Tudo aquilo que sinto, mas não digo

Imagem por Unsplash.

Às vezes fico pensando em tudo o que poderia ter sido e, por alguma razão não foi. Sabe aquele passeio de mãos dadas que acabou em lágrimas, ou aquela conversa truncada via internet? Elas poderiam ter acabado diferentes. Não que eu quisesse que o nosso rumo fosse diferente, isso não. Mas algumas dores poderiam ter sido poupadas tanto para mim, quanto (acho) para você.

Não sei se você sofreu de algum modo com tudo o que aconteceu e se você pensou na minha dor em algum momento. Também não sei se você pensa no passado ou se foge dele. Todavia, vez ou outra sinto uma vontade súbita de te mandar à merda - algo que deveria ter feito há, pelo menos, meia década.

Sei que ninguém sabe o que se passa dentro de outra pessoa, contudo, seu egoismo fingido me sufoca. Me sufoca a ideia de que em um dia você é um bom moço e no outro arruma qualquer desculpa para se dizer melhor ou maior ou - o que é pior - mais amado. É foda quer perdoar quando a outra pessoa só gera mais e mais sentimentos ruins.

Minhas amigas me dizem que sou louca por tentar ter compaixão depois de ter me entregado por inteiro a um babaca. Eu tento, porque cresci. Tento por que quero ser alguém melhor hoje e sempre. Tento, porque rancor faz mal para quem o guarda. Mas, em alguns momentos é quase impossível. 

Não me mande encontrar alguém que já morreu. Não tente dar indícios de que você é melhor, só porque está em relacionamento. O mundo é muito maior do que isso, e ninguém é melhor que ninguém só por causa de um status nas redes sociais (ou fora delas). 

Desejo toda a felicidade para você. Quanto a mim, seguirei o meu caminho.



_____________________________________________________________

Share:

8 comentários

  1. Algumas pessoas vão acabar nos fazendo mal e a gente não tem como evitar isso. Mas eu sigo a mesma linha de raciocínio, é necessário perdoar e seguir em frente, pois a mágoa só fará mal para nós e não para o outro.

    http://lenabattisti.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Perdoar nunca faz mal! Nunca. Mas eu tenho uma tendência a ser meio rancorosa, então estou praticando o perdão. Uma hora a gente chega lá.

      Beijos!

      Excluir
  2. O título desse mês nos leva a escrever sobre desabafos, "tempo perdido", reflexão sobre as incógnitas das vida, do momentos que supostamente foram deixados pra trás. Falar de relacionamentos sempre nos leva aos questionamentos que fez, impossível não ler o seu texto e não relembrar dos meus questionamentos. Muito bom! <3 <3 <3 Bora seguir cada um o seu caminho... <3 <3 <3

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Pois é!
      Também senti isso dos textos que li! Mas também achei muito bacana ver as reflexões de cada uma das pessoas que participou do desafio teve. :)

      Beijos!

      Excluir
  3. Esse texto resume bem aquelas verdades que a gente gostaria de dizer vez ou outra, mas só Deus sabe sei lá qual o motivo a a gente prefere deixar pra lá. Ótimo texto Fer me identifiquei em alguns trechos com o drama da personagens.

    Blog Profano Feminino

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Às vezes me pergunto porque a gente guarda esse tipo de vontade... Não deveríamos!

      Beijos pra vc também!

      Excluir
  4. Desabafar faz bem! Como diria a minha mãe: "há males que vêm para o bem". Eu acredito nisso porque as dificuldades nos fazem crescer!

    Beijinhos

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Dificuldades nos trazem outras perspectivas da vida, não é mesmo?

      Isso é incrível!

      Beijos

      Excluir

Não deixe de observar também!

Sempre vou responder ao seu comentário por aqui; mas, se você deixar o seu link, farei questão de ir observar na sua morada! ;)