Ausência

by - 11:03 PM

Quando a ausência é uma constante...

Ouço o meu próprio eco.
Não é madrugada,
é dia barulhento
ainda que sem sol.
Ouço o meu eco particular,
minha voz transitando por meus ouvidos
carregando sua mensagem vazia de palavras,
plena em significado.
Ignoro numa tentativa de não sentir.
Quanto mais o faço
mais ressoo.
Força altiva em sua presença,
meu eco me enlaça, nele me perco
e assim morro em meio ao desespero.
_____________________________________________________________

You May Also Like

24 comentários

  1. Amei o poema. Eu gosto muito de ler e escrever poemas, costumo ler literatura de cordel, pois meu pai sempre faz versos lindos e muitas rimas, acabei pegando o gosto desde cedo. Estou seguindo seu blog! Bjss

    www.historiasdaiza.blogspot.com

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oi, Iza!
      Fico feliz que uma poetiza tenha gostado dos meus versos. É sempre muito bom encontrar alguém que também se dedica a esta arte. Obrigada por seguir e volte mais vezes ;)

      Beijos

      Excluir
  2. Poema lindo!

    Nossos ecos interiores podem ser infernais às vezes, mas são nossos, né... Lidemos com nossas criaturas, haha'

    Abraços, Fernanda!

    As moscas na janela

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Lidar com os nossos próprios fantasmas é a melhor maneira de viver. Quando a gente repassa a tarefa a terceiros, dá caca.

      Obrigada pelo comentário, Lari.

      Beijos

      Excluir
  3. Que lindo Fer <3 É curtinho e carregado de emoção <3

    ResponderExcluir
  4. Amei as palavras.
    Aqueceu meu coração =D
    E é impossível não se identificar.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Clayci,
      é tão gostoso quando as pessoas se identificam com o que escrevo. Fiquei feliz demais pelas suas palavras :) ♥
      Obrigada por comentar!

      Excluir
  5. Que belas palavra, belo poema, gostei muito =)

    MRS. MARGOT

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oi, Tiago!
      Fico feliz que tenha achado belo. ♥
      Beijos

      Excluir
  6. Uau!! Você merece palmas, consegue escuta-las aí?? Menina esse poema está de tirar o fôlego, eu me perdi em outro planeta e me encontrei em cada palavra!
    Foi suave, mas ao mesmo tempo carregando um peso estrangulador. Meu coração compreende cada palavra.
    Parabéns pela escrita maravilhosa ❤️
    Um Beijo.

    Jardim de Palavras

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Mel, menina, vem cá, me abraça! ♥
      Você me deixou mega emocionada aqui. Obrigada pelas suas palavras, por estar aberta aos meus escritos. :) Parte desta emoção que você sentiu se deve também pela pessoa maravilhosa que você é e que está aberta ao sentir ♥

      Beijos no coração,

      Excluir
  7. Poema maravilhoso arrasou, obrigado pela visita.
    Blog:https://arrasandonobatomvermelho.blogspot.com.br/
    Canal:https://www.youtube.com/watch?v=DmO8csZDARM

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Fico feliz por ter gostado.
      Eu que agradeço pela visita ;)

      Excluir
  8. Parabéns, teu poema é lindo! ♥
    Gostei muito de conhecer seu blog!

    xoxo, Lilla ♥
    https://blogpersonna.blogspot.com

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oi, Lilla!
      Fico feliz que você tenha gostado do poema e do blog ♥ Volte mais vezes ;)

      Beijos

      Excluir
  9. Muito lindooo amei
    Adorei o blog

    https://coisasdecrespasoficial.blogspot.com/2018/01/contominhahistoria-1.html

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oi, Chris!
      Fico feliz que você tenha gostado do poema e do blog ♥
      Beijos e volte sempre ;)

      Excluir
  10. Wonderul post darling, so nice,original and interesting!
    I just follow the blog, follow back?
    Kisses
    https://elenabienvenido.blogspot.com.es/

    ResponderExcluir
  11. É aquilo; a gente não consegue fugir daquele voz que ecoa em nossos pensamentos.
    https://brancobolcado.blogspot.com.br

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Exatamente isso, Ruan. Às vezes penso que, por mais difícil que seja encarar, essa voz é bela.

      Beijos :*

      Excluir

Não deixe de observar também!

Sempre vou responder ao seu comentário por aqui; mas, se você deixar o seu link, farei questão de ir observar na sua morada! ;)