A música e eu: God gave me everything

Capa do single: God gave me everything, com um Mick Jagger divônico!
Clique aqui para ouvir a música no spotify (ou assista aos vídeos logo abaixo).

É engraçado como algumas músicas ficam na minha vida, não importa o que aconteça. Isso acontece com God gave me everything, do (incrível) Mick Jagger. Ele gravou esta canção em 2001, em um álbum chamado Goddess in the Doorway - que tem como parte dos produtores o Lenny Kravitz e o Wyclef Jean e também conta com a participação do Rob Thomas (do Matchbox Twenty).

A primeira vez que eu ouvi God gave me everything foi em um programa desses que passavam videos-clipes aleatórios. A primeira coisa que me chamou a atenção foi o nome da música. Um roqueiro consagrado falando de Deus - e que não era o Bono. Um tanto interessante (para quem não conhecia muito de rock).

Para você que nunca viu um diskman na vida... #velharia

As cores, a tecnologia (diskman provando o quanto estou velha!), a forma psicodélica como as cenas do cotidiano foram filmadas, isso tudo me prendeu. Como não sonhar com um encontro com o Jagger no supermercado ou na lavanderia, depois de ver este vídeo? Como não desejar tê-lo cantando no seu cangote, enquanto você está dançando loucamente na balada? E o que é o Lenny fazendo o seu mini-solo de guitarra? O vídeo é, sem dúvida, divertido - e eu sempre vou amar as dancinhas muito loucas do Mick (se ele pode dançar assim, por que eu não? uahahaha).

Jagger limpinho, lavando as roupas felizes.

Naquela época, o meu inglês ainda era parco, e minha internet ainda era discada. Então, passava horas na frente da TV tentando ver o vídeo de novo na esperança de tentar entender o que ele dizia. O sotaque britânico do Jagger era um mistério - principalmente para alguém que sempre ouvia o dirty pop americano -, mas não desistia. O tempo passou, novas músicas surgiram; entretanto a frase "God gave me everything I want" nunca saiu da minha cabeça.

É engraçada esta relação musical que a gente desenvolve com algumas canções. No meu caso, passei um período um tanto longo sem ouvir esta música, até que 2015 chegou. Posso dizer que este tem sido um grande ano. Muitas conquistas, muitas realizações, muitos projetos. E lá apareceu a voz de Mick cantando no invisível DJ da minha cabeça. Desta vez, 14 anos depois, consegui entender o que ele cantava e fiquei feliz.



O legal da arte é que cada um a recebe da forma que melhor entende. Para mim, God gave me everything é uma música que fala sobre a felicidade das pequenas coisas, que é sentida e que pode ser compartilhada. Ele começa com um:

You can see it in a clear blue sky Você pode ver isso em um céu claro e azul
You can see it in a woman's eyes Você pode ver isso nos olhos de uma mulher
You can hear it in your baby's cries Você pode ouvir isso no choro do seu bebê
You can hear it in your lover's sighs Você pode ouvir isso no suspiro do seu amor
You can touch it in a grain of sand Você pode tocar isso no grão de areia
Yeah hold it right there Sim, segure isso aí
In the palm of your hand  Nas palmas da sua mão
Feel it 'round you everyday Sinta isso te rodeando todo o dia
And hear what I've got to say E escute o que tenho a dizer

Solo do Lenny Kravitz em meio a uma garagem (?)

Você já parou para pensar no famoso clichê que diz que a felicidade está nas pequenas coisas? A gente pode senti-la em todos os lugares, se nos condicionarmos a isso. 2015 tem sido o ano em que venho tentando cada vez mais tirar o bom do ruim, a estar aberta mesmo quando tive o coração partido, a receber as pequenas alegrias como se fossem grandes triunfos (porque elas realmente o são). Como todos os seres humanos, há dias em que esta filosofia não dá muito certo; contudo, o que eu tenho percebido é que, quanto mais a gente exercita e se esforça nisso, mais isso dá certo. 2015 teve um fevereiro realmente para esquecer (e que terminou lindo!) e, de muito ruim, só. Preciso dizer mais?

