quarta-feira, 25 de janeiro de 2023

{Vou por aí} Lenine e a turnê Rizoma em São Paulo

Que show mais lindo!


Virei o ano dizendo para a minha melhor amiga o quanto eu queria ver um show do Lenine. Quem me conhece mais de perto sabe que ele é um dos artistas brasileiros que eu mais admiro. Além de ser uma pessoa incrível, Lenine é um poeta de mão cheia, que tem apreço genuíno pela língua portuguesa e que tem umas sacadas maravilhosas nas letras que compõe. Sendo assim, eu fiquei radiante quando soube que ele faria 3 shows da turnê Rizoma no SESC Pompeia.

Estava tão ansiosa que abri o site para comprar os ingressos cedo. Na hora em que as vendas foram abertas, aquele sofrimento de fã de saber que tudo estava acabando rápido. Não consegui um ingresso na beira do palco como gosto, mas o teatro do SESC não é tão grande, então a visibilidade foi boa. E é aquilo: não importa o lugar, ver o Lenine sempre vale a pena.

Esse foi o primeiro show que fui com a minha irmã e a gente curtiu bastante. Foi bem diferente do primeiro que vi dele, porque foi no teatro e todo mundo tinha que ficar sentado. Recomendo ver o Lenine com espaço pra dançar, porque o show dele é cheio de músicas que faz com que a gente queira mexer o esqueleto. hehehe


Turnê Rizoma, SESC Pompeia, 21 de janeiro de 2023.


A Rizoma é uma turnê muito bonita. No palco, Lenine e o músico Bruno Giorgi (que também é filho dele e tão talentoso quanto o pai) passam pelos maiores sucesso da carreira do cantor — o que, no meu caso, evocou muitas memórias afetivas. Aliás, por falar em memórias, Lenine fez questão de dizer o quanto o espaço do SESC Pompeia é especial para ele e o quanto ele estava feliz por estar ali naquele palco. Ele também relembrou sobre como se sentiu só durante a pandemia e agradeceu a todos que assistiram às lives que ele fez. É uma pena que eu não tenha podido responder, mas o fato é que as tais lives foram parte importante da minha saúde mental durante 2020 e 2021. Cada uma delas me ajudou a não perder as esperanças de vê-lo de novo nos palcos, de estar de novo em uma plateia, de sentir a arte sendo absorvida por cada um dos meus poros, de ter a vida acontecendo.


Que honra é dividir o mesmo espaço-tempo com alguém como Lenine! QUE HONRA!


Estava ansiosa por ouvir uma das minhas músicas preferidas da vida, e ela foi a terceira de um setlist de mais de 20 canções. "Castanho" tem uma letra com muito do que eu acredito na vida, porque ninguém chega aonde chega sozinho. No caso de Lenine, isso não está só nos versos da música, mas também na vida: ele fez questão de agradecer a cada uma das pessoas envolvidas na turnê, desde as pessoas que cuidam dos instrumentos, do som e da iluminação, até os parceiros nas composições das letras das canções. 

Canções da minha dor
Canções do meu pesar
Canções do meu amor
Canções do meu amar
Quem agora é distante
Para não dizer
O que eu sou
Eu sou em par
Não cheguei
Não cheguei sozinho, não não
(Castanho, de Lenine)

 

Bruno e Lenine.


Pai e filho ainda nos brindaram com uma música nova. Assim, do nada, no meio do show. Preciso dizer o quanto amei? Já estou doida pelo próximo trabalho dele (que eu não faço ideia quando vem, porque ele não mencionou). 

Setlist do show que fui.


A única coisa ruim é que ao meu lado tinha uma mulher que não parava de gritar "Paciência" (o que é uma ironia, já que a única coisa que ela não tinha era justamente a tal da paciência). Ela passou 90% do show no WhatsApp e gritando "Paciência" (incluindo quando ele disse que iria cantar a música nova). Eu já estava me estressando (com a luz do celular dela e com a chatice também). Ela pagou pra ver um show, não para escolher o setlist personalizado. Lenine canta o que ele quiser, oras! Eu sei que eu já estava com vergonha alheia da criatura, ainda mais porque eu já meio que imaginava que ele deixaria "Paciência" por último (ele fez isso no outro show que eu fui e nas lives durante a pandemia), então me segurei pra não pedir para mulher deixar de ser chata. Sério, não seja essa pessoa que atrapalha o show alheio.

