domingo, 28 de junho de 2020

Das saudades

Foto tirada por mim, em 2016, no jardim da Casa das Rosas, em São Paulo.


Dos passos, 
das distâncias, 
dos encontros, 
dos cafés, 
das falas, 
dos silêncios,
dos jardins,
dos pés descalços,
do deitar na grama,
dos dedos entrelaçados, 
das lágrimas de alegria, 
da gargalhada que se espalha no ar, 
de abrir o próprio peito
e saber ouvir o outro coração 
também a sobreviver. 

_____________________________________________________________

15 comentários:

  1. Oi, Fernanda como vai? Poesia incrível, parabéns! Eu adorei, ficou lindo. Abraço!


    https://lucianootacianopensamentosolto.blogspot.com/

    ResponderExcluir
  2. Oi, Fernanda!
    Que texto mais lindo <3 em poucas palavras, conseguiu expressar inúmeras emoções!

    Estante Bibliográfica

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oi, Laura!
      Eu fico feliz que você tenha gostado e sentido as emoções. :)

      :*

      Excluir
  3. Olá Fê!
    Obrigado por compartilhar belos sentimentos em forma de poesia.
    Saudades de simples, belos e marcantes momentos que vivenciou :)
    Uma bela semana para você!
    Bjos

    ResponderExcluir
  4. Que lindo ♥
    Sentir saudades é um sentimento muito estranho na minha percepção, mas ao mesmo tempo é bom saber que vivemos essas coisas.

    https://www.heyimwiththeband.com.br/

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Sentimentos são complexos demais!
      hehehehehe

      Mas é bom a gente se permitir senti-los.

      Beijos :*

      Excluir
  5. Olá!
    Tudo bem?

    Meio uma nostalgia esses dias em cassa e muitas reflexões, muitas saudades e acabamos descobrindo que temos saudades das coisas simples. Do que não é só ter e sim ser.
    beijocas.

    https://www.parafraseandocomvanessa.com.br/

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Sim, esses momentos são ótimos para se autodescobrir.
      Eu fico nostálgica, porém quero aproveitar para o autoconhecimento. :)

      Beijocas :*

      Excluir
  6. Não acreditoo!! hehe
    Acabei de fazer um post sobre saudades e me deparo com o mesmo tema no seu blog, que incrível! De verdade!
    Isso mostra que esse isolamento social está matando a gente de saudades... Sinto tanta falta das coisas que eu gostava de fazer e hoje bateu uma tristeza surreal. Mas acredito que muitos estejam assim, espero que logo essa doença passa.
    Beijos. 
    Diário da Lady

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Adoro essas sincronicidades todas! :D
      Vou lá no seu blog, ler o seu post. :)
      Um beijo :*

      Excluir
  7. Belas palavras. Também estou com saudade de tudo isso.

    Bom fim de semana!

    Jovem Jornalista
    Instagram

    Até mais, Emerson Garcia

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Um dia de cada vez. Uma hora a gente mata essa saudade toda. :)

      Excluir
  8. Que lindo! Muito fácil de se identificar com sua poesia!
    Amei!

    ResponderExcluir

Olá!

♥ Quer comentar, mas não tem uma conta no Google? Basta alterar para a melhor opção no menu "Comentar como:". Se você não tiver uma conta para vincular, escolha a opção Nome/URL e deixe a URL em branco, comentando somente com seu nome.

♥ É muito bom poder ouvir o que você pensa sobre este post. Por favor, se possível, deixe o link do seu site/blog. Ficarei feliz por poder retribuir a sua visita.

♥ Quer saber mais sobre o Algumas Observações? Então, inscreva-se para receber a newsletter: bit.ly/newsletteralgumasobservacoes

♥ Volte sempre! ;)

Algumas Observações | Ano 14 | Textos por Fernanda Rodrigues. Tecnologia do Blogger.