Retrospectiva notável: 17 fatos de 2017

17 fatos do meu 2017.

"I know a lot of people who experienced pain and loss and heartache in 2017. 
But came through it allowing the darkness to bring them closer to the light. (...) 
Seeing people experience pain on a level you can never prepare for and can only relate unless you experience something similar is so hard. But to learn to understand pain, and how it can shape the person you become for the better through the hurting is the only way it can be used in a positive way". (Jessie J)

Dois mil e dezessete. Pense em um ano estranho. No fundo, foram doze meses de extremos: ou tudo estava muito feliz ou desabava de uma vez. Passei o ano todo em busca de equilíbrio, enquanto me perdia em mim mesma. Responder a uma pergunta aparentemente simples como "quem sou eu?" se tornou tarefa árdua nesta vida que aqui escreve. Contudo, desistência nunca esteve no meu vocabulário, não é mesmo? Não é um ano esquisito que vai me derrubar.

Fui rever as minhas metas do começo do ano e me perguntei onde tudo desandou. De fato eu estava compromissada até abril ou maio, então bateu o cansaço, o desânimo e o que hoje eu sei que é depressão. Por outro lado, eu conquistei e, sobretudo, aprendi tantas coisas, que não posso deixar de ser grata por cada momento (mesmo os ruins, já que eles me ensinaram muito).

Até o meu #2017bestnine me surpreendeu este ano. Ainda bem que tem muito riso aí! ♥ 


Refletindo sobre tudo isso, resolvi fazer uma retrospectiva tentando listar os 17 fatos importantes do meu ano.

1. Vi minha irmã saudável
Viramos de 2016 para 2017 no hospital, porque a minha irmã estava internada. Quando olho para ela hoje e a vejo saudável, bate um sentimento de fé e de gratidão muito grande.

                                                                                            Nós duas ♥

2. Doei o meu cabelo
Essa era uma vontade antiga que me deixou feliz a ponto de querer que o meu cabelo cresça bastante para repetir a dose (é isso que não me fez cortar ainda). Foi legal demais poder compartilhar informação de lugares que recebem doações aqui no blog. ♥

3. Coloquei mais vídeos no YouTube
Todo mundo sempre me pedia para gravar vídeos e pôr no YouTube. Eu não acho que levo muito jeito para a coisa, mas a playlist de conteúdos do blog cresceu de 1 para 8 vídeos (era para ter 9, mas falta editar um deles). Minha velocidade para colocar os vídeos no ar não é a ideal, mas seguimos caminhando, não é mesmo?

4. Viajei!
Das minhas metas do começo do ano, essa era uma das que parecia mais difícil — tudo o que envolve contas e dinheiro parece mais difícil — e foi a única que eu cumpri 100%. Meus planos era de ter viajado duas vezes, acabei vivenciando três: Poços de Caldas, Belo Horizonte e Brasília.

5. Fui a todos os shows que eu queria e ainda ouvi as minhas músicas preferidas da vida

Isaac Hanson ♥

2017 foi o ano dos shows que eu sempre sonhei e que, por alguma razão, nunca tinha ido. Começou em abril, com o Justin Bieber — ok, esse não era sonho, era só vontadinha mesmo que valeu a pena. Neste dia eu conheci a Simone, que também se tornou companheira na jornada de fan girl. Em maio, foi a vez do Ed Sheeran e de ouvir You need me I don't need you ao vivo. Sou doida nessa música desde que conheci o Ed e me esbaldei nesse show. Acho que Give me love foi um dos momentos mais emocionantes de 2017, sem dúvida. Só quem estava lá consegue entender o que foi participar daquele coral que o Ed organizou. "Volta, Edinho" é tudo o que eu consigo pensar. Agosto foi a vez do Hanson, com direito a estar na grade, com o Taylor vindo falar comigo (eu ainda não creio que peguei na mão de Taylor Hanson!) e a minha música favorita, Watch over me, bem ali na minha frente! Só posso agradecer pelo carinho de todas as amigas (Ca, valeu de novo por ter guardado o meu lugarzinho na grade!). Outubro foi corrido e, honestamente, não sei como sobrevivi à maratona. Primeiro o sonho de ver o meu Beatle mais querido, o que eu mais amo, cantando Hey Jude na minha frente e dizendo o show todo em português. Se você nunca foi a uma apresentação de Sir Paul McCartney, vá. É tudo o que eu posso te dizer. Vá e seja tão feliz quanto eu fui. Depois, na mesma semana, a viagem a Belo Horizonte para ver o John Mayer e realizar um sonho de mais de 10 anos de ir a um show dele acompanhada da Kah e da Mari e ainda ouvir Slow Dancing in a burning room, minha predileta dele. Por fim, dois dias depois, estar lá no Morumbi, com direito a upgrade de ingresso, para ver o U2, participando de uma turnê tão incrível para eles, e ainda tendo Running to Stand Still e Ultra Violet no mesmo dia! 😍 Minha fan girl interior está satisfeitíssima e quer muito repetir a dose no ano que vem! Bora aumentar esta lista aqui.

