sexta-feira, 8 de julho de 2022

{Vou por aí} Visitando a 26ª Bienal Internacional do Livro de São Paulo

Vem que eu te conto tudo sobre a Bienal do Livro de São Paulo.


Estive por dois dias na Bienal Internacional do Livro de São Paulo e escrevo para contar tudo o que você precisa saber, caso queira visitar o evento.

Réplica da estátua do Drummond,
no estande do Grupo Editorial Record (E 87)


Começando por dicas práticas

É possível segurar uma réplica do Prêmio Jabuti no estande dedicado à premiação (E 76).


1. É possível chegar lá de carro e de transporte público. No meu caso, fui de metrô até a estação Portuguesa-Tietê (linha 1-Azul) e lá peguei o transfer gratuito para o evento. Apesar da longa fila, o processo foi mais rápido do que nas bienais anteriores. Acredito que seja porque o evento está acontecendo em um novo local que é mais próximo da estação.

2. Se for possível, compre o ingresso antecipadamente via internet. No sábado havia uma fila a perder de vista só para entrar no espaço. Na terça, a fila estava bem menor. 

3. Vista um sapato confortável e leve água e comida (para ter uma ideia de preço, paguei 10 reais numa garrafa de água. Com esse dinheiro daria para comprar um livro).

Prêmio Jabuti de pertinho.
(Eu pensava que ele fosse maior!)


4. Tenha muita paciência! Durante a semana há muitas excursões de escolas. No final de semana, pessoas com malas de viagem (que chegam lá vazias e voltam para casa cheias de leituras). Há fila para tudo: desde para tirar fotos nos espaços mais descolados, até para entrar nos estandes das grandes editoras. (No sábado, por exemplo, só consegui entrar na Companhia das Letras depois das 19h.)

5. Garimpe! Há estandes em que é possível comprar 3, 4 livros por 50 reais. Entretanto, eles são meio bagunçados e é preciso ter paciência para encontrar o seu título preferido. Se possível, faça uma lista do que quer comprar antes de ir (como tem muitos livros, estandes e informações, é fácil perder o foco e esquecer do que queria).

Lizandra de Almeida, Camilla Dias e Djamila Ribeiro falando sobre a coleção Feminismos Plurais no estande da Amazon (G 111)


6. Se você quiser ver alguma palestra, chegue cedo (lembre-se da fila para entrar!). É bom conferir a programação com antecedência para garantir que você vai conseguir ver quem quer. A mesma coisa serve para quem quiser autógrafos.

Com o meu ex-aluno, amigo querido e,
agora, autor, Abner Almeida, no estande da Cartola Editora (Travessa 07)


7. Marque um ponto de encontro ANTES de entrar no local da Bienal. Como tem sempre muita gente, o sinal do celular não dá conta. O máximo que eu consegui usar lá dentro foi o SMS e, ainda assim, com muita dificuldade, porque em alguns momentos a mensagem não conseguia ser enviada.

Eu vejo os Backstreet Boys em todos os lugares, incluindo na Bienal. 💚

8. Apesar de não ser obrigatório, use máscara e leve algumas extras para poder trocar ao longo do dia. Como o espaço tem muita gente e é fechado, é melhor prevenir do que remediar. 😉

Com o xará mais ilustre de Portugal: Fernando Pessoa,
no estande do convidado de honra Portugal (E 62).

9. O mapa dobradinho cabe dentro do porta-crachá. ;)

Como foi a minha visita

Aline e eu recriando a capa do Torto Arado, no estande da Todavia (H97).


No sábado fui com a Boo. Na terça, fui com a Aline e o Lucas. Foi muito bacana, porque além de estar no meio dos livros, estive com amigos queridos. 💚

Autografei um exemplar do meu livro para a Carol Daixum,
a Pequena Jornalista.


Nas duas visitas eu também pude conhecer pessoalmente a Carol Daixum, do Pequena Jornalista, e reencontrar um ex-aluno meu de quando lecionava inglês na universidade, o Abner Almeida, que além de ter se tornado um amigo querido, estava lançando seu primeiro livro, Cartas a Juliano (Cartola Editora). Também reencontrei a Yasmin, uma ex-aluna minha que está trabalhando como livreira na Rocco

Fazendo parte da capa da nova edição de Entrevista com o Vampiro, da Anne Rice
(com tradução da Clarice Lispector), no estande da Rocco.
Lestat, é nóis! hehehe 


No sábado não deu para ver muitas coisas por conta da lotação, mas consegui comprar 4 livros. Além do que foi escrito pelo Abner, comprei as cartas do Sabino para a Clarice (que estava na minha lista há tempos), um de poesias da Marina Colasanti e um da Brené Brown.

