segunda-feira, 6 de julho de 2020

Novos caminhos


Quem leu a última newsletter que enviei nesse fim de semana que passou, sabe que estou em uma intensa transformação de vida. 

2020 veio intenso para todos nós, e essa intensidade me provocou profundamente: o que você tem feito da sua vida? — ela me pergunta todos os dias, a cada vez que os jornais me mostram números crescentes de mortes ou a cada vez que uma vida chega ao final ao meu redor. O que eu tenho feito? Onde tenho depositado a minha atenção?

Há algum tempo não me sentia feliz. Seguia na contramão disso. A pandemia só acentuou o processo: cobranças e mais cobranças, semanas se emendando sem fim, falta de tempo até para os momentos mais simples (nem dia das mães tive esse ano, emendando trabalho e tendo que dizer um hoje não consigo te dar atenção, mãe), culpabilização por todos os lados (a culpa sempre cai no professor), falta de recursos... Muitos pratos para equilibrar (porque, além de tudo isso, professor também é gente, também sofre em gerenciar home office e também tem medo da pandemia) e ainda tinha que aparecer bem na frente das câmeras para os alunos, como se nada estivesse acontecendo... Como contornar a infelicidade nessas circunstâncias? 

Aprendi que tudo aquilo que a gente foca, cresce. Eu já estava tendo crises de ansiedade frequentes. A estabilidade financeira já não se sobrepunha à minha paz de espírito. Me lembrei da promessa que fiz a mim mesma no dia da minha formatura — no dia em que eu for uma professora medíocre ou no dia que a profissão me deixar doente, eu vou parar. Foi o que fiz: criei coragem, fui honesta comigo mesma e parei. Quero ver o belo crescendo, não o feio. Quero ter boas lembranças do meu tempo de docente, não pensar em escola como algo que me deixou doente.

Como disse na news, nunca deixarei de ser professora e talvez eu volte à educação formal no futuro. Quem já me viu falando sobre isso, sabe que ensinar e aprender está no meu DNA. Entretanto, compreendi o óbvio: eu não preciso estar numa escola para ser professora. Eu não preciso cortar vínculo com aqueles que — em algum momento dessa jornada de mais de 10 anos — já foram meus alunos. Vida que segue.

Agora estou focada em todos os trabalhos textuais e nas aulas particulares. Quem já espiou a área de serviços aqui do blog sabe que eu faço leitura crítica, preparação e revisão de textos, além de mentoria para novos escritores e aulas de inglês e de escrita criativa. Além disso tudo, quero abrir alguns cursos online, focar aqui no blog e gravar lá para o YouTube. É esse meu lado que eu quero que cresça agora.



Que o segundo semestre de 2020 seja mais saudável, mais leve, mais produtivo e feliz que a primeira parte do ano — e que todos nós tenhamos coragem para focar naquilo que nos faz bem!

_____________________________________________________________

14 comentários:

  1. Olá!
    Há um tempo temos nos questionado sobre muitas coisas e gostei de saber que criou coragem para deixar crescer o que você quer no momento, somos feito de fases e é uma nova fase em sua vida, precisamos terminar ciclos para abrir novos ciclos. E desejo muita transformação e descobertas nessa nova fase.
    Beijocas.


    https://www.parafraseandocomvanessa.com.br/

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oi, Vanessa!
      É bem isso: fechar ciclos e abrir espaços para novos. É importante poder fazer isso, não é mesmo?

      Um beijo :*

      Excluir
  2. Oi, Fernanda como vai? Esta sua atitude mostra que você é uma mulher corajosa e, não medrosa. Que seu caminho seja repleto de realizações nesta sua nova jornada. Você estando feliz e em paz consigo mesma é o que importa, o restante virá com o esforço e dedicação que você conseguirá alcançar os seus objetivos. Fique bem e se cuide. Abraço!


    https://lucianootacianopensamentosolto.blogspot.com/

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oi, Luciano!
      Eu muito obrigada pelas palavras :)
      Um beijo :*

      Excluir
  3. Gostei demais dessa frase "tudo aquilo que a gente foca, cresce" me fez refletir...
    Boa sorte nos seus várias serviços Fernanda, estou torcendo por você. Vai dar tudo certo! ♥

    https://www.heyimwiththeband.com.br/

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Aaaaaaaai, obrigada pelo carinho! :)
      E eu acredito muito nessa coisa do foco, sabe?!

      Um beijo :*

      Excluir
  4. Eu te entendo, até porque tem dias que fico deprimida com esse isolamento social e o quão meus planos foram por água abaixo. Para evitar o estresse e a volta da depressão e ansiedade, eu me afasto daquilo que me faz mal e tento pensar positivo em cada atitude que faço.
    Achei bacana sua ideia de trabalhar com o blog, é uma excelente terapia. A gente ajuda os outros e às vezes ganha até uma graninha.
    Beijos. 
    Diário da Lady

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oi, Leidi! :)
      É bem isso. Saber onde e quando parar. Saber recomeçar!
      Um beijo :*

      Excluir
  5. Que essa nova fase seja promissora pra ti. Ótimo conhecer seus trabalhos.

    Bom fim de semana!

    Jovem Jornalista
    Instagram

    Até mais, Emerson Garcia

    ResponderExcluir
  6. Oi Fernanda,
    Desejo muito sorte nessa nova fase, certeza que será um sucesso!
    beijos
    http://estante-da-ale.blogspot.com/

    ResponderExcluir
  7. Fê,
    Sem dúvidas você tem uma jornada linda como educadora. Mas você também tem muitos outros talentos e vai se sair bem independente do que estiver fazendo.

    Já falei com você por mensagem, mas reforço aqui meus votos de muito sucesso e felicidade pra você nessa nova fase <3

    Um beijo,
    Line

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oi, Line!
      Obrigada pelas palavras! Seu apoio é importante sempre! :)

      Um beijo :*

      Excluir

Olá!

♥ Quer comentar, mas não tem uma conta no Google? Basta alterar para a melhor opção no menu "Comentar como:". Se você não tiver uma conta para vincular, escolha a opção Nome/URL e deixe a URL em branco, comentando somente com seu nome.

♥ É muito bom poder ouvir o que você pensa sobre este post. Por favor, se possível, deixe o link do seu site/blog. Ficarei feliz por poder retribuir a sua visita.

♥ Quer saber mais sobre o Algumas Observações? Então, inscreva-se para receber a newsletter: bit.ly/newsletteralgumasobservacoes

♥ Volte sempre! ;)

Algumas Observações | Ano 14 | Textos por Fernanda Rodrigues. Tecnologia do Blogger.