domingo, 14 de julho de 2013

[Resenha] O que a vida me ensinou, de Mario Sergio Cortella

Em seus 19 capítulos, O que a vida me ensinou nos leva à uma viagem profunda sobre nós mesmos. Por meio de exemplos da literatura e da vida cotidiana, Mário Sérgio Cortella aborda temas filosóficos como vida, morte, prazer, aprendizado, felicidade simplicidade. Cada assunto é trazido à tona como se o autor estivesse conversando com os leitores, partindo da vivência cotidiana, podemos entender melhor como cada atitude influencia nossa vida. 

É deliciosa a busca pela nossa verdade, pela nossa essência. Qual é o legado que deixamos? Ele é expresso por meio de nossas reflexões e atitudes: como ensinamos, como aprendemos, como entendemos – ou não – as diferenças, como lidamos com os simples – aliás, o que consideramos simples? – tudo isso influencia na marca, no sinal, que deixamos no mundo. 

A provocação da capa – “Se você não existisse, que falta faria?” – é por si só, reveladora. O motivo? A busca genuína da resposta. Quem já parou para pensar nisso, sabe o quanto é difícil encontrar uma resposta que nos satisfaça... (pelo menos, comigo foi assim). 

Mais do que um livro de perguntas filosóficas, este livro é uma conversa sobre as inúmeras possibilidades. Possibilidades que aparecem na etimologia de uma palavra, na relação com os filhos, no amor pelos livros, na escolha de uma profissão, em uma palestra, nos bilhetes trocados, na correria do trânsito, na convivência com as pessoas que admiramos, na busca do “Viver em paz para morrer em paz”. 

Em O que a vida me ensinou, Cortella assume um papel de amigo do leitor, ele não nos dá respostas, apenas nos mostra parte dos caminhos que lhe ensinaram a ter paixão, a dar um sentido e a sentir felicidade na caminhada do viver.

Livro: O que a vida me ensinou 
Subtítulo: Viver em paz para morrer em paz (paixão, sentido e felicidade) 
Autor: Mario Sergio Cortella 
Editora: Saraiva : Versar 
Páginas: 112 
Sinopse: Neste segundo volume da coleção "O que a vida me ensinou", que mistura pequenas biografias com grandes lições de vida, o filósofo e educador Mario Sergio Cortella aborda questões como: Qual é a sua verdade? Qual é a sua essência? O que permanecerá de você no mundo? Se você não existisse, que falta faria? O autor conta suas experiências, seus medos e os obstáculos que percorreu para chegar ao topo.

8 comentários:

  1. Eu não conhecia esse livro e deu uma vontadezinha tão grande de ler. É que eu tô numa fase que eu preciso ler coisas desse tipo, sabe quando você precisa de um sentido, algo que te dê sobre o que pensar?
    Pois então.

    Beijão, Fê!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oi Vi!
      Se você precisa de um sentido, acho que vai gostar! ;)
      O Cortella tem uma linguagem linda pra falar da vida! :)

      Beijos!

      Excluir
  2. Olá, tudo joia?!
    Está lindo seu blog, já estou te seguindo...
    Segue o meu tbm, eu iria adorar!!!
    http://manyelly.blogspot.com.br/
    Sucesso para você!!!
    Bjo

    ResponderExcluir
  3. O livro parece ser ótimo! Adoro a ideia de poder pensar e refletir sobre a vida e as próprias atitudes.
    Ouço sempre o mari Sergio Cortella na rádio CBN e o acho incrível. Quero ler esse livro também!
    Beijos

    www.meumeiodevaneio.com.br

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Ah Soraya,
      então você já deve imaginar o quão incrível é o livro!
      hahaha

      Beijos!

      Excluir
  4. Nunca tinha ouvido falar desse livro, mas realmente a sua resenha me chamou a atenção.
    Livros que são capazes de nos fazer pensar, são os melhores.

    miragem-real.blogspot.com.br

    ResponderExcluir

Não deixe de observar também!

Sempre vou responder ao seu comentário por aqui; mas, se você deixar o seu link, farei questão de ir observar na sua morada! ;)

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...