Comprinhas 💚


Grupo Editorial Pensamento

Claro que eu iria visitar a parceira do blog!
Grupo Editorial Pensamento fica na rua A 76.

Tem resenha de boa parte desses livros aqui no blog! 😉


Aproveitei ainda para prestigiar a parceira do blog, a Editora Pensamento. Que delícia foi poder ver todos os selos (Pensamento, Jangada, Cultrix e Seoman) juntos. Uma verdadeira festa dos livros para mim. 😍

Com a Carol Bessa, 
coordenadora do Marketing do Grupo Editorial Pensamento.


Foi ótimo reencontrar a Carol Bessa (que é do marketing da editora) e, claro, recomendar vários títulos para os meus amigos. Quer ver como o estande está lindão? Então aperte o play no vlog:


Com exemplares dos livros que eu amo lá do Grupo Editorial Pensamento.

Me conte nos comentários se você foi à bienal e o que achou. Se você não é ou não teve a chance de vir a São Paulo, me diz se tem algum evento literário bacana na sua cidade. 😉

_____________________________________________________________
Gostou deste post?
Então considere se inscrever na Newsletter para receber boletins mensais 
ou me acompanhar nas redes sociais: 

10 comentários:

  1. Que massa! Faz tempo que não vou à Bienal do Livro daqui de PE (que com é bem menor que a de SP, mas tem muita coisa boa também), deu até vontade de ir na próxima e conhecer a daí. Um beijo, Fê! :)

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Se eu pudesse (e meu dinheiro desse), eu iria a todas as bienais pelo Brasil! Que vontade! Venha que vai ser ótimo te receber e mostrar a cidade pra você! :)
      Um beijo :*

      Excluir
  2. Ah... que lindo! Pena que neste ano não conseguimos ir juntas, mas vem ni mim 2024!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. É uma pena, mas vc é minha companheira de vida e eu não te deixo tão cedo! <3

      Excluir
  3. Oi, Fernanda. Como vai? Uau as fotos ficaram lindas. Parabéns pela sua ida à Bienal. E um evento único. Fui algumas vezes aqui no RJ, contudo desta vez eu não fui. Adorei as fotos. Abraço!

    https://lucianootacianopensamentosolto.blogspot.com/

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Esse ano foi só em SP. No Rio é só em 2023 :)
      Obrigada pelas felicitações!
      Um beijo :*

      Excluir
  4. Oi Fernanda, tudo bem?
    Nossa, meu sonho conhecer a bienal de SP apesar de ser um evento cheio e eu evitar aglomerações assim desde sempre. Aqui na minha cidade parece que vai ter um evento esse ano, na praça central da cidade. Não sei como vai ser, porque o outro que teve foi em um local longe e eu acabei não indo, mas dessa vez faço questão de ir.

    Tem postagem nova com mais um filme do Martin Freeman no Mente Hipercriativa! Espero você por lá!

    Até breve;
    https://hipercriativa.blogspot.com (Livros, filmes e séries)
    http://universo-invisivel.blogspot.com (Contos e Crônicas)

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Na edição que você quiser vir, a gente se encontra! Vá no evento da sua cidade e conte pra gente depois :)

      Um beijo!

      Excluir
  5. Todo ano sempre falo que gostaria de ir, mas nunca consigo! Quem sabe ano que vem
    Blog Entrelinhas

    ResponderExcluir
  6. CHOCADA com o valor da garrafa de água! Até no show do McFly foi mais barato (7 reais)! Deus do céu, que roubo! Mas mesmo com os preços altíssimos das comidas (triste pra uma taurina), sempre vale a pena ir na Bienal, né? Quero ir na de São Paulo algum dia, mas na do Rio sempre sou presença certa. Suas dicas foram todas muito boas! E máscara é sempre imprescindível, pessoal! Beijos!

    ResponderExcluir

Olá!

♥ Quer comentar, mas não tem uma conta no Google? Basta alterar para a melhor opção no menu COMENTAR COMO. Se você não tiver uma conta para vincular, escolha a opção Nome/URL e deixe a URL em branco, comentando somente com seu nome.

♥ É muito bom poder ouvir o que você pensa sobre este post. Por favor, se possível, deixe o link do seu site/blog. Ficarei feliz por poder retribuir a sua visita.

♥ Quer saber mais sobre o Algumas Observações? Então, inscreva-se para receber a newsletter: bit.ly/newsletteralgumasobservacoes

♥ Volte sempre! ;)

Algumas Observações | Ano 16 | Textos por Fernanda Rodrigues. Tecnologia do Blogger.