John Mayer ♥

6. Revi os meus amigos que moram longe
2017 foi um tanto generoso no quesito matar a saudade de que em está longe. Em julho, recebi aqui em São Paulo duas amigas do Peru (a Cynthia e a Anny), uma do Rio (Mai) e outra de Jundiaí (Pri). Depois, em outubro, fui pra BH com a Mari (que mora no Espírito Santo) e com a Kah (que é lá de Fortaleza). Também fui a Brasília e reencontrei o Eryck, meu amigo de infância (mais de 10 anos sem ver!), a Raila e a Dani. Por fim, conheci o Lu quando estive em Guarulhos. 💚

Raila e eu ♥

                                                                                           Dani e eu ♥

7. Vi a minha primuxa casando (e ainda peguei o buquê!)
Minha prima com quem eu tenho mais contato e mais amor se casou em julho. Foi bonito poder ver alguém que vi nascer dando um passo tão lindo na vida. O marido dela é um querido e ela não poderia ter escolhido alguém melhor. A cerimônia foi tão impecável quanto a felicidade dos noivos, e eu só posso desejar amor ao infinito e além para eles. Ela jogou três buquês. Um deles, feito de diversos Santo Antônios. Peguei dois santinhos. Agora só falta um boy para chamar de mozão meu! hahaha

8. Fiz o TOEFL
Foi tudo corrido, meio a contra-gosto, sem me preparar, mas fiz. Quando a minha coordenadora disse que eu teria a chance de fazer a prova de graça (praticamente dois dias depois do dia em que ela me comunicava isso), fiquei um tanto desanimada. Queria ter me preparado melhor, ter revisado alguns pontos, ter estudado mais o formato do exame. Contudo, como diria Jout Jout, "não trabalhamos com perfeição neste canal, não é mesmo?". Tenho que aprender a deixar o perfeccionismo de lado e vida que segue. Pelo menos o resultado (que não chegou até eu sair de férias) vai servir para guiar o que eu preciso revisar daqui pra frente.

9. Comecei a dar aulas particulares
Em agosto eu me tornei oficialmente professora particular de inglês e de espanhol. Ensinar é algo que eu amo e ter como feedback "odiava espanhol e você me fez gostar" ou "agora me sinto mais confiante para falar em inglês" é algo que aquece o coração de qualquer professora. Fora que esse trabalho, querendo ou não, foi uma forma de arejar a cabeça. Ensinar adultos é diferente de ensinar crianças e eu estava com saudades disso. Jujuba, amiga, obrigada pela confiança!

10. Ouvi da minha pior turma o pedido para ficar
Todo professor já teve alguma turma extremamente desafiadora. Eu tive uma assim por quatro longos anos. 2017 foi o último deles e o mais complicado. Eu acho que nunca havia me estressado tanto com um grupo de alunos, a ponto de pedir para a minha coordenadora várias vezes para não ser professora deles mais. Pois bem, na última semana de aula eles vieram, todos carinhosos, me pedir para ser professora deles no ano que vem, dizendo que sentiriam saudades e que me amam. Acho que, de alguma forma, o perrengue valeu a pena (e, apesar de todo o nervoso, eu amo cada um deles, eles sabem disso!).

Um dos vários desenhos que os meus alunos fizeram de mim ao longo do ano. ♥

11. Dei uma oficina sobre escrita criativa
Em dezembro eu participei do 4º Chiclete Multicultural, lá em Guarulhos, com a oficina "Para ser escritor não basta escrever". Na véspera, me bateu a ansiedade de saber se haveria público — quase o mesmo medo de organizar uma festa de aniversário e não aparecer ninguém — e bateu um alívio quando eu vi a sala cheia. O bate-papo foi muito gostoso e teria durado mais se a gente tivesse mais tempo.

12. Tive poemas publicado em um livro
Em agosto, tive três poemas meus publicados no livro Belezas Recolhidas, do fotógrafo e escritor Marcelo Caldas. Foi uma experiência muito bacana ter os meus textos em um projeto tão bonito e delicado como este.

