Insônia

by - 10:47 PM


Na noite passada não dormi. Sua risada ecoou por horas infinitas em minha mente. Não sabia se eram lembranças boas, de quando você ainda era meu par, ou se você apenas ria da minha cara de adolescente-apaixonada-que-espera-ansiosamente-por-uma-segunda-chance. Eu sei, eu sei, já deixei a adolescência há tempos; mas, não é assim que os apaixonados se sentem?

Pois bem, voltando à noite passada, eu não consegui dormir. Você não deixou. Me assombrou a todo instante. Quando eu estava quase cochilando... Pá! Um flash seu estourava diante dos meus olhos, me lembrando de tudo que um dia tive, de tudo o que ficou no meu passado.

Escrevi, voltei para a cama, rolei de um lado a outro, peguei o celular e atualizei o twitter com um "saudades define" - com a fé de que você lesse e entendesse o recado -, tentei dormir novamente, não consegui e fiquei pensando no quão deprimente havia sido o meu último tuíte! Desci da cama, fui ao banheiro, depois à cozinha, voltei para debaixo das cobertas. Ouvi a chuva começar e terminar. Tudo isso, ao som da sua gargalhada. Quando o Sol finalmente começava o seu trabalho de astro rei, eu consegui cochilar; para, adivinhe, lhe encontrar em meu sonho...

Sabe, essa coisa de coração é mesmo complicada, porque infelizmente não se pode mudar um sentimento da noite para o dia (aliás, eu muito gostaria de saber qual fórmula você usou para me esquecer tão rápido... Me indique para que eu possa usar com você!). Se tudo fosse simples, bastava eu pedir para me encontrar com o Morfeu e tomar uma de suas pílulas... 

You May Also Like

32 comentários

  1. Nossa... Adoro seus textos. São sempre fortes mas bem sinceros.
    Beijos
    Luíza
    http://cademeuchapeu.com

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Neles, tento passar a minha verdade, Lu! :D
      Fico feliz que isso seja perceptível!

      Um beijo!

      Excluir
  2. Eita :/
    Saudade, a dor que mais dói... Realmente, como esquecer alguém? Pior ainda, como passar por isso ileso, sem dores, depressa?
    Adorei o texto, Fê.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Acho que não tem como, né, Vi?!

      Obrigada pelos elogios e por sempre ler!

      Excluir
  3. Olá querida, já estou seguindo seu blog, que é muito charmoso viu?


    Convido você e suas leitoras a conhecer o meu:

    http://toobege.blogspot.com.br/


    Beijinhos e tenha uma ótima semana!

    ResponderExcluir
  4. A questão talvez não seja esquecer, e sim, saber viver sem. E sim, ser capaz de amar de novo. Isso sim.
    Acho que você é forte, e capaz para isso, só precisa se achar.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Tudo é uma fase. Existe a fase da dor intensa! Não tem jeito!

      Um beijo!

      Excluir
  5. Olá, hoje estou passando só pra deixar um convite. Está rolando um mega sorteio de 30 ESMALTES lá no meu blog. Vem participar!
    Se você já se inscreveu chama as amigas ^^
    Beijooos

    http://www.pudimengorda.com.br/2013/03/sorteio-30-esmaltes.html

    ResponderExcluir
  6. Eu li hoje, mais ou menos sobre isso... temos que saber viver, erguer a cabeça, seguir em frente!

    @esteffanifontes, do blog Aos Dezesseis Anos
    aosdezesseisanos.blogspot.com.br

    ResponderExcluir
  7. Nossa, quando leio textos assim eu imagino o quão estranha eu sou. Nunca fiquei sem sono por causa de ninguém. Talvez ou seja abençoada ou apenas, talvez apenas, eu ainda não tenha achado alguém que me fará sentir assim. E eu espero que não encontre rs, amo dormir!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Cada um responde de uma maneira diferente a estes estímulos todos! ;)

      Obrigada pela visita!

      Excluir
  8. Não podemos mudar nossos sentimentos, mas podemos controlar nossas ações...

    ResponderExcluir
  9. nossa! mais sincero impossível!!! adorei!!! parabéns!!! a cada dia vc escreve melhor!
    beijos da Lu!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Obrigada, Lu! :D
      Você sempre é uma querida! :D

      Um beijo!

      Excluir
  10. Cada vez que venho aqui tem um texto melhor que o outro *-* Gostei muito deste. Continue assim. beijão. http://distanciacerta.blogspot.com.br

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Obrigada pelo elogio, Camilla! :D
      Espero que você continue visitando e gostando!
      Um beijo!

      Excluir
  11. Texto perfeito! Adorei

    beijos,

    marinaalessandra.blogspot.com
    @mariinaale
    @maioordeidade

    ResponderExcluir
  12. Uau, seus textos estão cada vez mais profundos. Me identifico em parte com esse. Fico relembrando alguns momentos e imagino o que teria sido caso tudo tivesse sido diferente... mas sentir saudades é me torturar de mais, kkkkk.

    Beijos,

    ser-escritora.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  13. Tirando a poeira do meu cantinho, resolvi passar por aqui para matar as saudades...
    Saudades é um sentimento complicado, difícil de explicar, de sentir e de se livrar...mas força aí que tudo se resolve...
    bj e fk c Deus.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. O tempo é a chave de tudo, não?! :)
      Beijos!

      Excluir
  14. Amei seu texto.
    Você escreve bem. ^_^
    Bjos

    ResponderExcluir
  15. que texto lindo, adorei! tens o dom da escrita, sério!

    ah! essa semana comecei um blog novo, está ainda no inicio, mas ficaria mto feliz se pudesse dar uma passadinha para conhecer.

    beijos beijos e um bom final de semana ;*

    http://manualdosvinte.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oi Camila!
      Obrigada pela leitura! :D

      pode deixar que passarei em seu blog!

      Um beijo!

      Excluir
  16. Obrigada por ter visitado meu blog. Visitei os seus e estou encantada! Adorei seus textos. Parabéns ;)

    http://problematicaconstante.blogspot.com

    ResponderExcluir

Não deixe de observar também!

Sempre vou responder ao seu comentário por aqui; mas, se você deixar o seu link, farei questão de ir observar na sua morada! ;)