Tudo acontece porque tem que acontecer e todo mundo merece morar dentro de um abraço

by - 11:07 PM

1. Imagine o melhor abraço que você já recebeu na vida, enquanto lê este post;
2. Imagem escolhida porque este cenário me lembra o de Incomplete, e eu amo essa música (ainda que ela não tenha relação com o que é dito agora);
(Imagem: SplitShire)
Quatro dias pós-BEDA e cá estou eu de volta, para transformar meus pensamentos em papel. O último final de semana foi tão incrível (e tão cheio de novidade), que durante o almoço de segunda-feira me vi descrevendo-o para a minha amiga empolgada: "Mô, foi como morar em um abraço".

Os últimos seis anos foram tão tensos que já não via mais a perspectivas de momentos assim. Depois de ver o colégio que tanto amei fechar, de terminar um relacionamento de forma tão inusitada, de ver a minha irmã quase morrendo, de viver e conviver com a depressão, passei a seguir o lema da Dori e continuei a nadar. O piloto automático trouxe o mínimo de estabilidade que precisava para que as coisas começassem a entrar nos eixos. Finalmente, parece que isto está começando a acontecer. 

Da semana passada para cá, tive uma sequência de notícias maravilhosas. Tanto é que tive um mini-surto de euforia, em que tudo o que conseguia era sorrir e agradecer, dizendo para todo mundo ao meu redor o quanto estava (e ainda estou!) feliz. Não sei se essas mesmas pessoas puderam compreender o tamanho que tudo isso significa dentro de mim, mas não podia deixar de agradecer mesmo assim.

Talvez seja isso que tenha me feito parar para registrar este momento por aqui, do mesmo modo que sempre fiz quando algo importante aconteceu nesses últimos 12 anos. O mundo anda cinzento demais. Guerras, fomes, violências, incêndios que destroem os lugares que amo, nosso momento histórico cada vez mais tortuoso. Nesse sentido, é complicado me ver tão feliz, de querer falar das minhas conquistas. Entretanto, só eu conheço de fato cada batalha que travei ao longo desses mesmos 12 anos e o quanto venho trabalhando por cada passo que dou em busca daquele desejo mais profundo que carrego no peito.

Não sei se me faço clara com todas estas palavras, contudo só consigo pensar nos velhos clichês. Tudo acontece quando e porque tem que acontecer e, olhando para trás, percebo o quanto ter clareza disso liberta certas amarras. 

Enfim, espero poder compartilhar todas as novidades em breve (e parar de ficar falando quase sempre/tudo sobre mim com os meus amigos — que, suponho, não aguentam mais me ouvir, mas me continuam, porque me amam). Também desejo que você se sinta assim: morando dentro de um abraço. Todo mundo deveria passar por isso (e eu prometo escrever um texto decente com essa/sobre essa metáfora da próxima vez).

Beijos e queijos!

PS: Que vontade de reler/rever Budapeste, do Chico Buarque.
PS²: Se você ainda não leu/viu, pelamor, faça isso!

_____________________________________________________________

You May Also Like

5 comentários

  1. Bom saber que as coisas estão mais coloridas e felizes pra vc, a vida as vezes pode ser cruel mas momentos ruins passam, ainda bem. Noticias boas de amigos acabam nos abraçando tbem então não os poupe dessa partilha! :)

    Bjos!

    ResponderExcluir
  2. que texto lindo, sempre tive curiosidade em ler budapeste do chico!

    www.tofucolorido.com.br
    www.facebook.com/blogtofucolorido

    ResponderExcluir
  3. Lindo texto. :) Desejo que as coisas continuem a correr bem para ti!

    Segui ❤ se quiseres retribui! :)

    Beijinho,

    anaritaferreira83.blogspot.pt

    ResponderExcluir
  4. Passamos por momentos tão conturbados em nossas vidas né, sem dúvida viver é uma montanha russa de altos e baixos e pareci que tu vivenciou um periódo bem baixo né, mas que aos poucos está subindo novamente.

    Você sim se faz clara ao descrever suas vivências com esse texto, e não tem nada melhor que um amigo para nos escutar, nossa família para nos apoiar e um lápis e papel para desabafar (ou um bloco de nota no PC)

    Se quiser mais uma amiga para desabafar tó aqui e podemos sim trocar cartas, não só com acontecidos, mas com pensamentos, poemas, versos ou até mesmo uma frase. Adoraria ter essa experiência contigo.

    Beijos e que boas novas continue aparecendo!

    ps: já li e é maravilhoso!

    ResponderExcluir
  5. Hey Fê! Tudo bom?
    Quanto tempo que não vinha aqui... o.o'
    A gente vai sentindo um alívio quando as coisas começam a entrar nos eixos pois percebemos que Deus não desistiu de nós. Fico feliz que esteja feliz, você está sendo um exemplo claro de resiliência e com certeza está inspirando muitas pessoas! Espero ler novidades suas em breve. Já estou te seguindo!
    Obrigada pelo comentário lá no blog.
    Volte sempre!

    ~ miiistoquente

    ResponderExcluir

Olá!

♥ É muito bom poder ouvir o que você pensa sobre este post. Por favor, se possível, deixe o link do seu site/blog. Ficarei feliz por poder retribuir a sua visita.

♥ Quer saber mais sobre o blog? Então, inscreva-se para receber a newsletter: bit.ly/newsletteralgumasobservacoes

♥ Volte sempre! ;)