13. Escrevi um livro e estou quase terminando outros dois
Durante o mês de novembro, trabalhei escrevendo um livro de poemas em prosa, que agora precisa entrar na fase de revisão. Ao longo do ano, trabalhei em um livro de poemas e em outro de narrativas curtas — sendo este, o meu TCC da pós-graduação. Embora eu não tenha lido tantos livros quanto eu gostaria, escrevi bastante e, sobretudo, aprendi muito sobre o meu processo de escrita e sobre os meus textos. Neste sentido, o retorno que os meus amigos escritores me deram sobre os meus textos foi fundamental. Só posso sentir gratidão por tanto carinho da parte deles. O foco agora é terminar o TCC e deixar o livro pronto.

14. Ganhei um prêmio
Ainda nesta linha literária, 2017 foi o ano em que eu ouvi elogios importantes, de autores importantes, sobre os meus textos. Foi por causa de um dos meus professores que eu acabei enviando alguns textos para um concurso literário, o Prêmio SESC Rubem Braga. E, para a minha surpresa, foi assim que eu fiquei em 3º lugar na categoria crônicas, ganhando um troféu, um certificado, um valor em dinheiro, uma viagem para Brasília (para a premiação) e que verei meu texto em um livro publicado por uma editora grande, a do SESC. Já estou ansiosíssima para ver o livro em 2018!

15. Vi o Projeto Escrita Criativa crescendo
2017 foi um ano e tanto para o Projeto Escrita Criativa. Primeiro porque trabalhar com a Ane e com a Ayumi é sinônimo de diversão e novas ideias na certa. Segundo, porque o Projeto deixou de ser apenas um grupo de postagens coletivas no Facebook e ganhou um blog, um Twitter, um canal no YouTube e um Instagram. Passamos o ano todo organizando uma antologia com os melhores textos produzidos pelos participantes do Projeto (que será lançada em janeiro/18), entrevistando escritores, compartilhando saberes.

16. Vi meus amigos realizando sonhos
Vi amigas e amigos conquistando trabalho dos sonhos, fazendo a viagem dos sonhos, estudando, publicando livros/HQ, casando e tendo filhos. Independentemente do sonho realizado, eu fico torcendo para dar certo e vibrando com cada conquista. Sei quanto cada um lutou por isso, sofreu por isso, abriu mão de coisas por algo maior. Só consigo me sentir feliz por cada conquista de cada um.

Mari, Kah e eu, lá em Beagá. ♥

17. Comecei terapia
Dezembro foi um mês tão complicado e doloroso que eu eu pensei que entraria em colapso, por isso, resolvi buscar ajuda de alguém que fosse de fora e que tivesse as ferramentas ideais para me ajudar a encontrar uma luz em meio a tanto caos. Foi assim que encontrei a minha terapeuta. Sabia que precisaria cuidar da minha saúde mental para poder cuidar de todo o restante (inclusive das pessoas que precisam de mim). Apesar de ter passado em apenas três sessões, já me sinto mais leve e com mais energia para começar 2018. 

Assim me despeço de 2017 e desejo um feliz 2018 para todos nós! Que todo mundo esteja mais saudável, mais feliz e com menos perrengues no ano que vem! 💚

_____________________________________________________________

You May Also Like

38 comentários

  1. Realmente, 2017 foi um ano de extremos e mesmo que possa não ter sido tão equilibrado, fico feliz pelas suas realizações e pelas suas conquistas. Os shows devem ter sido incríveis e tudo mais, mas o prêmio deve ser fascinante. Parabéns mesmo!
    Fico feliz que sua irmã esteja melhor e que você tenha reencontrado os amigos, isso, com certeza é ótimo.
    Espero que seu 2018 seja ainda melhor e que o equilíbrio seja algo mais comum.
    Feliz ano novo.
    Beijos!
    Magia é Sonhar

    ResponderExcluir
  2. Só coisas maravilhosas aconteceram em sua vida em 2017, e é muito bom ver isso eternizado em suas fotos. Que seu 2018 seja tão memorável, realizador e inesquecível como 2017 foi :)

    http://www.vivendosentimentos.com.br

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Ai, Moni!
      que seja assim para todos nós ♥