Bruno Giorgi e Lenine


De qualquer forma, nada estraga uma noite vendo um dos melhores cantores, compositores, músicos, ativistas, pessoas que este país tem. Nada! Agora, não vejo a hora de poder vê-lo de novo. 😉

Para saber mais:


_____________________________________________________________
Gostou deste post?
Então considere se inscrever na Newsletter para receber boletins mensais 
ou me acompanhar nas redes sociais: 

9 comentários:

  1. oiee.

    que delícia de post e relato, Fê! fiquei aqui imaginando a louca do teu lado. kkkkkkk

    nem vou julgar muito ela pq não tenho muito costume em show. provavelmente eu não seria muito diferente, sei lá.

    eu não acompanho tanto o Lenine, mas todas as músicas q conheço são lindas e especiais. a q mais adoro é "miedo". muito, muito maravilhosa.

    q venham mais eventos pra vc curtir e compartilhar conosco.

    bj!

    ResponderExcluir
  2. É muito bom ir em shows do nosso artista favorito. Nunca fui num show do Lenine, mas as músicas dele são incríveis. Pena que tinha uma mulher te atrapalhando a ver o show.
    Bjus!!!

    galerafashion.com

    ResponderExcluir
  3. "Paciência" é um grande sucesso de Lenine, sem dúvidas, mas é um perigo quando um artista só é conhecido por apenas um sucesso. Com certeza Lenine tem outras tantas músicas importantes.

    Boa semana!

    O JOVEM JORNALISTA está no ar com muitos posts interessantes. Não deixe de conferir!

    Jovem Jornalista
    Instagram

    Até mais, Emerson Garcia

    ResponderExcluir
  4. Que sensacional que pôde ir no show dele!
    Ir no show de quem a gente gosta é uma experiência incrível ♥
    Fico muito feliz por você!

    https://www.heyimwiththeband.com.br/

    ResponderExcluir
  5. Faz muito tempo que não vou em um show. Deve ser uma grande emoção.

    www.vivendosentimentos.com.br

    ResponderExcluir
  6. Oi
    que bom que conseguiu ir no show do cantor que gosta, e que aproveitou, pena só da mulher chata do seu lado gritando o nome de uma música, pelo menos ele cantou a música.

    https://momentocrivelli.blogspot.com/

    ResponderExcluir
  7. Oi Fernanda, nunca fui num show do Lenine, deve ser gostoso demais! E, nossa, fiquei estressada aqui só de ler sobre a tal mulher gritando durante o show. Tem gente que não tem noção MESMO, né? Beijos

    ResponderExcluir
  8. Olá,
    Nossa que eu ia me estressar com essa moça. hahaha
    Já é chato no cinema, imagina em show.
    Taí um cantor brasileiro que eu adoraria conferir um show.

    até mais,
    Canto Cultzíneo

    ResponderExcluir

Olá!

♥ Quer comentar, mas não tem uma conta no Google? Basta alterar para a melhor opção no menu COMENTAR COMO. Se você não tiver uma conta para vincular, escolha a opção Nome/URL e deixe a URL em branco, comentando somente com seu nome.

♥ É muito bom poder ouvir o que você pensa sobre este post. Por favor, se possível, deixe o link do seu site/blog. Ficarei feliz por poder retribuir a sua visita.

♥ Quer saber mais sobre o Algumas Observações? Então, inscreva-se para receber a newsletter: bit.ly/newsletteralgumasobservacoes

♥ Volte sempre! ;)

Algumas Observações | Ano 16 | Textos por Fernanda Rodrigues. Tecnologia do Blogger.