[Resenha] Um nome escrito em sangue, de Matt Rees

Davi com a cabeça de Golias.
(Michelangelo Merise da Caravaggio)
Óleo sobre tela. Galeria Borghese, Roma, Itália.
A cabeça do Golias é um autorretrato de Caravaggio.

Michelangelo Merisi da Caravaggio é o principal nome da pintura Barroca italiana. Segundo os registros históricos; o pintor, além de talentosíssimo, detinha uma personalidade forte, envolvendo-se em amores e brigas que lhe custaram a vida. Como e onde morreu? Bem, este é um mistério que Um nome escrito em sangue: a história de Caravaggio, de Matt Rees, tenta responder.

O romance-histórico está dividido em três partes e guia o leitor ela vida do pintor conforme ele elabora a sua obra. Cada criação marca um conflito e as relações amorosas do artista. Para escrever o seu livro, Rees fez pesquisas pelos lugares em que Caravaggio viveu, além de aprender esgrima e pintura. Isso fez que com ele captasse parte da percepção que Caravaggio tinha da vida.

Muito bem escrita, a narrativa desperta sensações em seus leitores. Sentimos a maldade dos becos de Roma, a escuridão do bairro Espanhol da Sicília, a tensão dos diálogos travados entre o pintor e o Inquisidor da igreja católica. É impossível não sentir o nosso próprio sangue ferver quando Caravaggio é provocado ou não se consternar com o amor que ele encontra no Jardim do Mal. Definitivamente, Matt Rees nos transporta para o século XVII de maneira clara e prazerosa.

A linguagem empregada é simples e direta. Como forma de trazer o leitor para o mundo das personagens, muitas vezes encontramos inscrições em itálico com cada pensamento delas. Isto nos leva a indagar sobre a forma como nós reagiríamos a determinado fato ocorrido. Iríamos tão longe por nossa arte (ou por algo que realmente acreditamos) ou por nossa honra?! O Caravaggio foi. E quanto mais nos debruçamos sobre as páginas de Um nome escrito em sangue, mais desejamos saber até aonde suas atitudes o levarão.

Caravaggio foi o grande difusor do chiaroscuro, nos mostrando que é possível chegar à luz através da sombra. O romance-histórico de Rees nos reitera isso. Sem dúvida é uma excelente leitura tanto para os amantes das artes, quanto aos que se deleitam com uma grande história.

Livro: Um nome escrito em sangue: a história de Caravaggio
Título original: A name in blood
Autor: Matt Rees
Tradução: Valter Lellis Siqueira
Editora: Novo Século
Sinopse:  Gênio da arte, mestre do barroco, ou um boêmio, violento e blasfemo? Michelangelo de Merisi da Caravaggio foi, ao longo dos séculos, pintado com as mais diversas cores, julgado e idolatrado por sua rebeldia e por seu incrível talento. O grande artista foi capaz de chocar a sociedade italiana ao pintar figuras elevadas (papas, santos ou mesmo a Virgem) tendo como modelos personagens do cotidiano (camponeses, mendigos ou prostitutas) e, ao mesmo tempo, de deslumbrar os homens mais poderosos de seu tempo com obras de incontestável beleza. Em 'Caravaggio - Um nome escrito em sangue', o autor Matt Rees apresenta sua versão dessa história, em um jogo de luz e sombras que certamente encantará os fãs de arte e de um bom romance.


Ouça as duas músicas que Matt Rees fez para a obra/sobre o Caravaggio:








_______________________________________________________________
Observe também em: Facebook | Twitter | Instagram | Flickr | About me

Share:

8 comentários

  1. parabéns pela ótima resenha! Eu realmente fiquei curiosa pra ler o livro e conhecer sobre Caravaggio! beijos

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Lu,
      Você iria amar a arte dele!
      É intenso e lindo demais! :D

      Beijos!

      Excluir
  2. Nunca ouvi falar do livro, mas é um estilo que eu curto ler, por isso vou procurar.

    http://www.novaperspectiva.com/

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Gabi, o livro é extremamente bem-feito!
      Vale muito a leitura! :D

      Um beijo!

      Excluir
  3. Amooo Caravaggio.... Não conhecia esse livro... Mas preciso dele agora! Achei super interessante... Resenha ótima!

    Bjos
    JuJu

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Juju, AMO encontrar pessoas que amam o Caravaggio! ♥
      Você vai mais que amar o livro! Leia já!

      Beijos!

      Excluir
  4. Caravaggio me faz lembrar da época que eu tinha história da arte como matéria (eu tinha uma matéria com esse nome no ensino médio) e passamos dois semestres inteiros estudando o controverso pintor, me deu vontade de relembrar e conhecer essa obra que vc flw! Beijos

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Luize, que sonho!
      Eu tive um ano de educação artística no médio, mas não tive a mesma sorte!
      Ele é controverso como muitos adolescentes. Acho que o seu professor fez uma boa escolha!

      Beijos!

      Excluir

Não deixe de observar também!

Sempre vou responder ao seu comentário por aqui; mas, se você deixar o seu link, farei questão de ir observar na sua morada! ;)