      Beijos

      Excluir
  3. Acho que pra maioria das pessoas 2017 foi meio esquisito e com esses altos e baixos, mas lendo esse seu post seu ano teve muitaaas coisas boas, isso que importa né?
    Adorei saber mais como foi seu ano, eu também fui a todos os shows que eu queria e ainda ouvi as minhas músicas preferidas da vida, isso é tão bom! <3
    Talvez eu também esteja precisando de terapia haha, pra me sentir mais leve assim como você.
    Feliz ano novo, que 2018 seja incrível para todos nós! ♥

    https://heyimwiththeband.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Menina, shows, viagens, livros e terapia são os melhores investimentos nessa vida! :D Super recomendo!
      Talvez vc seja a melhor pessoa para entender o que é ir a um show de alguém que gosta mto! ♥

      Que 2018 seja maravilhoso para nós ♥

      Beijos :*

      Excluir
  4. Esse negócio de 8 ou 80 em um ano é tenso. Ou tudo está bom demais ou ruim demais. Mas 2017 ficou pra trás, cabeça erguida pra encarar 2018 que com certeza vai ser muito melhor.

    http://submersa-em-palavras.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Deus te ouça! que 2018 seja maravilhoso mesmo! :D

      Beijos!

      Excluir
  5. Olá, Fê.
    Menina que ano. Amei sua retrospectiva, acho que não lembraria as coisas para anotar assim não hehe. A unica coisa que me marcou foi minha cirurgia que depois pude comer tudo que não podia antes hehe. Que 2018 seja um ano maravilhoso para você.

    Prefácio

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oi, Sil!
      Olhar os arquivos do blog e a agenda sempre ajudam a saber o que aconteceu. Minha memória também não é muito boa, mas a gente segue o baile, não é mesmo?
      Que 2018 seja maravilhoso para nós!

      Excluir
  6. 2017 foi um ano maravilhoso para vc. Várias conquistas e surpresas boas.
    Desejo que 2018 continue assim, surpreendendo. Que seja maravilhoso *_*

    Beijos

    ResponderExcluir
  7. Oi Fê, tudo bem?
    Adoreeei o post! Muito sucesso pra você em 2018!
    Blog Entrelinhas

    ResponderExcluir
  8. Oi, Fê!

    Realmente, você teve um ano intenso, mas, ao mesmo tempo, de muitas alegrias. Eu percebi isso fazendo a minha retrospectiva também. Tinha pensado que foi um ano complicado e só com preocupações, mas não! Vi que tive um ano repleto de felicidades também! Isso me motivou para entrar em 2018 com o coração mais leve!

    Que 2018 possa ser um ano mais leve e mais gostoso para você!! Muito amor e felicidades para você!!

    Um grande beijo

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oi, Fê!
      Foi difícil pensar em 17 fatos. A princípio, achei que não iria conseguir. Contudo, fiquei bem satisfeita com o resultado.

      Que os anjinhos digam "Amém" e que este ano seja mesmo mais leve ♥ Que ele seja feliz para nós!

      Beijos :*

      Excluir
  9. Interessante como do que tenho lido por aí, as pessoas tiveram um ano de 2017 muito similar... Eu acredito que seja as influências dos astros e afins.
    O meu ano foi semelhante, mas acho que foi um bom ano, aliás muito bom, sobretudo porque cumpri quase todas as metas que escrevi na minha lista de 2016 para 2017, o que é coisa rara.

    MRS. MARGOT

    ResponderExcluir
  10. É como vc disse disse, foi um ano estranho mesmo. É bom fazer esses balanços pq temos a certeza que diante de tanto caos temos muito a agradecer. Que 2018 seja lindo!

    Super beijos,
    Neila Bahia - Blog Insanos Dezembros ♥

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Refletir é sempre o caminho :) Talvez seja por isso que eu goste tanto de fazer a minha retrospectiva. :)

      Beijos e um 2018 maravilhoso para nós :D ♥

      Excluir
  11. Me identifiquei demais com o que tu escreveu no primeiro parágrafo. Sem dúvidas, 2017 foi um ano desafiador cheio de altos e baixos meeesmo, foi complicado e bom ao mesmo tempo, mas é incrível como, se a gente procurar, conseguimos achar muitos momentos bons, né? Essa tua lista tá incrível, por mais que 2017 tenha sido bem doido, ele também te trouxe muita coisa boa. Parabéns pelos prêmios, publicações e reconhecimento como professora e por todas as conquistas pessoais também, tu merece! E que 2018 nos traga muito maaais <3
    Um beijão,
    Gabs | likegabs.blogspot.com ❥

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oi, Gabs!
      Foi intenso, foi doido, mas valeu, não é mesmo?
      Que o seu ano novo seja incrível. :D

      Beijos

      Excluir
  12. Quantas coisas boas! Que 2018 seja muito melhor! ;)

    http://ludantasmusica.blogspot.com.br

    ResponderExcluir
  13. Quando comecei a ler o post falando sobre as coisas terem desandado um pouco nas metas pensei "beleza, acontece", mas aí fui lendo o post e... cara, você realizou muita coisa, muita mesmo. Não se cobra tanto, porque sério, que incrível as coisas pelas quais você passou. Fiquei encantada! Parabéns pelo seu trabalho e dedicação e muito sucesso nesse novo ano que começa!


