Muito obrigada

Já posso dar um abraço em cada mulher presente na minha vida? ♥

Oito de março. Dia da mulher. Me peguei aqui pensando que queria muito falar sobre isso, mas sem saber exatamente como fazê-lo. Então, resolvi falar com vocês, mulheres da minha vida. Eu quero agradecer a todas as mulheres que sempre estiveram do meu lado. Se cheguei aqui hoje, é muito por culpa de vocês.

Vocês que me apoiaram, que não me deixaram desistir, que sempre fizeram questão de me lembrar o quanto eu sou incrível (em todos aqueles momentos em que eu desacreditei). Vocês que me ensinaram tanto - seja na escola, seja no trabalho. Vocês que vibraram com as minhas realizações, que alimentam os meus sonhos. Vocês que me leem, que me encorajam. Vocês que consolam as minhas lágrimas, que oram por mim, que não me deixam perder a fé.

Mulheres da minha família. Meus alicerces. Mulheres da minha vida acadêmica. Com quem até hoje compartilho as minhas angústias (que nem sempre são relacionadas à academia). Mulheres dos meus trabalhos todos, que tanto me fizeram crescer. Minhas amigas. As irmãs que escolhi para mim. Minhas autoras preferidas. Aquelas que abriram o caminho para nós, escritoras novatas que não desistem do reino das palavras.

Obrigada por continuarem comigo nesta luta por um mundo mais justo. Obrigada por criarem suas crianças pautadas na igualdade e no respeito. Obrigada por serem amor, por serem coragem, por serem força, por espalharem sua luz.

Que este oito de março renove as nossas energias. Que no futuro nossas filhas, netas, amigas, vizinhas e desconhecidas possam ganhar tanto quanto o seu colega homem, andar nas ruas sem medo, escolher a roupa, a profissão e a vida que bem entenderem. Que no futuro esta data seja mesmo para festejar. 

Enquanto isso acontece, a luta continua. E o meu sentimento de gratidão por vocês existirem na minha vida também. 💚

PS: Sue, se você ler, feliz aniversário também (e de novo!)! 😉

_____________________________________________________________

You May Also Like

4 comentários

  1. Sempre quando eu paro pra pensar nos lugares que já passei, eu vejo o quanto devo às mulheres. Acredito que apesar de o dia servir muito mais para reflexão que comemoração, é um dia pra se lembrar de cada uma que nos faz melhores. Somos irmãs, sobreviventes de uma sociedade que não foi feita para nos receber, mas unidas, o caminho sinuoso se torna mais fácil de seguir. Eu também me sinto gratas a todas elas, e agora a você, por esse texto.

    Com carinho,
    Conto Paulistano.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Isso é algo que a gente deveria parar mais para pensar e, sobretudo, agradecer. Concordo com você sobre essa caminhada e o papel das mulheres nela. E eu que agradeço por você estar sempre por aqui!
      Beijos :*

      Excluir
  2. Apesar do preconceito (imbecil) sobre as relação de amizade entre mulheres serem sempre competitivas, as amizades femininas são tipo, a melhor e mais confortável coisa da vida. Acho que as vezes as amigas são até mais parceiras que um namorado, dependendo do cara. E embora eu concorde que homens são mais "fáceis" de lidar, só as garotas sabem cultivar amizades desse jeito! Se apoiar desse jeito! Acho que só as meninas são sensíveis o bastante para se importar dessa forma, umas as outras (vide os blogs)! Compartilho com você o sentimento de gratidão =)
    Beijos Fê!!
    4mor-nuvem.blogspot.com.br

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Não poderia concordar mais com o seu comentário! É ótimo saber que temos mulheres maravilhosas na nossa vida, não é mesmo? ♥

      Beijos para vc tbm!

      Excluir

Não deixe de observar também!

Sempre vou responder ao seu comentário por aqui; mas, se você deixar o seu link, farei questão de ir observar na sua morada! ;)