terça-feira, 11 de maio de 2021

Batalhas

Foto por Irina Iriser, via Unsplash.


O trem não para.
Por mais que eu queira dar uma pausa
E que cante com o John a plenos pulmões:
won't someone stop this train?”,
O trem não para.
Não vai parar.

Eu desisto de ir contra o que é a minha natureza,
Eu desisto de me forçar ser alguém que não sou.
Suspendo, no tempo e na distância, o amor exagerado sem reciprocidade.  
Saber desistir também é lutar.

Digo as minhas próprias verdades,
Respeito o meu tempo.
Impor limites também é lutar.
Voltar a respirar na minha própria atmosfera também é lutar.
Acreditar que há um bom amor no meu caminho futuro também é lutar.

Nem toda luta precisa ser amarga.
Passei a escolher bem as minhas batalhas.

_____________________________________________________________

22 comentários:

  1. Oi, Fernanda! Que lindo. Eu adorei, parabéns. Abraço!


    https://lucianootacianopensamentosolto.blogspot.com/

    ResponderExcluir
  2. Maravilhoso Fernanda. Que as nossas batalhas sejam sempre em prol do engrandecimento de nós mesmos. <3

    ResponderExcluir
  3. Oi Fernanda,
    Ótimo texto, super concordo que temos que nos aceitar e lutar pela felicidade.
    beijos
    http://estante-da-ale.blogspot.com/

    ResponderExcluir
  4. "Nem toda luta precisa ser amarga.
    Passei a escolher bem as minhas batalhas."

    esse trecho definiu demais a minha atual fase, Fê! to num momento em que to deixando ir tudo aquilo q me incomoda e não me acrescenta. cansei de perder tempo.

    acredito q o sentido do poema tenha um outro significado pra vc, mas taí a beleza da escrita: mesmo quando escrevemos pra gnt, podemos tbm escrever sobre a vida do outro. <3

    vc é demais!!!
    bj!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. A literatura extrapolando fronteiras é sempre uma coisa bonita de se ver, não?! Eu adoro tudo isso! :)

      Fico feliz demais que o texto tenha ressoado.

      Um beijo :*

      Excluir
  5. Lindos versos. Com certeza temos que escolher bem nossas batalhas, pois nosso tempo é muito precioso para ser desperdiçado com batalhas que não valham,.

    www.vivendosentimentos.com.br

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oi, Monique!
      Exatamente isso :)

      Focar no que vale. :)

      Um beijo

      Excluir
  6. Que texto lindo, que forte, que verdadeiro, sabe?
    Saber desistir também é lutar, porque às vezes aquela batalha chegou a fim para recomeçar em outra, não é verdade?

    Beijos!
    Pâm
    Blog Interrupted Dreamer

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Siiiim, saber reconhecer onde um ciclo acaba e o próximo começa é gral de maturidade. :)

      Beijos :*

      Excluir
  7. Olá!
    Me vi nesse texto, o trem realmente não para por mais que as pausas sejam necessárias e outras vezes queremos apenas descansar por um pouco mais de tempo.
    Amei ver e ler seu texto.
    Beijos.


    https://www.parafraseandocomvanessa.com.br/

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oi, Vanessa :)
      Fico feliz que você tenha gostado.
      Um beijo :*

      Excluir
  8. "Nem toda luta precisa ser amarga.
    Passei a escolher bem as minhas batalhas"
    Que texto mais lindoooo ♥
    Realmente, desistir também é lutar.

    https://www.heyimwiththeband.com.br/

    ResponderExcluir

Olá!

♥ Quer comentar, mas não tem uma conta no Google? Basta alterar para a melhor opção no menu "Comentar como:". Se você não tiver uma conta para vincular, escolha a opção Nome/URL e deixe a URL em branco, comentando somente com seu nome.

♥ É muito bom poder ouvir o que você pensa sobre este post. Por favor, se possível, deixe o link do seu site/blog. Ficarei feliz por poder retribuir a sua visita.

♥ Quer saber mais sobre o Algumas Observações? Então, inscreva-se para receber a newsletter: bit.ly/newsletteralgumasobservacoes

♥ Volte sempre! ;)

Algumas Observações | Ano 14 | Textos por Fernanda Rodrigues. Tecnologia do Blogger.