    Beijos
    Brilho de Aluguel

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oi, Thayse!
      Obrigada pelas palavras de incentivo :D ♥
      Espero que 2018 seja mais tranquilo. De qualquer forma, coloquei o pé no freio em muitas coisas, incluindo o planejamento das metas.
      Um beijo pra vc e um 2018 maravilhoso ♥

      Excluir
  14. Olá,

    2017 foi um ano dos extremos mesmo, mas apesar de ter alguns momentos difíceis, foi um ano muito bom para mim também. Espero que esse ano seja mais calmo, pois foi uma correria que só para mim ano passado que nem vi os meses passarem.

    Bjs e um bom Domingo!
    Diário dos Livros
    Siga o Instagram

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Jess, menina, fomos 2 então. Em momento estava em janeiro, no outro, em dezembro. Fiz tanta coisa que não deu nem pra ver tudo passando.
      Que 2018 seja calmo.

      Beijos!

      Excluir
  15. Ai, que sensação deleitosa de entrega, de energia sobre observar os ganhos das perdas, de verdade. Adorei cada clique. Retrospectiva linda!

    semquases.com

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. É bom mesmo olhar para trás e sentir que, de algum modo, a vida foi produtiva.

      Fico feliz que tenha gostado das fotos :)

      Beijos!

      Excluir
  16. Olá! Tudo bem?
    Primeiramente, feliz ano novo!
    Eu amo posts de retrospectivas e o seu foi o que mais me inspirou mesmo!
    Desculpe a demora em responder seu comentário.
    Volte sempre que será bem vinda!

    Abraço,
    miiistoquente~

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oi, Thamiris!
      Feliz ano novo para você também :)

      Eu também amo as retros. Fico imensamente feliz por saber que a sua te inspirou.
      Quanto a demora na resposta, fique tranquila. Sei bem como isso é complicado.

      Beijos

      Excluir
  17. Realmente 2017 teve alguns altos e baixos pra todo mundo. Mas lendo o seu post, você vivenciou grande momentos. Teve muito show legal, hein. Ed é um cantor que eu gosto muito. Seria um sonho vê-lo cantar ao vivo.
    Parabéns pelo seu prêmio. Já posso imaginar a sua ansiedade para ver a publicação no livro.
    E que 2018 tenha coisas ainda melhores em sua vida.
    Bjus!

    galerafashion.com

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oi, Adri!
      Então, a gente foca nos altos e segue, né?
      O show do Ed é maravilhoso! Uma experiência que eu fortemente recomendo ♥

      Que seu 2018 tbm seja melhor :D

      Excluir
  18. Um ano de emoção, diversão, fé, conquistas e sucesso! Adorei o modo que fez sua retrospectiva, vou querer fazer no ano que vem nesse formato, porque adorei, gostoso de ler! Beijos e que 2018 seja assim novamente ou 8 ou 80 pois só assim a gente realmente vive e aprende, muitas realizações para você. Espero sempre te acompanhar aqui! Beijos

    http://www.cherryacessorioseafins.com.br

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oi, Si!
      Fico feliz que tenha gostado da minha retrospectiva :) Ela já é tradição aqui no blog ♥
      Quanto ao ano, sendo bem sincera, ando fugindo do 8 ou 80 e buscando o equilíbrio. :)
      Será ótimo ter você por aqui sempre!

      Beijos

      Excluir
  19. Oi! Adorei as coisas positivas que tirou do seu ano, eu tenho vontade de escrever, mas não sei se é certo. Outro fato que amei foi você dizer que viu amigos realizando sonhos. Bjos <3

    Click Literário

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Então,
      eu sempre vou achar que escrever é certo. uahusausha E costumo torcer pelos meus amigos da mesma forma que eu torço pra mim mesma.

      Beijos

      Excluir

Olá!

♥ É muito bom poder ouvir o que você pensa sobre este post. Por favor, se possível, deixe o link do seu site/blog. Ficarei feliz por poder retribuir a sua visita.

♥ Quer saber mais sobre o blog? Então, inscreva-se para receber a newsletter: bit.ly/newsletteralgumasobservacoes

♥ Volte sempre! ;)