Agenda

Sexta Literária: Encontro entre as poetas


Venha participar de um bate-papo com as poetas Anna Clara de Vitto, Fernanda Rodrigues, Tatiana Eskenazi e Viviane Nogueira. A mediação fica por conta da também escritora Aline Caixeta. 😉 Ao final, as autoras farão uma breve sessão de autógrafos de suas obras.

→ Sobre as poetas:

ANNA CLARA DE VITTO
Poeta santista radicada em São Paulo. Autora de "Água indócil", publicado pela Editora Urutau em 2019. Desde 2017, integra a coordenação do Clube da Escrita para Mulheres, fundado em 2015 pela escritora e poeta Jarid Arraes. Possui poemas publicados nas revistas Algo deu Errado, Literatura e Fechadura e Revista FNX. Além das publicações esparsas, participa de saraus e leituras.

FERNANDA RODRIGUES
Fernanda Rodrigues é uma paulistana que ama gatos e café. Formada em Letras e pós-graduada no curso Formação de Escritores e Especialistas em Produção de Textos Literários, publica no Algumas Observações desde 2006. Terceiro lugar no Prêmio SESC Crônicas Rubem Braga (2017). É moderadora do Projeto Escrita Criativa e autora do A Intermitência das Coisas: sobre o que há entre o vazio e o caos (Editora Penalux, 2019).

TATIANA ESKENAZI
Tatiana Eskenazi nasceu em São Paulo, em 1979. É fotógrafa e poeta.
Seu primeiro livro "Seu retrato sem você” foi lançado em 2018 pela Editora Quelônio.

VIVIANE NOGUEIRA
Viviane Nogueira tem 23 anos, paulistana crescida no interior. É poeta e graduanda em Psicologia no Instituto de Psicologia da USP. É mediadora do clube de leitura Leia Mulheres Osasco. Em 2018, participou do Curso Livre de Preparação do Escritor (CLIPE), na Casa das Rosas. É autora da plaquete “Onde estão os holofotes da tragédia” (2018, ilustrações de Steffano Lucchini) e do livro “Uma casa se amarra pelo teto” (Edições Macondo, 2019 - no prelo).

→ Sobre a mediadora:
ALINE CAIXETA
Aline Caixeta Rodrigues é formada em Letras pela UFU, e pós-graduada em Formação de Escritores, com especialização em Literatura para Crianças e Jovens, pelo Instituto Vera Cruz. Em 2017, publicou o livro infantil “As Aventuras de Simon”, realizado com o apoio do Programa Municipal de Incentivo à Cultura de Uberlândia. Atua como leitora crítica, revisora e preparadora de textos, colaborando com diversas editoras e escritores independentes, além de ministrar oficinas de criação literária. Mais informações no blog recantodaprosa.com.

→ Conheça as obras à venda (dinheiro e cartão de crédito):
LIVROS:
- ÁGUA INDÓCIL, por Anna Clara de Vitto (Editora Urutau, 2019)
A ÁGUA INDÓCIL é subdividida em três partes, intimamente ligadas a temas e memórias próprios da cidade de Santos, no litoral do estado de São Paulo, onde a autora nasceu e cresceu. Na primeira parte, “Águas abrigadas”, a temática é a da nostalgia, da saudade, dos inícios, do deslumbramento. A segunda parte, “Ressaca”, trata da perda das ilusões. Por fim, a terceira parte, “Vento noroeste”, aborda a luta, a revolta, a raiva que, se posta em movimento, cura e liberta.
R$ 35,00

- A INTERMITÊNCIA DAS COISAS: SOBRE O QUE HÁ ENTRE O VAZIO E O CAOS, por Fernanda Rodrigues (Editora Penalux, 2019)
A INTERMITÊNCIA DAS COISAS é um livro que reúne cerca de 45 poesias. Seus versos retratam a movimentação da poeta no espaço contemporâneo, suas mudanças e os aprendizados e, principalmente, como os ciclos que se iniciam e que se findam preenchem o vácuo que habita entre o vazio e o caos.
R$ 35,00

- AS AVENTURAS DE SIMON, por Aline Caixeta (publicação independente, com o apoio do Programa Municipal de Incentivo à Cultura de Uberlândia)
Quando veio ao mundo, no passeio quente da rua, Simon jamais poderia imaginar que sua vida seria repleta de infortúnios. Essa não é uma história com um final feliz. É uma história para fazer pensar e para fazer sentir. Quem sabe? Pode ser que você já tenha visto, com seus próprios olhos, alguma aventura parecida.
R$ 15,00 (livro) | R$ 20,00 (livro + postal)

