segunda-feira, 14 de abril de 2014

Quando o coração aperta


Quando o coração aperta
a gente não sabe bem para onde correr.
Sentar e chorar
ou procurar uma porta a bater?
É uma dúvida sem fim,
um túnel de ilusão,
uma angústia sem alento
que nos deixa à deriva
de uma vida indevida.

Quando o coração aperta
e a saudade não cabe no peito,
fica difícil saber quem errou
porque o erro em si não faz o menor sentido,
não importa o ocorrido,
quando a vida separou?

Quando o coração aperta
e a vida perde a cor,
todos que o cercam
são felizes, encontram todo o amor,
menos nós, que de tão apertados morremos,
com os corações eternamente sufocados.

_________________________________________________________________
Observe também em: Facebook | Twitter | Instagram | Flickr | About me

2 comentários:

Olá!

♥ Quer comentar, mas não tem uma conta no Google? Basta alterar para a melhor opção no menu "Comentar como:". Se você não tiver uma conta para vincular, escolha a opção Nome/URL e deixe a URL em branco, comentando somente com seu nome.

♥ É muito bom poder ouvir o que você pensa sobre este post. Por favor, se possível, deixe o link do seu site/blog. Ficarei feliz por poder retribuir a sua visita.

♥ Quer saber mais sobre o Algumas Observações? Então, inscreva-se para receber a newsletter: bit.ly/newsletteralgumasobservacoes

♥ Volte sempre! ;)

Algumas Observações | Ano 13 | Textos por Fernanda Rodrigues. Tecnologia do Blogger.