Tempo


Embora conte o tempo
como todos contam a vida
Minha passagem é em dias
que sobrevivo sem você.

Meu tempo é diferente,
sempre austero, meio ausente
Conformado com o que vier
Confrontando o que não der.

Meu tempo é uma aurora
em que meu corpo se enamora
pela melhor pessoa que fica
meu próprio eu, aquele que não danifica

o coração por partido pelo único ser:
você.

_____________________________________________________________

You May Also Like

6 comentários

  1. Respostas
    1. uahahaha quem deveria pensar isso, não pensa! #fail

      Mas eu tbm te amo e agradeço todo o apoio!

      :*

      Excluir
  2. Sem palavras, como sempre suas escritas são inspiradoras! bjs

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Nossa, eu que fico sem palavras para um comentário desses.

      Muito obrigada!
      Beijo

      Excluir
  3. Fernanda,
    estou lendo seus textos e me encantando pela sua escrita, sério!
    Muito bom isso aqui!
    O tempo nem sempre é aquele do relógio ou do calendário, eu vejo como algo de dentro!

    Um beijo!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Nossa, Aline, fico feliz que você esteja gostando tanto assim! :D
      É sempre uma honra receber comentários com este tipo de elogio!

      O tempo é sempre algo meio relativo!

      Um beijo!

      Excluir

Não deixe de observar também!

Sempre vou responder ao seu comentário por aqui; mas, se você deixar o seu link, farei questão de ir observar na sua morada! ;)