Minhas tradições de ano novo

by - 10:46 PM

Foto por Roland Tanglao sob licença Creative Commons.

Quando surgiu este tema lá no grupo do Projeto Escrita Criativa, fiquei pensando sobre o que poderia escrever e se eu, ao longo dos meus 29 anos de vida, havia desenvolvido alguma tradição de ano novo.

O fato é que a minha família não gosta de festas. Se depender dos meus pais e da minha irmã, tudo acontece da forma mais normal, natural, pacata e prática o possível. Por tudo, entenda-se quaisquer celebrações: aniversário, aniversário de casamento, formatura, dia dos professores, páscoa, natal e ano novo. Para eles é "só mais um dia comum". Então, meu primeiro impulso foi pensar um "droga, não vou escrever, porque não tenho tradição!". Será mesmo?

Diferentemente deles, eu adoro comemorar. Sou dessas que arruma uma desculpa para celebrar, porque acredita que só o fato de estarmos aqui, vivos, com saúde e respirando, já é um motivo de vitória. Além disso, 2015 foi um ano de muita reflexão e aprendizado. E como parte deste processo, descobri que sim, eu desenvolvi, meio que solitariamente, as minhas tradições. Setembro e dezembro talvez sejam os meses em que elas mais apareçam, porque neles celebro os dois anos novos do ano (o pessoal - também conhecido como "meu aniversário" e o coletivo, a virada do ano). 

Falando especificamente sobre as tradições do ano novo - que é o tema da postagem coletiva -, tudo começa no início de dezembro. Adoro escrever cartões ou cartas de Natal e mandar via correio. Esta é uma forma de demonstrar carinho para os meus amigos: manuscrevendo, indo até uma agência e postando. Tem aquela sensação gostosa de saber que os amigos irão receber com surpresa a cartinha e a esperança de que ela leve um pouco de felicidade a quem a ler. Para mim, não deixa de ser um gesto de doação, de carinho, que eu adoro!

Depois, lá pela segunda quinzena, vem o faniquito de comprar uma agenda. O critério de escolha é que não seja muito grande - porque fica mais fácil de carregar - e que tenha uma página inteira para os finais de semana. Adoro preencher a agenda com os meus dados, com os endereços dos amigos e com os compromissos. Este ano ainda não comprei a minha, mas preciso correr atrás disso.

Aí, junto com a busca pela agenda, vem a compra dos presentes. Eu sou aquele tipo de pessoa que simplesmente AMA dar presentes. Principalmente quando eu bato o olho e vejo algo que acho que é a cara daquela pessoa que vai recebê-lo. Talvez, presentear seja até mais gostoso do que receber. Tem toda aquela empolgação de comprar, embrulhar, escrever um cartãozinho, marcar de encontrar a pessoa, entregar o presente e vê-la abrindo com uma carinha feliz! :) Normalmente, a gente nunca troca presentes no Natal, mas eu faço questão de comprar alguma coisa de Natal para quem amo :) (Mesmo com o pessoal não sendo muito fã de Natal aqui em casa, sempre rola uma lembrancinha). Sou feliz assim.

Aqui em casa sempre acontece um pequeno jantar de Natal e de Ano Novo. Não que seja exatamente para celebrar as duas datas, mas porque sempre tudo está fechado (restaurantes, padaria, supermercados), então a gente costuma fazer algo diferente para o jantar. Como a gente já tem o costume de estar juntos durante quase todas as refeições, comer juntos durante as duas datas não foge da nossa rotina. O que talvez seja diferente das outras casa é que a gente nunca espera dar meia-noite - por isso usei o termo "jantar", não "ceia". Mas sempre que fazemos o pavê (geralmente no ano novo), esta é a minha primeira refeição do ano (sempre assalto a geladeira, porque eu sou realmente louca, doida, varrida por pavê!).

No blog, a tradição é fazer a retrospectiva na última semana do ano e já blogar sobre os temas do #aophotoaday de janeiro do ano seguinte. E por falar no #aophotoaday, todos os anos - já são 3 até agora - a galera que posta no grupo do facebook sempre se reúne para um amigo secreto de troca de cartões. Sempre é muito divertido! :D

Na virada, não costumo vestir branco. Sei lá, acho que cores trazem cores a nossa vida. Fora que, de alguns anos para cá, costumo sempre ter algo preto no corpo (ou roupa, ou sapato, ou cor de esmalte). Tem dado sorte assim. 

O primeiro dia do ano é o dia de preencher a agenda e de fazer planejamentos. É neste dia em que eu gosto de pensar o que quero para os próximos 364 e como vou correr atrás para que tudo saia da melhor maneira possível.

É isso! Para quem não tinha nenhuma tradição, até que encontrei muitas. Quais são as suas?

Este texto faz parte do Projeto Escrita Criativa, que reúne escritores e blogueiros para colocarem no “papel” suas ideias. Quem quiser conhecer mais, acesse a página ou o grupo do projeto. Lá há a lista de todos os blogs participantes. O tema da blogagem coletiva de dezembro era o "Minhas tradições de ano novo".
_____________________________________________________________

You May Also Like

8 comentários

  1. Acho que eu realmente não tenho nenhuma tradição. Escrevo uma retrospectiva no blog, e acho que é só. Minha família também não é de festas, na verdade, eu é quem não sou. Até gosto, mas não gosto de comemorar com minha família. Longa história.

    Gostei da sua tradição da agenda, amo agendas *--*

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. O importante é virar o ano bem consigo mesmo! :)

      E retrospectivas sempre nos mostram o quanto a gente cresceu!
      Adoro também!

      Beijos!

      Excluir
  2. Na minha família a gente sempre tem a ceia de Natal e Ano Novo,gostamos de celebrar essas datas mas bem legal o seu texto,Fe.bjo

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. :D Espero que tudo tenha sido mto divertido! :D
      Beijos!

      Excluir
  3. Somos iguais demais! Em casa também não temos tradições de fazer nada nessa época e o povo costuma passar de forma bem normal. Também tenho a tradição da agenda e da retrospectiva. E não curto branco também!!!

    Bj e fk c Deus.
    Nana
    http://procurandoamigosvirtuais.blogspot.com.br

    ResponderExcluir
  4. Muito legais as suas tradições, Fê! Eu já fico doida para comprar uma agenda a partir de novembro. Comprei uma personalizada linda este ano! A minha retrospectiva irá ao ar amanhã!

    Beijinhos

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Novembro começa a procura, mas geralmente os modelos mais legais saem em dezembro, por isso eu sempre espero! :D
      Vou lá ler a sua retrospectiva!

      Beijos!

      Excluir

Não deixe de observar também!

Sempre vou responder ao seu comentário por aqui; mas, se você deixar o seu link, farei questão de ir observar na sua morada! ;)