Reflexões sobre o amor II.

Capa do livro
Começo este texto com uma assertiva: toda mulher deveria ler Ele simplesmente não está a fim de você – entenda os homens sem desculpa, escrito por Greg Behrendt* e Liz Tuccillo** (Já aviso: o livro é diferente do filme. O que vou dizer vale para o livro, ok?). Se eu tivesse que dizer algo sobre o Greg, diria: ele é o único homem confiável na face da Terra (se é que há algum que seja confiável!)! hehehe E se eu tivesse que dizer algo sobre a Liz, diria: ela representa aquilo que nós, mulheres, esperamos de um cara.
Liz Tuccillo
Sim, comecemos pela Liz. Ela, como toda mulher moderna, trabalha (tanto ela quanto o Greg eram roteiristas da série americana Sex and the city) tem uma vida financeira estável, é uma pessoa estudada, bem-sucedida e solteira! (Pois é, o drama feminino da solteirice - ? – não é vivido apenas por brasileiras!)
Liz traz no livro o ponto de vista da mulher moderna: aquela que faz de tudo para ter um cara – porque quer desesperadamente acabar com a solidão. Mas, como é difícil arrumar alguém que goste da gente de verdade, ela também mostra o nosso desespero de quando encontramos este alguém e queremos acreditar – a todo custo – que o que sentimos é correspondido...
Greg Behrendt
E é aí que entra o Greg. A princípio, Greg Behrendt é o destruidor de lares, o despedaçador de corações, o que acaba com os sonhos de pobres mulheres solteiras, independentes e carentes de uma necessidade de acabar com a solidão.
(Se tem uma coisa que tanto o Greg quanto a Liz sabem é que mulheres se apegam muito fácil às pessoas; mas que, para desapegar, a coisa complica... – podia ser tudo na mesma velocidade, não acham?!)
Quando o assunto é relacionamento, podemos ter claro algumas coisas que nunca mudam – ainda que o mundo mude –, são elas:
1. Mulher tem necessidade de explicação. Nós queremos nomear as coisas e entendê-las a fundo (como disse no texto anterior, somos microscópicas, por isso queremos saber cada detalhe!). Se estamos “saindo” com um cara, queremos saber EXATAMENTE o que ele sente por nós e como podemos nomear este “embrião” de relacionamento: estamos ficando, namorando, nos conhecendo, what the fu**** hell?! O mesmo acontece quando uma relação (seja ela qual for) está em estágio de decomposição ou simplesmente acaba. Queremos saber por que acabou, se havia alguma coisa que poderíamos ter feito etc etc etc...
2. Homens não pensam muito em explicação e nomes. Eles fazem aquilo que sentem – ou seria que o instinto manda? – portanto, eles querem curtir o momento. Não se preocupam tanto em saber se o “estamos saindo” é ficada, namoro ou só uma pegada casual. Eles querem mesmo é curtir AQUELE momento (certo eles, se fôssemos assim, teríamos preocupações a menos). E quando o que eles sentem acaba, eles simplesmente não ficam mais a fim. Não há uma necessidade de “por quês”, simplesmente acabou e ponto final.
O que complica tudo é o que o próprio Greg diz: os homens inventam as mais mirabolantes situações para se livrarem de uma mulher. Para eles é mais fácil isso do que simplesmente ser honesto e dizer “eu simplesmente não estou a fim de você”. Eu sei, ouvir isso é doloroso (e como é!). Dizer isso também não deve nada ser fácil. Mas eu prefiro uma frase dessa na lata, do que as trocentas desculpas mirabolantes. E sabe por quê?! Porque a cada desculpa mirabolante, todas – ou quase todas – as mulheres ficam criando desculpas mais mirabolantes ainda para acreditar que o parceiro (ou seria “ex-parceiro”?) AINDA está a fim. Pelo menos, se a gente ouve um “eu simplesmente não estou a fim de você”, fica tudo mais claro: caímos de uma vez, sofremos de uma vez e nos reerguemos de uma vez; para, então, partir para outra.
Ler os conselhos do Greg me fez repensar em muitas coisas. Mais importante do que isso, me fez não desistir. Eu nunca esperei um príncipe encantado – pelo contrário, sempre achei os sapos mais interessantes! – contudo, de uns tempos para cá, estava esquecendo do que sempre sonhei para minha vida. Um homem para estar comigo, tem que comungar do mesmo horizonte que eu; e eu, por muitas vez, estava abrindo mão desta comunhão.
Como os autores reforçam, nós, mulheres, temos que ter os NOSSOS CRITÉRIOS. E os caras com quem saímos devem estar dentro deles. Como somos seres únicos, cada uma de nós temos a nossa lista individual, com nossa característica. Rever esses critérios também é uma ação importante – afinal, a vida muda, nosso ponto de vista também, por que os critérios não mudariam?!
No livro, Greg e Liz sugerem 10 critérios – que eu, definitivamente, APROVO – e sugere que nós criemos mais 10 (eu já fiz os meus!). Acho justo. Temos que saber o que queremos não só no campo profissional, mas também no emocional, não é?! E, se ELE não estiver a fim da gente, vai ter quem esteja e nos trate como devemos ser tratadas (assim eu espero...). Se tem uma coisa que eu aprendi com o Greg é: se um cara está a fim de uma garota, ele vai até o fim do fim do mundo por ela! Afinal, “para que ficar num limbo de relacionamentos esquisitos, se pode mudar para um território que será, com toda certeza, muito melhor?”. Fica aí a dica! ;)

Ele simplesmente não está a fim de você – entenda os homens sem desculpa
Título original: He's just not that into you - the no-excuses truth to understanding guys
Autores: Greg Behrendt e Liz Tuccillo
Tradução: Alyda Christina Sauer
Editora: Rocco
174 páginas

*Para os que não leram o livro: o Greg é casado com a Amiira Ruotola-Behrendt, com quem escreveu Quando termina é porque acabou – juntando os caquinhos e dando a volta por cima. Para ler a entrevista que ele concedeu à Revista Veja na ocasião do lançamento de Quando termina é porque acabou, clique aqui.
Além de autor, Greg é comediante e toca numa banda de rock! Para acessar o seu site oficial (em inglês), confira aqui.

** Liz Tuccillo também é autora do romance intitulado Como ser solteira, lançado pela editora Record. Para ler a entrevista que ela concedeu à Revista Veja quando lançou Ele simplesmente não está a fim de você, clique aqui.

You May Also Like

1 comentários

  1. Eu gosto desse livro, li por indicação sua. Falar de relacionamento é algo muito complicado principalmente qndo vc gosta mesmo de uma pessoa.
    Muito bom Fezoca.

    ResponderExcluir

Não deixe de observar também!

Sempre vou responder ao seu comentário por aqui; mas, se você deixar o seu link, farei questão de ir observar na sua morada! ;)