas vertentes. 



Eu fui convidada para facilitar uma oficina de poesia. Minha proposta é mostrar para os participantes como captar a poesia que há ao redor, de forma criativa.

Quem vamos? *_*

Abaixo segue a programação completa das oficinas:

Chiclete Cibernético:
Quero ter um blog, e agora?
15h - 16h10 - Por Carolina Vayda

A tecnologia e a humanidade
16h30 -17h40 - Por: Thiago Augusto

Chiclete Oriental:
Origami: Venha descobrir mistérios em cada dobradura!
15h - 16h10 - Por: Marcela Vasconcelos

Mangás: Shounen, Shoujo, Seinen e Josei não são gêneros!
16H30 - 17H40 - Por: Gabriel Sau

Chiclete Nerd:
ARTE X DESIGN: O design na ilustração
15h - 16h10 - Por:  Fernando Kao

Oficina a confirmar
16h30 - 17h40

Chiclete Poético:
Você, poeta: um olhar criativo para o cotidiano
15h - 16h10 - Por: Fernanda Rodrigues

Letra Falada, Palavra à vista
16H30 - 17H40 - 2ª oficina: César Magalhães Borges

Cine Chiclete:
15h às 18h - PorCine Clube

Fora tudo isso, o evento contará com apresentações artísticas.

Curtiu? Quer participar? Então, coloque na agenda:

1º Chiclete MultiCultural - Mostra de Artes
Data: 10 de dezembro (sábado)
Horário: das 14h às 19h
Local: Livraria Nobel - Avenida Salgado Filho, 1453 - Guarulhos (ver no Google Maps)
Inscrições para as oficinas e informações: chicletemulticultural@gmail.com
Clique aqui para ver o evento no facebook.

_____________________________________________________________

domingo, 20 de novembro de 2016

Como encontrar backgrounds incríveis para celular

Todo mundo vê os planos de fundo, quando eu saio na minha jornada Pokemón. uahahahaha

Oi, pessoal!
Como estão?

Sempre que eu estou mexendo no celular perto de alguém, costumo ouvir um "Que bonitinho! Onde você encontrou essa imagem?". Normalmente, a pessoa está se referindo ou ao meu plano de fundo do Android, ou à tela de bloqueio do celular ou ao meu background do WhatsApp. Pensando nisso, resolvi mostrar para vocês o que estou usando atualmente e, claro, dar uma ajudinha na escolha da ilustração que vai deixar o seu telefone ainda mais fofo! ^-^




Eu peguei todos os meus planos de fundo lá no Pinterest! Tenho um board muito inspirador só para guardar todas estas relíquias. Vejam só:


Aproveitem e me sigam por lá! :D 
Beijos e queijos :*

_____________________________________________________________

terça-feira, 15 de novembro de 2016

Leitura

Imagem da internet
(Se você souber o autor, avise para dar os créditos)

Numa fração de segundos
Tudo aconteceu
A biblioteca parou
E o flerte floreceu.

Entre capas e lendas
Poemas e romances
Seguimos a diante
Em uma vida plena

Você leu os meus sonhos
Eu vivi sua realidade
Quem poderia dizer
Que isso seria amor de verdade?

Livros: um universo perfeito
Nós: total sintonia
De mãos dadas seguiremos
Caminhos de leitura e alegria.

Este texto faz parte do projeto Escrita Criativa.

_____________________________________________________________

terça-feira, 8 de novembro de 2016

Formalidades

O nosso caminho é reflexo da inconstância da nossa relação?

É estranho como os nossos caminhos se cruzaram quando a gente menos esperava. Do nada, me pego pensando no seu "bom dia", na minha expectativa por um mísero "olá", e no quanto já que te quis aqui por perto. Tudo isso perdido em algum lugar remoto da minha memória que eu não queria mais resgatar. Passado é passado, não é?

Agora você ressurge do nada. "Como assim, ele voltou?", perguntam as minhas amigas indignadas. Faço cara de tacho. Como posso responder a algo que nem eu sei? Capricho, destino (talvez). Elas, as companheiras que me consolaram quando me vi em frangalhos por sua causa, se enfurecem. No fundo, todas elas sabem que a minha fortaleza é uma farsa e que me exponho demais ao me colocar à mercê da sua vontade. Eu , em minha teimosia descrente, decido seguir e ver até aonde isso irá nos levar.

Sinto um cuidado velado. Há cautela em cada escolha de palavras a serem trocadas. Estamos em um jogo, decerto: eu, dando corda; você, pisando em ovos; nenhum de nós, vencedor. Às vezes penso que você tem medo de se jogar neste abismo que nos separou ao longo destes anos ausentes. Há terror na possibilidade de entrar, mesmo que sem querer, nos labirintos escuros que podem nos lembrar do nosso fim. Você conhece bem a adversária a ponto de ter a consciência de que ela pode te levar a nocaute. Será que lavar roupa suja a esta altura do campeonato vale a pena?

Sigo na contramão deste enredo. Não quero que pense que sinto ódio, que tenho raiva, ainda que eu soe reativa de vez em quando. Você sabe que, se nutrisse sentimentos ruins, não voltaria a falar contigo. No fundo, o que mais quero é que nos queiramos bem, que nos sintamos à vontade um com o outro. 

Por mais que isso seja confuso, por mais que não tenhamos as melhores respostas, por mais que os planos tenham desaguado mar a dentro, tudo o que eu quero é que deixemos as trincheiras e encontremos nossa paz.

_____________________________________________________________
Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...