Aula de amor

by - 11:38 PM

Imagem: Skating, por pedrosimoes7

Era sábado de inverno. Eu caminhava pela avenida movimentada, observando a todos que iam e vinham. Naquela tarde fria, as pessoas estavam numa tentativa quase desesperada de caminhar no pouco da luz do sol que banhava a calçada. Conversas em diversas línguas chegavam aos meus ouvido, quando ouvi uma voz ao meu lado dizer:

- Observe, é assim que se faz - então, aquele homem alto subiu em um skate e partiu com os cabelos ao vento e um sorriso nos lábios.

Ao meu lado, ficou um menino de uns 6 ou 7 anos, que observava todos os movimentos do skatista. Quando o homem finalmente parou a alguns metros de distância, o garoto correu feliz em sua direção: 

- Pai, agora é a minha vez! Fica olhando! 

Sorri. A partir daquele momento ele não tinha só o pai de expectador, eu também passei a caminhar, vendo aquela cumplicidade toda. Era claro que o garoto queria aprender, mas também era nítido como ele queria que o pai se orgulhasse dele.

O menino subiu oscilante no skate. O pai ainda colocou as mãos nas costas do filho, a fim de lhe dar um pouco mais de equilíbrio, contudo o garoto quis seguir sozinho. E foi que foi. A princípio olhava para trás por curiosidade; depois, apenas sentia o vento no rosto. Queria ir longe. Chegou à esquina, mas - ao invés de descer do skate e esperar pelo pai para atravessar para o próximo quarteirão - arriscou: fez uma curva e voltou de encontro ao seu grande mestre.

Durante o seu retorno, viu os dois sorrisos repletos de orgulho: o do pai e o meu. Definitivamente, aquele era apenas o começo de uma aula repleta de amor.

_________________________________________________________________
Observe também em: Facebook | Twitter | Instagram | Flickr | About me

You May Also Like

2 comentários

  1. lindo! só acho que quando crescer quero escrever como você. :D

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Lu, obrigada pelas palavras e pelo carinho! :)
      Você é fantástica também! ;)

      Beijos!

      Excluir

Não deixe de observar também!

Sempre vou responder ao seu comentário por aqui; mas, se você deixar o seu link, farei questão de ir observar na sua morada! ;)