quarta-feira, 16 de janeiro de 2013

[Resenha] As Esganadas, de Jô Soares

No aniversário do Jô Soares, que tal uma resenha?!
Capa
"Caronte é alto, muito alto. Vestido de negro, com cabelos longos e ralos, ele parece ainda mais emaciado. De uma palidez cadavérica, sua pele fenecida confunde-se com a dos defuntos que costuma transportar. Lavara e vestira seu primeiro cadáver aos treze anos. (...) Caronte odiava a mãe. Destilava por ela um ódio fidagal desde a sua festa de aniversário de dez anos, quando, em vez do bolo, ela pôs na sua frente um prato com meio mamão enfeitado com velas. O menino famélico soprou e odiou. Ao contrário dele, Odília era gorda. Muito gorda. Imensa".

Um psicopata. É assim que somos chamados a mergulhar nesta história: com a apresentação deste psicopata. Ambientada no final dos anos 30 (mais precisamente, no ano de 1938), As Esganadas é um livro que dividiu minha opinião. A narrativa apresenta a história de Caronte, o assassino descrito no trecho acima, herdeiro da melhor funerária da então capital do Brasil, Rio de Janeiro, que atrai suas vítimas pelo estômago, e a tentativa da polícia de descobri-lo e capturá-lo.

Pensando pelo âmbito linguístico, a cada livro Jô Soares surpreende e delicia seus leitores! Os vocabulários são empregados como na década de 30. Encontramos frases e expressões em latim, alemão, espanhol, italiano, francês... Além disso temos a ortografia da época nos comerciais de Rodolpho d'Alencastro, locutor da rádio Tupi, que informa os brasileiros de todos os acontecimentos. Outro quesito em que o autor é imbatível relaciona-se com a capacidade que Jô Soares tem de inserir em seus enredos elementos históricos: o ambiente do Brasil do Estado Novo, de Getúlio Vargas, as relações entre a polícia e Filinto Müller, a eminência da Segunda Guerra Mundial, as corridas automobilísticas e hípicas, a Copa do Mundo... Todos estes fatos são tão intrínsecos à história que, por um momento, chegamos a pensar que o Caso das Esganadas é real.

Por outro lado - lado que dividiu a minha opinião - o final me deixou com aquela sensação de "não acredito que terminou assim". Desde o começo, Jô Soares cria tipos. Os personagens são exageradamente pitorescos: o policial medroso, o investigador sabichão, o assassino psicopata... E o desfecho da narrativa segue a mesma linha. Entretanto, o que mais me trouxe o sentimento de frustração deve-se ao fato de que a leitura, que havia sido empolgante até a metade da obra, foi tornando-se previsível. Antes mesmo que o narrador anunciasse quem seria a próxima a vítima de Caronte, eu intuía a próxima morte. Confesso que isso me decepcionou e muito, pois a previsibilidade deve ser, em minha opinião, oposta aos romances policiais.

De qualquer forma, As Esganadas tem uma leitura que flui rapidamente e que serve como uma boa forma de entretenimento para os dias chuvosos. Não é o melhor livro de Jô Soares, mas pode ser uma boa companhia.


Livro: As Esganadas
Autor: Jô Soares
Gênero: Romance
Páginas: 269
Editora: Companhia das Letras



15 comentários:

  1. Poxa eu estou com vontade de ler esse livro, mas sempre tem algum outro que passa na frente entre os que estão na minha listinha. O fato de ser previsível as vezes faz perder o encantamento né? Ótima indicação!
    Beijos.

    Esfriou o Café!
    Facebook!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Então, essa é uma leitura que passa em um instante! :)

      Beijos!

      Excluir
  2. Fiquei interessada por esse livro, parece ser bom =]

    help-adolecentro.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. É bom sim, Suzana!
      Faça a leitura, porque vale a pena! :D

      :*

      Excluir
  3. Morro de vontade de ler um livro dele, nunca li nenhum..
    A resenha ficou ótima, você expressa a sua opinião muito bem!
    Beijos!

    Am
    http://www.vinteepoucos.com.br/

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oi Am!
      Se você nunca leu, é melhor começar por O Xangô de Baker Street. Definitivamente, é o melhor dele! :)

      E obrigada pelos elogios!
      Você é sempre uma fofa!

      :*

      Excluir
  4. OI GOSTEI MUITO DO BLOG E JÁ ESTOU TE SEGUINDO
    ME SEGUE TAMBÉM?
    BEIJOS

    http://cheiademanias20.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  5. Fiquei super interessada na leitura. :)
    beijos

    Marina Alessandra do blog Maior de Idade
    @mariinaale

    ResponderExcluir
  6. Curti muito o blog e ja estou seguindo, quanto ao livro ainda não tinha visto ;/
    Qualquer coisa, passa la:

    http://pretouprata.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Que bom que você gostou do blog. Quanto ao livro, leia! É bom! :D

      Um beijo!

      Excluir
  7. Todo mundo fala isso do fim do livro, bizarro rsrsrs Jo era para ser menos previsível!

    Amei seu Lay, obrigada pela visita =D

    Beijos saltitantes
    Bom restinho de semana

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Pois é, Morena! Eu tbm penso assim! :D

      O Lay é lindo, né?! :D
      Minha amiga, Renata Ventura, que fez! :)

      beijos pra você tbm!

      Excluir
  8. Amo humor negro, é a minha cara. Nunca li nada do Jô, mas esse parece um bom começo rs.. acho que vou começar pelo nook: http://portugues.free-ebooks.net/ebook/As-Esganadas

    se vale a pena, então vou para o papel!

    ResponderExcluir

Não deixe de observar também!

Sempre vou responder ao seu comentário por aqui; mas, se você deixar o seu link, farei questão de ir observar na sua morada! ;)

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...