sexta-feira, 26 de fevereiro de 2021

Sobre ser casa

Buenos Aires, 2015.


Muitas vezes me pego olhando para o céu numa tentativa de puxar ao ar divino para dentro. Respirar e encher os pulmões é a principal lembrança de que há uma vida desejosa de mais habitando o meu corpo.
Olho para o céu para me nutrir. A inspiração que pulsa, me leva à escrita, à criação, a ser alguém que sente e sofre e é, de algum modo, feliz por poder deixar uma marca no mundo, por menor que ela seja.

Olho para o céu para me lembrar de não me esquecer que sou um ponto no universo caótico, que também tem um infinito particular dentro de si. Olhar pro céu me relembra de que os meus dramas não são maiores ou menores que os dos outros. Eles são apenas meus.

A vida é cheia de ciclos. Eu olho para o céu na busca de uma esperança que me renove por inteiro. Assim, e só assim, posso ser meu próprio lar.

_____________________________________________________________

4 comentários:

  1. Belas palavras. Que encontremos sentido em nós mesmos e em nossas vidas.

    Boa semana!

    O JOVEM JORNALISTA está em Hiatus de verão entre 05 de fevereiro e 08 de março, mas não deixaremos de comentar nos blogs amigos. Também tem posts novos no blog.

    Jovem Jornalista
    Instagram

    Até mais, Emerson Garcia

    ResponderExcluir

Olá!

♥ Quer comentar, mas não tem uma conta no Google? Basta alterar para a melhor opção no menu "Comentar como:". Se você não tiver uma conta para vincular, escolha a opção Nome/URL e deixe a URL em branco, comentando somente com seu nome.

♥ É muito bom poder ouvir o que você pensa sobre este post. Por favor, se possível, deixe o link do seu site/blog. Ficarei feliz por poder retribuir a sua visita.

♥ Quer saber mais sobre o Algumas Observações? Então, inscreva-se para receber a newsletter: bit.ly/newsletteralgumasobservacoes

♥ Volte sempre! ;)

Algumas Observações | Ano 14 | Textos por Fernanda Rodrigues. Tecnologia do Blogger.