Miragem

by - 10:16 PM


Da janela do ônibus te vi. Você caminhava altivo, com as mãos no bolso da calça social caqui e o olhar fixo no horizonte. A manhã estava fria, e os seus passos acelerados chamaram-me atenção. Seria pressa ou uma forma de auto-aquecimento?

Fiquei pensando de onde vinha tanta beleza e tanto charme. O contraste do braço direito todo tatuado e da camisa social verde escuro me atraiam. Indubitavelmente, você é aquele homem misterioso que saí diretamente do sonhos de todas as mulheres para uma rua qualquer do meu bairro. Ao mesmo tempo que você exala o tesão de homem que sabe das coisas, demonstra uma fragilidade escondida no negrume do olhar. Um paradoxo em formato de gente. Um cuidado velado, disfarçado de paixão fatal. 

Várias perguntas cruzam a minha mente: por que será que nunca lhe vi antes? Para onde irá? O que o destino lhe reserva? Será que nos veremos novamente um dia? Os pensamentos ficam, enquanto o meu ônibus segue, deixando-lhe para trás.
_____________________________________________________________

You May Also Like

2 comentários

  1. Nossa que texto bom !
    Uma leitura fácil e gostosa.
    Parabéns ! Beijos ;*
    Tem post novo lá no blog. Quer conferir?
    http://bhulago.blogspot.com/

    ResponderExcluir

Não deixe de observar também!

Sempre vou responder ao seu comentário por aqui; mas, se você deixar o seu link, farei questão de ir observar na sua morada! ;)