- SEU RETRATO SEM VOCÊ, por Tatiana Eskenazi (Editora Quelônio, 2018)
SEU RETRATO SEM VOCÊ é um livro de poemas feitos a partir de um trabalho fotográfico autoral. A autora reúne composições sobre os temas dos afetos, do amor perdido, da memória familiar, da ausência e do luto. A edição da Quelônio combina técnicas de impressão contemporâneas e tradicionais. As duas fotos de autoria de Tatiana Eskenazi que ilustram as guardas do livro foram impressas em processo digital. Os poemas foram compostos em linotipo e capa foi impressa a partir de tipos móveis (título) e relevo seco (ilustração em clichê, feito especialmente para a edição). A impressão dos textos, a costura manual e o acabamento foram feitos na Tipografia Quelônio.
R$ 50,00

PLAQUETE:
- ONDE ESTÃO OS HOLOFOTES DA TRAGÉDIA, por Viviane Nogueira (publicação independente)
Composta a partir de uma coleção de fragmentos, texto e ilustração, "Onde estão os holofotes da tragédia" é um quase diálogo, uma procura pelos vestígios do acontecimento.

Quando: 5 de julho de 2019
Horário: das 19h às 21h
Onde: Casa Elefante 
Clique aqui para acessar o evento no Facebook.
________________________________________________________________

Lançamento do meu primeiro livro, A Intermitência das Coisas:


O livro já está em pré-venda. Para obter a sua cópia, clique aqui.


A escritora Fernanda Rodrigues, a Editora Penalux e a Casa Elefante convidam a todos para a tarde de autógrafos e sarau de lançamento do livro A Intermitência das Coisas: sobre o que há entre o Vazio e o Caos.

📜A Intermitência das Coisas é um livro que reúne cerca de 45 poesias. Seus versos retratam a movimentação da poeta no espaço contemporâneo, suas mudanças e os aprendizados e, principalmente, como os ciclos que se iniciam e que se findam preenchem o vácuo que habita entre o vazio e o caos.



✒️ Nas palavras da romancista Dani Costa Russo:
"A ansiedade dos tempos de hoje, toda essa rapidez de acontecimentos, a velocidade inalcançável dos sentimentos, nos fazem esquecer das intermitências – as pausas que a vida dá para que possamos prosseguir. [...] Nós, mulheres, aprendemos jeitos de oxigenar tudo e sobreviver com menos danos. 'O caminho é sempre em frente', Fernanda escreveu, mas nesta obra eu a vi voltar e resgatar partes. [...] Ela escreve sobre o medo da solidão e sinto que poderíamos nos encarar e nos reconhecer. [...] Seus poemas atuam como peças que se encaixam. Vira um jogo que a escritora utiliza para mitigar a dor. Juntamos tudo e concluímos que se ela diz 'o papel preenche e já não sou mais a mesma', é porque a sua missão é concluir os ciclos dedurando-os ao mundo.
A intermitência das coisas é um convite dessa jovem autora a desbravar a paz que existe na lacuna entre o que se acabou e o que vem depois. 'Lá as coisas estão certas'."

No dia 08 de junho teremos uma performance das atrizes do Na Companhia do Útero, sarau com microfone aberto (TRAGAM OS SEUS TEXTOS!!!!), autógrafos e muito, muito amor! ♥

Quando: 8 de junho de 2019
Horário: das 14h às 18h30
Onde: Casa Elefante
Clique aqui para acessar o evento no Facebook.

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Olá!

♥ Quer comentar, mas não tem uma conta no Google? Basta alterar para a melhor opção no menu "Comentar como:". Se você não tiver uma conta para vincular, escolha a opção Nome/URL e deixe a URL em branco, comentando somente com seu nome.

♥ É muito bom poder ouvir o que você pensa sobre este post. Por favor, se possível, deixe o link do seu site/blog. Ficarei feliz por poder retribuir a sua visita.

♥ Quer saber mais sobre o Algumas Observações? Então, inscreva-se para receber a newsletter: bit.ly/newsletteralgumasobservacoes

♥ Volte sempre! ;)

Algumas Observações | Ano 13 | Textos por Fernanda Rodrigues. Tecnologia do Blogger.