segunda-feira, 4 de maio de 2015

Sensações


Da chuva
Do vento
Do cabelo esvoaçado.

Da garoa
Do frio
Do coração arrebentado.

Do outono,
Das lembranças,
Do meu eu escondido.

Do você
Bem distante
Do meu coração partido.

_____________________________________________________________

4 comentários:

  1. Poxa, que intenso.
    Adorei o poema :)
    Beijos ;*

    ResponderExcluir
  2. Que engraçado, li seu poema pensando em sensações que as palavras escritas me trariam, e foi uma experiência muito bacana, porque amo quase tudo que você escreveu.
    Ahhhh, e vim aqui pra dizer que o convite pra visitar a Elis está super de pé, viu? Será que um dia desses você não consegue dar uma escapadinha aqui pra Valinhos? Estaremos esperando de braços abertos :)

    Beijos

    Meu Meio Devaneio

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Aaaaaaaaah! Eu vou AMAR conhecer a Elis <3
      De verdade!

      E quanto ao poema, acho que essas sensações são o que mais gosto nas poesias. Elas usam poucas palavras para transbordar sentimentos! :)

      Beijos!

      Excluir

Não deixe de observar também!

Sempre vou responder ao seu comentário por aqui; mas, se você deixar o seu link, farei questão de ir observar na sua morada! ;)

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...