{Resenha} Eu receberia as piores notícias dos seus lindo lábios, de Marçal Aquino

O cenário era o seguinte: uma amiga de trabalho estava comigo na livraria, porque tínhamos a missão de comprar um presente de aniversário para a nossa chefe. Foi quando ela avistou aquele livro de capa crua com bolinhas laranjas e disse com toda autoridade do mundo: "você precisa ler este livro". 

Cerca de cinco anos se passaram, mas eu não esqueci a indicação. O nome da obra invoca poesia e quem é o louco de deixar qualquer poética de lado? Lá estava eu, em outro tempo, comprando o romance de nome lírico: Eu receberia as piores notícias de seus lindos lábios. Deveria ter feito isso antes. Deveria ter presenteado o mundo com este livro!

A história narra o amor de Cauby, um fotógrafo que vai fazer um trabalho em uma cidade de garimpo no Pará. Lá, ele conhece Lavínia, com quem vive um amor às escondidas. Lavínia é casada e tem uma personalidade extremamente marcante, o que faz com que Cauby se envolva cada vez mais com ela. Até que eles tenham suas vidas mudadas.

A edição da Companhia das Letras é primorosa, e o estilo do autor contundente. Uma de suas marcas neste livro é a não sinalização dos diálogos por meio de travessão ou aspas (e não, não fica confuso!). A outra, é a linguagem poética empregada de maneira tão natural, que leva o leitor à comoção. 

As descrições das cenas são praticamente cinematográficas*. É impossível para o leitor não visualizar cada ponto da cidade, cada gesto de Lavínia, cada toque de Cauby. É impossível não sentir o gosto da poeira na garganta ou o cheiro do perigo dos garimpeiros. A narrativa é sinestésica ao máximo, o que faz com que seu leitor ande lado a lado com o narrador.

Ler Eu receberia as piores notícias de seus lindos lábios me levou para aquele estágio em que queria devorar o livro, mas não queria que ele acabasse. Sem dúvida, é um romance de tirar o fôlego, da primeira à última linha!


Livro: Eu receberia as piores notícias de seus lindos lábios
Autor: Marçal Aquino
Páginas: 232
Editora: Companhia das Letras
Sinopse: Numa cidade de garimpo do Pará, conflagrada pelas tensões de uma corrida de ouro, um fotógrafo vive uma paixão clandestina com uma mulher misteriosa e sedutora. Mesmo sabendo dos riscos do jogo, ele decide ir até o fim - e agora está de volta para relatar o que viveu.

*O livro foi adaptado para o cinema em 2012, tendo no elenco a Camila Pitanga, como Lavínia, e o Gustavo Machado, como Cauby. A direção é do Beto Brant e do Renato Ciasca. Eu ainda não assisti, mas minha amiga que me indicou o livro disse que é bom também. 
_____________________________________________________________

You May Also Like

4 comentários

  1. nunca tinha ouvido falar nesse livro.. mas pelo que eu li ele parece ser bem interessante mesmo.
    adoro romance <3 mas prefiro filmes sobre romance.. adoro a bonequinha de luxo, um amor para recordar e etc..
    adorei seu blog hahah.. e adoraria que você visitasse o meu e se puder deixar o seu follow
    segui seu cantinho por que achei ótimo *o*
    beijos u3u
    https://fallingflowersofficial.blogspot.com.br

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Se você adora romances, então vai adorar este livro! Vale a pena ler! :D

      Beijos!

      Excluir
  2. Eita... Eu já tinha visto esse livro. Acho essa capa um amor e esse título, que título maravilhoso!! Aqui estou eu, recusando e fugindo de todos os romances no mundo, sem esperanças no gênero por só achar coisas clichês e melosas e ao mesmo tempo vendo a luz no fim do túnel com a sua resenha. Acho que lerei esse sim <3

    E menina, não sabia que você tinha blog!!

    (Carol)
    ourbravenewblog.weebly.com

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oi, Carol!
      Que legal que você descobriu o meu blog! Espero que você volte mais vezes.
      Este livro e lindo, lindo! Vale muito a pena ler, porque ele foge desses clichês que estão em voga no mercado.

      Sobre o meu blog, ele existe há 10 anos e vc é mais que bem-vinda nele.

      Beijos,

      Excluir

Não deixe de observar também!

Sempre vou responder ao seu comentário por aqui; mas, se você deixar o seu link, farei questão de ir observar na sua morada! ;)