terça-feira, 12 de maio de 2020

Espiadinha


Imagem de pasja1000 por Pixabay.

And resistance
Love has got to fight for its existence.
(U2)

Vim liberar um comentário que precisava de aprovação e dar aquela espiadinha aqui no blog. Sinto falta de escrever, contudo, a vida urge. As férias acabaram e o trabalho triplicou: replanejamento de tudo, aulas ao vivo com alunos com faces sonolentas aparecem na minha tela (enquanto eu tento ser professora e "youtuber descolada" ao mesmo tempo). Preciso chamar atenção para aquela que é a última flor do Lácio. 

Tempo para mim não há mais. Os prazos são apertados, tudo é para ontem. Não há blog, resenhas por fazer, leituras e pilates que resistam. Eu resisto? Emendei finais de semana, trabalhei no dia das mães. Já pensei em jogar tudo para o alto, já escrevi texto triste. Já observei pessoas em situações piores que as minhas e me senti culpada por reclamar, já engoli choro. Sim, eu resisto.

A palavra que escolhi para o meu ano foi "coragem". Se janeiro já parece tão distante, e tudo o que era válido agora é questionável, fico surpresa como a minha intuição me alertou. 2020 está rindo na minha cara, me forçando a ser resiliente. Adaptação é a bola da vez, e replanejar todas as áreas da vida exige coragem.

Estou aprendendo a ver as coisas por partes, a viver um dia de cada vez, a respirar quando o nó no peito se instala. Talvez esta parte do "ser corajoso" não apareça nos melhores dicionários.

Ninguém sabia o que viria. Todo mundo está dando o seu melhor. E, ao contrário do que dizem as mães, eu faço parte deste "todo mundo".

_____________________________________________________________

14 comentários:

  1. Ahhh que bom que está de volta. Ninguém esperava que 2020 seria assim, realmente. Mas nossas vidas estão na mão de Deus.

    Bom fim de semana!

    Jovem Jornalista
    Instagram

    Até mais, Emerson Garcia

    ResponderExcluir
  2. Adorei sua postagem, é o que precisávamos nesse momento tão difícil... Até imagino como você deve estar se esforçando para dar aulas online e contagiar seus alunos a se animarem para o aprendizado. E você descreveu bem esse ano: Coragem, porque não está sendo fácil para ninguém.
    Beijos. 
    Diário da Lady

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Ai, Leidi, estamos todos no mesmo barco, não é? Espero que a gente consiga encontrar forças para ter coragem sempre! :D
      Um beijo :*

      Excluir
  3. Oi, Fernanda tudo bem? Seu texto mostrou claramente como somos limitados e petulantes em querer tudo do nosso jeito e no tempo que nos convém. Adorei o texto. Abraço!


    https://lucianootacianopensamentosolto.blogspot.com/

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Pois é, Luciano. Não dá pra ter controle de tudo. E, ainda bem que não dá, porque essas situações podem ser dolorosas, mas nos fazem crescer!

      :*

      Excluir
  4. Olá!
    Amei esse texto e me enxerguei nele. A vida foi de ponta a cabeça e me sinto muita vezes da mesma forma que você. Tento dar o meu melhor que nem sempre é o que eu sei que posso dar mas, é o que consigo naquele momento.
    A minha palavra do ano foi coragem também, e escrevi no meu planner metas e muitas coisas para sair da zona de conforto. Vi que não foi como planejei e foi uma reviravolta brutal mas, seguimos caminhando e vamos um dia de cada vez.
    Beijocas.

    https://www.parafraseandocomvanessa.com.br/

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. É aquilo: de um modo ou de outro saímos da nossa zona de conforto. A questão é que ela nos levou a outros caminhos, não esperados. :P
      Espero que dê certo.

      Um beijo :*

      Excluir
  5. Até dei um suspiro ao terminar de ler sua postagem. Me identifico com seu sentimento. Quando para para pensar que, no começo do ano, após minha formatura, achei que minha vida estava incerta, eu nem podia imaginar o verdadeiro significado da palavra "incerteza".
    Torço para que o momento em que possamos respirar novamente chegue logo, e desejo força para nós!

    Abraçz
    Motivos Pelos Quais Estou Feliz Hoje

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oi, Núbia!
      No fim, não temos controle de nada. É complexo. :(
      Espero que tudo dê certo e que a gente aprenda o que for preciso. :)
      Um beijo

      Excluir
  6. 2020 tá fazendo a gente arrumar uma força que a gente nem imaginava ter, tá tenso. nem imagino como deve ser difícil se ~reinventar para dar aulas online. esses dias eu assisti uma matéria do programa da fátima falando sobre professores de escolas públicas e comecei a chorar pensando nas dificuldades que estão enfrentando, especialmente os mais velhos (que não entendem tanto de tecnologia). força por aí ♥

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Menina, é puxado. E olha que eu tenho uma estrutura razoável em casa (e os meus alunos na casa deles, para assistir às aulas). Alguns dos meus colegas mais velhos sofreram com essa adaptação tecnológica. Às vezes eu brinco que a força que está vindo do útero é de potência de sobrevivência, porque só ela pra nos ajudar a sobreviver a esse 2020.
      Mas há de dar certo!

      Um beijo :*

      Excluir
  7. É... 2020 não tá fácil, não. É só Eita atrás de Eita!
    E você está indo muito bem. Sua coragem inspira. De verdade. Pode ser que você não tenha idea, mas inspira! <3

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oi, Bia!
      Põe "eita" nisso! :)
      Obrigada pelas palavras e por dizer que eu inspiro. Isso me dá muita força pra continuar. :)
      Um beijo :*

      Excluir

Olá!

♥ Quer comentar, mas não tem uma conta no Google? Basta alterar para a melhor opção no menu "Comentar como:". Se você não tiver uma conta para vincular, escolha a opção Nome/URL e deixe a URL em branco, comentando somente com seu nome.

♥ É muito bom poder ouvir o que você pensa sobre este post. Por favor, se possível, deixe o link do seu site/blog. Ficarei feliz por poder retribuir a sua visita.

♥ Quer saber mais sobre o Algumas Observações? Então, inscreva-se para receber a newsletter: bit.ly/newsletteralgumasobservacoes

♥ Volte sempre! ;)

Algumas Observações | Ano 14 | Textos por Fernanda Rodrigues. Tecnologia do Blogger.