BEDA agosto/2018 #4 — 4 coisas que não te contam sobre o curso de Letras

Imagem: HoliHo.

Olá, pessoal!
As pessoas sempre me perguntam como é a graduação em Letras, se vale a pena ou não, se é só para quem quer ser professor, se tem muita teoria e, principalmente, se é um curso indicado para quem quer escrever. Com a postagem de hoje, pretendo matar um pouco da curiosidade das pessoas, em relação a tudo isso.

1. Há vários cursos de Letras. Escolha o que for ideal aos seus propósitos.

Dependendo da Universidade há três modalidades do curso de Letras: o bacharelado, a licenciatura e o bacharelado com habilitação em tradução e interpretação. Dentro desses três modelos, o aluno pode escolher apenas uma língua (por exemplo, Língua Portuguesa), duas línguas (as mais comuns são  (Português/Inglês e Português/Espanhol, mas nas universidades públicas a lista das estrangeiras é longa) ou uma língua e linguística.

As áreas de atuação do profissional formado em Letras geralmente são:
  • no caso dos bacharéis: redação, revisão, preparação, tradução e versão de textos, crítica literária e ensino em não-formal (como em escolas de idiomas).
  • no caso dos licenciados: tudo que os bacharéis fazem e a possibilidade da docência no ensino formal (Ensino Fundamental anos finais — de 6° a 9° anos — e Ensino Médio).
  • no caso dos que têm a habilitação em tradução e interpretação:  tudo o que os bacharéis fazem, mais a interpretação (em eventos, por exemplo) e legendagem.

É importante ter muita clareza de qual das três opções seguir; porque, apesar de próximas, elas têm pontos distintos. No meu caso, cursei o bacharelado e depois a licenciatura. Portanto, não fiz as disciplinas relacionadas à tradução, interpretação e legendagem. Já meus colegas que optaram pela habilitação em tradução e interpretação tiveram uma carga horária menor das disciplinas de literatura e não cursaram as disciplinas relacionadas à docência.

É importante também conversar com as pessoas que cursam Letras na Universidade que você quer estudar. Eu escolhi a minha quando soube que teria a chance de escrever um livro durante o curso (acabei escrevendo dois: O cadarço da Lilica e o Getting to know the zoo — ambos de literatura infantil). Não conheço pessoas que cursaram Letras em outras faculdades que tenham passado por essa experiência. Se informar sobre as nuances que cada universidade traz para o curso é fundamental. Sendo assim, compare  grades curriculares antes de pagar a inscrição para o vestibular.

2. Não é um curso fácil. Se você não gosta de ler, esse curso não é para você.

Muita gente resolve cursar Letras, porque acha que será um curso fácil. Ledo engano. Se você escolher uma boa universidade, terá uma grade curricular com muitas leituras densas, difíceis e concomitantes. Logo, é imprescindível gostar de ler. Também é interessante se interessar por áreas de humanas que conversam com o curso, a exemplo da psicologia, da história da arte, da sociologia e da História, propriamente dita. Para quem cursa a licenciatura, há uma aproximação com o Direito, nas disciplinas ligadas à legislação educacional.
Em resumo: é um curso com uma carga teórica muito alta, que fala sobre assuntos muito intensos.

3. Cursar Letras apenas para aprender uma língua estrangeira.

Eu entrei no curso sabendo inglês, então não sofri. Entretanto, vi colegas de turma tendo que correr muito atrás, para conseguir atingir a média nas disciplinas relacionadas à Língua Inglesa. Se você quiser ter uma graduação minimamente tranquila, sugiro que entre sabendo ao menos um pouco (nível intermediário, talvez) da língua estrangeira que quer cursar — ou que opte por Língua Portuguesa (/ Linguística).

Dá para aprender do zero? Até dá. Mas se você pode facilitar o processo, por  não?

4. As graduações em Letras não incentivam a produção literária.

É uma pena, mas os cursos de Letras no Brasil incentivam mais a análise e crítica literária do que a sua produção em si. Não será na graduação que você escreverá muito. Entretanto, entender os mecanismos tanto de análise, quanto de crítica literária apoiam muito se você quiser se tornar um escritor. Os conhecimentos adquiridos durante a graduação podem ajudar na sua definição sobre o estilo que quer seguir, a fugir de erros que a maioria dos escritores principiantes cometem e, sobretudo, dar bagarem literária.
Costumo dizer que a graduação em Letras prepara o terreno para o escritor escrever boas histórias depois de findado o curso.

Acho que é isso. Se ainda houver dúvidas, deixe nos comentários. Juro que ajudo no que for possível!

Beijos, queijos e até amanhã!

_____________________________________________________________

You May Also Like

6 comentários

  1. Fico tão feliz por ter escolhido fazer esse curso lindo 😍

    Post ótimo! Super sincero e esclarecedor para aqueles que ainda estão com dúvida em relação a Letras.

    Abraço enorme 😘

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Yay!
      Fico feliz que outra colega de profissão concorde com o que disse aqui. Assim como você, também sou encantada pelo curso que escolhi!

      Beijos

      Excluir
  2. Amei esse post, pois penso na minha segunda graduação em fazer Letras, atualmente eu curso licenciatura em História. Até imagino que sejam leituras bem extensas, assim como eu tenho em história. O post foi bastante sincero, e me esclareceu diversas dúvidas sobre o curso!
    Beijos, Tau
    versos-de-inverno.blogspot.com

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oi, Tau!
      Que bom que consegui te ajudar de alguma forma. Acho que você já está acostumada com leituras densas e teorias, então Letras será mais tranquilo para você.

      Beijos,

      Excluir
  3. Eu sou fomada em Letras e confesso que sou apaixonada por esse mundo.

    Dani Ramos
    Blog: https://donaengenhosa.com.br/
    Loja: https://www.elo7.com.br/donaengenhosa

    ResponderExcluir

Olá!

♥ É muito bom poder ouvir o que você pensa sobre este post. Por favor, se possível, deixe o link do seu site/blog. Ficarei feliz por poder retribuir a sua visita.

♥ Quer saber mais sobre o blog? Então, inscreva-se para receber a newsletter: bit.ly/newsletteralgumasobservacoes

♥ Volte sempre! ;)