sexta-feira, 17 de junho de 2022

{Resenha} O tarô e as chaves do feminino sagrado, de Lorraine Couture



Lorraine Coutre é astróloga, taróloga e escritora. Em O tarô e as chaves do feminino sagrado, ela se propõe não só a trazer seus conhecimentos ao longo de anos de experiência, mas também aproximar mais os arquétipos dos 22 arcanos maiores com a mitologia das deusas e com a realidade de todas as mulheres.

Na obra há um incentivo de uso do tarô como ferramenta de autoconhecimento. Além das tradicionais explicações das cartas, as leitoras são estimuladas a fazerem meditações conectando as explicações com suas vivências. A autora sugestiona de tirar uma carta todos os dias, para que o exercício do autoconhecimento seja contínuo e constante. Também há uma sugestão de tiragem maior em momentos específicos do ano, conforme o calendário celta.



O livro é estruturado do seguinte modo: a abertura apresenta uma introdução (que nos conta um pouco do que é e qual é a origem das cartas) e o método de estudo das lâminas. Na primeira parte há uma descrição de cada um dos arcanos maiores subdividida nos seguintes tópicos: o número do arcano (e a ligação deste nº com a numerologia), a correspondência astrológica, a mulher e a representação do signo astrológico, a figura feminina (relacionando à uma deusa), a saúde e o corpo, às palavras-chave relacionadas ao arcano, personagens e arquétipos relacionados (papel na sociedade, profissão etc.), o Arcano maior e as dádivas do destino, uma interpretação, uma meditação, uma afirmação, a simbologia atual, as atividades práticas sugeridas e o desafio espiritual. Já a segunda parte é dedicada a como acolher as diversas mulheres que nos compõe e a como fazer a tiragem do Tarô Astrológico, de acordo com o calendário celta. É também neste trecho final do livro que há um exemplo de interpretação de tiragem, uma tabela de correspondências que resume algumas informações e a bibliografia para quem quiser se aprofundar nas fontes que a autora usou.




É interessante notar como a linguagem do livro é simples e direta, o que o torna bem didático tanto para quem já conhece do tarô, quanto para quem nunca teve contato com o assunto. Outro ponto que me chamou a atenção diz respeito às conexões astrológicas, pois ela conectou algumas das cartas com signos que não vejo tarólogos relacionando, o que trouxe um ar mais fresco para a interpretação de cada arcano, saindo do senso comum.

As cartas da foto vieram de brinde com o livro.

Você pode se interessar também pelas seguintes resenhas: Tarô de Marselha: a jornada de autoconhecimento | O oráculo da deusa | O tarô da deusa tríplice.

 

Livro sobre as cartas. Os versos delas são tão bonitos quanto as frentes. 😊


Livro: O tarô e as chaves do feminino sagrado: o uso dos arquétipos e interpretações astrológicas para conhecer as faces da alma feminina
Título original: Les clés du féminin sacré
Autora: Lorraine Couture
Tradução: Olga Sérvulo da Cunha
Páginas: 256
Editora: Pensamento
Apresentação: Este livro é uma ferramenta de autoconhecimento capaz de facilitar sua caminhada rumo ao despertar da luz interior. Utilizando os símbolos do Feminino Sagrado, Lorraine Couture, apresenta uma abordagem inteiramente inovadora do Tarô, oferecendo as chaves para fazer desabrochar e facilitar a jornada espiritual das mulheres rumo à sua verdadeira essência. Com base na interpretação dos arquétipos, no estudo da carta astrológica e em exercícios de afirmação, meditação e integração, você compreenderá as inúmeras facetas de sua feminilidade, descobrirá seu desafio espiritual e reunirá força e coragem para realizá-lo. Dessa forma, a autora convida você a dar os primeiros passos no estudo do Tarô, a trilhar a via do despertar espiritual e a incorporar Sofia, a face feminina da Divindade cósmica a quem chamamos Deus, à sua vida.

_____________________________________________________________
Gostou deste post?
Então considere se inscrever na Newsletter para receber boletins mensais 
ou me acompanhar nas redes sociais: 

2 comentários:

  1. Um livro interessante para quem tem interesse em expandir os conhecimentos sobre esta temática! :) Beijinhos
    --
    O diário da Inês | Facebook | Instagram

    ResponderExcluir
  2. Olá,
    Eu curto bastante o lado esotérico da coisa, haha, então daria uma chance para a leitura desse livro. Adorei como conecta com a figura feminina. Acho que se eu usasse seria bem para tirar as cartas pra ter um conselho do dia mesmo, pra mim, não ousaria fazer leituras não haha

    até mais,
    Canto Cultzíneo

    ResponderExcluir

Olá!

♥ Quer comentar, mas não tem uma conta no Google? Basta alterar para a melhor opção no menu COMENTAR COMO. Se você não tiver uma conta para vincular, escolha a opção Nome/URL e deixe a URL em branco, comentando somente com seu nome.

♥ É muito bom poder ouvir o que você pensa sobre este post. Por favor, se possível, deixe o link do seu site/blog. Ficarei feliz por poder retribuir a sua visita.

♥ Quer saber mais sobre o Algumas Observações? Então, inscreva-se para receber a newsletter: bit.ly/newsletteralgumasobservacoes

♥ Volte sempre! ;)

Algumas Observações | Ano 16 | Textos por Fernanda Rodrigues. Tecnologia do Blogger.