segunda-feira, 23 de novembro de 2020

Memórias

Foto por Volkan Vardar, via Unsplash.


Tenho sede
De sonho,
De desejo
Insone,
Que vaga
Pelas ruas
Nua,
Crua,
Intensa.
Ardente sede
Das ideias que chegam
Cedo,
Cheias das saudades
Sibilantes,
De memórias
Sitiadas
Em sítios estrangeiros,
Carregados de sotaques
Soturnos
E sortudos
De quem tem
Nos braços cansados
A solitude
Da vida que segue.
Minha sede é composta
por sentimentos sambando
A romper com a Solidão.

Este post foi escrito com base no tema "Uma saudade recorrente", do Desafio Criativo proposto pelo Projeto Escrita Criativa.
_____________________________________________________________

10 comentários:

  1. Que linda sua poesia, tão musical!

    Um abraço!

    ResponderExcluir
  2. Parabéns pelo texto.

    Bom fim de semana!

    Jovem Jornalista
    Instagram

    Até mais, Emerson Garcia

    ResponderExcluir
  3. Oi, Fernanda. Como vai? Linda poesia. Parabéns. Abraço!

    https://lucianootacianopensamentosolto.blogspot.com/

    ResponderExcluir
  4. "Minha sede é composta
    por sentimentos sambando
    A romper com a Solidão."

    Te amo

    ResponderExcluir
  5. Que poema lindo! foi lindo ver você lendo esse poema no sarau!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Eu fiquei feliz por ter lido! :)

      Obrigada por compartilhar esse momento tão lindo comigo :)

      Excluir

Olá!

♥ Quer comentar, mas não tem uma conta no Google? Basta alterar para a melhor opção no menu "Comentar como:". Se você não tiver uma conta para vincular, escolha a opção Nome/URL e deixe a URL em branco, comentando somente com seu nome.

♥ É muito bom poder ouvir o que você pensa sobre este post. Por favor, se possível, deixe o link do seu site/blog. Ficarei feliz por poder retribuir a sua visita.

♥ Quer saber mais sobre o Algumas Observações? Então, inscreva-se para receber a newsletter: bit.ly/newsletteralgumasobservacoes

♥ Volte sempre! ;)

Algumas Observações | Ano 14 | Textos por Fernanda Rodrigues. Tecnologia do Blogger.