O refrão, por sua vez, continua com um:

God gave me everything I want Deus me deu tudo o que quero
Come on Venha
I'll give it all to you Eu lhe darei tudo

Eu já falei isso nas postagens ao longo deste ano e acho que os 3 versos resumem bem: felicidade compartilhada é felicidade multiplicada (o mesmo vale para a fé, para a esperança). Embora não frequente igrejas, acredito muito em Deus e acho que meu 2015 está sendo incrível porque Ele tem permitido. E se eu compartilhar este bem que tenho recebido e tornar o dia a dia de quem está ao meu redor mais feliz (ou menos doloroso de alguma forma), eu me sentirei melhor e mais feliz! Logo, este ciclo de God gave me everything se repetirá ao infinito e além, atingindo mais e mais pessoas. Ser grato, o mundo precisa mais disso.

Imagens do vídeo, com o Jagger baladeiro cantando no cangote. #jáquero

Se a primeira estrofe traz dicas e o refrão, a filosofia, é na segunda estrofe que temos uma espécie de testemunho, a prova de que isto dá certo:

I saw it in the midnight sun Eu vi isso no sol da meia-noite
And I felt it in the race I won E eu senti isso na corrida que ganhei
And I hear it in the windy storm E ouvi isso no tempestade de vento
And I feel it in the icy dawn E senti isso na madrugada gelada
And I smell it in the wine I taste E senti o gosto disso no vinho que provei
And I see it in my father's face E vi isso na face do meu pai
And I hear it in a symphony E ouvi isso numa sinfonia
And I feel it in the love E senti isso no amor 
You show for me que você me mostrou


Apresentação do Mick com o Lenny no MTV Music Awards de 2001.

Exatamente como eu tenho levado a minha vida: felicidade nas pequenas vivências diárias. Celebração nas pequenas conquistas. "Crazy you said it's all in your head" ("Louco, você disse, está tudo na sua cabeça"), pode até ser, mas assim, sou feliz! 
_____________________________________________________________

Share:

8 comentários

  1. Realmente Fe, algumas músicas a gente nunca deixa de gostar. Comigo é a Good Riddance (Time Of Your Life) do Green Day. Tipo, eu era mó pirralha vendo o último episódio de Seinfeld e chorando litros com essa trilha sonora hahaha Me marcou demais.

    Essa que vc indicou é muito boa também. Não tenho o mesmo carinho que vc tem por ela, mas ainda assim não dá pra negar que é gostosa demais.

    PS: sdds discman <3

    A tal da Vivian

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Nem me fale no último episódio de Seinfeld, porque até hoje me sinto órfã. Não tem como ouvir Time of your life e não se lembrar disso!

      E sobre God Gave Me Everything, ela é "bora dançar na vibe gostosa?"

      e tbm morro de saudades do discman.

      :*

      Excluir
  2. Gosto muito de algumas musicas dele :)

    http://gotasdecaffe.blogspot.com.br

    ResponderExcluir
  3. Realmente, essa música parece ser muito legal..não conhecia mas gostei bastante da letra.
    Bj e fk c Deus.
    Nana
    http://procurandoamigosvirtuais.blogspot.com

    ResponderExcluir
  4. Oi Fernanda! Como eu te conheci pelo blog, não podia deixar de vir dar feliz aniversário a uma das minhas blogueiras preferidas por aqui. Parabéns, muitas felicidades e que todos os teus sonhos e projetos se concretizem, pois tu és uma pessoa especial (:
    E Mick Jagger é tudo de bom ashduiadhai

    Beijos, Vickawaii <3
    http://finding-neverland.zip.net

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Vic, sua linda! Obrigada pelas felicitações! Todas as vezes que leio o seu comentário (sim, já reli algumas vezes), fiquei emocionada! Sério que sou uma das suas blogueiras preferidas? Quanta honra! :D
      Muito obrigada pelo carinho!
      Um beijo grande!

      Excluir

Não deixe de observar também!

Sempre vou responder ao seu comentário por aqui; mas, se você deixar o seu link, farei questão de ir observar na sua morada! ;)