{Vou por aí | Vamos falar sobre escrita?} Flipoços 2019 - Parte 1

by - quinta-feira, maio 02, 2019

Flipoços 2019
O calendário de festivais e feiras literários foi aberto no dia 27 de abril, com o Flipoços 2019. Estive lá no primeiro fim de semana do evento e vim aqui contar tudo para vocês! Afinal, tem algo melhor do que viajar para uma cidade muito amor, como é Poços de Caldas, e ainda respirar literatura 24 horas por dia?

Assim como em 2017, dividi a viagem com a minha amiga e também escritora, Aline Caixeta (você pode conhecer o trabalho dela, acessando o Recanto da Prosa). Nós fomos como imprensa e chegamos à cidade um dia antes do evento começar.

Este ano, o tema do evento é Literatura sem Fronteiras. A ideia principal é exaltar não apenas a literatura brasileira, mas conectar os leitores com o que é produzido na América Latina, tornando o Flipoços um grande point de latinidade. Sendo assim, o símbolo escolhido para representar essa conexão foi a borboleta monarca, espécie presente em todo o globo.

O tema deste ano é Literatura Sem Fronteiras.

Encontrão dos Autores Sulfurosos

Escritores poços-caldenses.

O dia começou com o já tradicional Encontrão dos Autores Sulfurosos, que contou com a presença de mais de 20 autores poços-caldenses e teve como moderador o escritor Tadeu Rodrigues. A mesa começou com a exibição do documentário Café de Feijão Andu, produzido pela professora doutora Beatriz Sales da Silva, sobre a dona Flora, matriarca da comunidade indígena Xucurus Kariris.

Comunidade indígena Xucuru Kariri e professora Beatriz Sales da Silva.

A princípio, a ideia era que a professora Beatriz explicasse um pouco sobre o documentário e o livro escrito por ela, sobre o projeto. Entretanto, a comunidade indígena resolveu fazer um canto de agradecimento ao trabalho por ela desenvolvido e isso foi emocionante demais!

Depois, eu pude ver a minha amiga e companheira de Editora Penalux, Beatriz Aquino, falando sobre os seus dois livros: Apneia e A Savana e Eu.

Beatriz Aquino e eu. 




Literatura Sem Fronteiras — Encontro entre poetas

Encontro entre os poetas Calí Boreaz e Tadeu Rodrigues.

"A poesia mora no espanto". 
(Calí Boreaz)

O período da tarde foi do jeito que eu AMO! Repleto de poesia! Na arena cultural, vi a poeta portuguesa Calí Boreaz conversando com o poços-caldense Tadeu Rodrigues. Foi interessante perceber como a poesia é canal para mudar as narrativas em tempos de pressa. Nesse sentido, a Calí contou como a escrita poética teve a função de ajudá-la a compreender a vivência do exílio, e como o exílio é sempre um lugar de erro, um não-lugar.

"O poeta está no lugar de erro, porque o mundo está frio".
(Tadeu Rodrigues)

Nesse sentido, o Tadeu Rodrigues complementou essa ideia concordando que o poeta vive no lugar de erro, uma vez que a poesia é um gênero que vai na contramão da correria e desumanidade presentes no nosso cotidiano.



Os autores também fizeram as leituras de alguns dos poemas de seus lançamentos: Outono Azul a Sul (Calí Boreaz) e  A Utilidade do Rascunho (Tadeu Rodrigues).

As leituras começaram com a Calí Boreaz lendo (com o sotaque português maravilhoso!) "Para se ler no inverno", do Tadeu Rodrigues:



Depois, o Tadeu leu "Fortaleza", da Calí Boreaz:



Por fim, cada um leu um poema de autoria própria: Calí Boreaz declamou "Efeito Kahlo Kuleshov", já o Tadeu leu "Som".





Por fim, os autores autografaram os seus livros e conversaram com os leitores.

Quer saber mais, sem ter que esperar? Acesse o meu perfil no Instagram, @fe_notavel, e veja o destaque Flipoços 19. 😉

Nas próximas postagens, conto mais do que vi e vivi nesses dias poços-caldenses. 
Beijos e queijos! :*

_____________________________________________________________

You May Also Like

1 comentários

Olá!

♥ Quer comentar, mas não tem uma conta no Google? Basta alterar para a melhor opção no menu "Comentar como:". Se você não tiver uma conta para vincular, escolha a opção Nome/URL e deixe a URL em branco, comentando somente com seu nome.

♥ É muito bom poder ouvir o que você pensa sobre este post. Por favor, se possível, deixe o link do seu site/blog. Ficarei feliz por poder retribuir a sua visita.

♥ Quer saber mais sobre o Algumas Observações? Então, inscreva-se para receber a newsletter: bit.ly/newsletteralgumasobservacoes

♥ Volte sempre! ;)