quarta-feira, 21 de dezembro de 2022

{Resenha} O Tarô Adivinhatório, de Papus



Quem gosta da história das coisas, vai curtir muito a nova edição do livro O Tarô Adivinhatório, de Papus. Isso porque a obra clássica ganhou novos texto de prefácio e posfácio, além de ter a reconstrução completa das 78 cartas que o acompanha.

Este livro foi o primeiro de tarô publicado no Brasil. Ele foi editado por Antonio Olívio Rodrigues, também conhecido como AOR. AOR foi o primeiro astrólogo brasileiro e o fundador da Editora Pensamento. 



A nova edição começa com uma apresentação sobre o novo projeto gráfico assinada pelo editor do Grupo Editorial Pensamento, Adilson Silva Ramachandra. Além dela, é possível compreender a importância da obra pelo prefácio intitulado "O centenário do tarô no Brasil e as origens de O Tarô Adivinhatório" de Constantino K. Riemma e Leo Chioda. Esses textos ajudam no entendimento não só do livro, mas na relação entre Papus e AOR.


O conteúdo em si é muito interessante. Tanto Papus quanto AOR tinham como premissa publicar um texto que fosse simples de ser entendido por todos e adaptável ao público brasileiro. A introdução traz a gênese do tarô, sua ligação com o Egito Antigo e a sua forma de preservação e continuidade. Depois, há capítulos sobre as cartas que compõe os naipes, as disposições dos arcanos maiores, muitos exemplos de interpretação, tiragens e leituras das lâminas e como combinar o entendimento das cartas.



É interessante notar que Papus dá muita importância aos arcanos menores. Sobre os arcanos maiores, ele atribui alguns significados diferentes do que os outros autores de tarô. Ele também relaciona o tarô à astrologia. Há um capítulo chamado "Combinação entre arcanos e números: a tábua astrológica" que aprofunda bem esse assunto. 

Por fim, a obra termina com textos extras que nos contam mais sobre as adaptações feitas, sobre Papus, sobre o AOR e a história do esoterismo no Brasil.  

O projeto gráfico do livro é muito bom também. As páginas são coloridas e no fim do livro (das páginas 232 até a 236) há um compilado com a imagem de todas as cartas. Assim, fica fácil estudar o livro em todos os lugares sem correr o risco de perder as lâminas (algo, inclusive, que poderia ser adotado em outros livros de tarô).



capa.


Livro: O tarô adivinhatório
Título original: Le tarot divinatoire 
Autor: Papus
Tradução: Karina Jannini
Página: 256
Editora: Pensamento
Apresentação: Lançado de forma pioneira em 1920, O Tarô Adivinhatório acumula, há mais de um século, mais de 700 mil exemplares vendidos. Trata-se da grande referência em cartomancia popular editada no país, responsável pela popularização desse tipo de oráculo no Brasil. Agora, a Pensamento traz esta edição totalmente renovada (desde os textos, caixa e cartas) contendo: texto integral de Papus, lançado na França originalmente em 1909, com estudos de Etteilla, Éliphas Lévi e Jean Gaston Bourgeat; contribuições importantes para o leitor brasileiro feitas por Antonio Olívio Rodrigues, fundador da Pensamento e primeiro astrólogo do Brasil; prefácio dos especialistas Leo Chioda (Café Tarot) e Constantino K. Riemma (Clube do Tarô), posfácio de Leo Chioda e a apresentação do editor Adilson Ramachandra. As 78 cartas que acompanham o livro trazem a restauração completa do Tarô Egípcio e seu método de interpretação.

_____________________________________________________________
Gostou deste post?
Então considere se inscrever na Newsletter para receber boletins mensais 
ou me acompanhar nas redes sociais: 

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Olá!

♥ Quer comentar, mas não tem uma conta no Google? Basta alterar para a melhor opção no menu COMENTAR COMO. Se você não tiver uma conta para vincular, escolha a opção Nome/URL e deixe a URL em branco, comentando somente com seu nome.

♥ É muito bom poder ouvir o que você pensa sobre este post. Por favor, se possível, deixe o link do seu site/blog. Ficarei feliz por poder retribuir a sua visita.

♥ Quer saber mais sobre o Algumas Observações? Então, inscreva-se para receber a newsletter: bit.ly/newsletteralgumasobservacoes

♥ Volte sempre! ;)

Algumas Observações | Ano 16 | Textos por Fernanda Rodrigues. Tecnologia do Blogger.