[Resenha] As Esganadas, de Jô Soares

No aniversário do Jô Soares, que tal uma resenha?!

Capa
"Caronte é alto, muito alto. Vestido de negro, com cabelos longos e ralos, ele parece ainda mais emaciado. De uma palidez cadavérica, sua pele fenecida confunde-se com a dos defuntos que costuma transportar. Lavara e vestira seu primeiro cadáver aos treze anos. (...) Caronte odiava a mãe. Destilava por ela um ódio fidagal desde a sua festa de aniversário de dez anos, quando, em vez do bolo, ela pôs na sua frente um prato com meio mamão enfeitado com velas. O menino famélico soprou e odiou. Ao contrário dele, Odília era gorda. Muito gorda. Imensa".

Um psicopata. É assim que somos chamados a mergulhar nesta história: com a apresentação deste psicopata. Ambientada no final dos anos 30 (mais precisamente, no ano de 1938), As Esganadas é um livro que dividiu minha opinião. A narrativa apresenta a história de Caronte, o assassino descrito no trecho acima, herdeiro da melhor funerária da então capital do Brasil, Rio de Janeiro, que atrai suas vítimas pelo estômago, e a tentativa da polícia de descobri-lo e capturá-lo.

Pensando pelo âmbito linguístico, a cada livro Jô Soares surpreende e delicia seus leitores! Os vocabulários são empregados como na década de 30. Encontramos frases e expressões em latim, alemão, espanhol, italiano, francês... Além disso temos a ortografia da época nos comerciais de Rodolpho d'Alencastro, locutor da rádio Tupi, que informa os brasileiros de todos os acontecimentos. Outro quesito em que o autor é imbatível relaciona-se com a capacidade que Jô Soares tem de inserir em seus enredos elementos históricos: o ambiente do Brasil do Estado Novo, de Getúlio Vargas, as relações entre a polícia e Filinto Müller, a eminência da Segunda Guerra Mundial, as corridas automobilísticas e hípicas, a Copa do Mundo... Todos estes fatos são tão intrínsecos à história que, por um momento, chegamos a pensar que o Caso das Esganadas é real.

Por outro lado - lado que dividiu a minha opinião - o final me deixou com aquela sensação de "não acredito que terminou assim". Desde o começo, Jô Soares cria tipos. Os personagens são exageradamente pitorescos: o policial medroso, o investigador sabichão, o assassino psicopata... E o desfecho da narrativa segue a mesma linha. Entretanto, o que mais me trouxe o sentimento de frustração deve-se ao fato de que a leitura, que havia sido empolgante até a metade da obra, foi tornando-se previsível. Antes mesmo que o narrador anunciasse quem seria a próxima a vítima de Caronte, eu intuía a próxima morte. Confesso que isso me decepcionou e muito, pois a previsibilidade deve ser, em minha opinião, oposta aos romances policiais.

De qualquer forma, As Esganadas tem uma leitura que flui rapidamente e que serve como uma boa forma de entretenimento para os dias chuvosos. Não é o melhor livro de Jô Soares, mas pode ser uma boa companhia.


Livro: As Esganadas
Autor: Jô Soares
Gênero: Romance
Páginas: 269
Editora: Companhia das Letras



You May Also Like

15 comentários

  1. Poxa eu estou com vontade de ler esse livro, mas sempre tem algum outro que passa na frente entre os que estão na minha listinha. O fato de ser previsível as vezes faz perder o encantamento né? Ótima indicação!
    Beijos.

    Esfriou o Café!
    Facebook!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Então, essa é uma leitura que passa em um instante! :)

      Beijos!

      Excluir
  2. Fiquei interessada por esse livro, parece ser bom =]

    help-adolecentro.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. É bom sim, Suzana!
      Faça a leitura, porque vale a pena! :D

      :*

      Excluir
  3. Morro de vontade de ler um livro dele, nunca li nenhum..
    A resenha ficou ótima, você expressa a sua opinião muito bem!
    Beijos!

    Am
    http://www.vinteepoucos.com.br/

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oi Am!
      Se você nunca leu, é melhor começar por O Xangô de Baker Street. Definitivamente, é o melhor dele! :)

      E obrigada pelos elogios!
      Você é sempre uma fofa!

      :*

      Excluir
  4. OI GOSTEI MUITO DO BLOG E JÁ ESTOU TE SEGUINDO
    ME SEGUE TAMBÉM?
    BEIJOS

    http://cheiademanias20.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  5. Fiquei super interessada na leitura. :)
    beijos

    Marina Alessandra do blog Maior de Idade
    @mariinaale

    ResponderExcluir
  6. Curti muito o blog e ja estou seguindo, quanto ao livro ainda não tinha visto ;/
    Qualquer coisa, passa la:

    http://pretouprata.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Que bom que você gostou do blog. Quanto ao livro, leia! É bom! :D

      Um beijo!

      Excluir
  7. Todo mundo fala isso do fim do livro, bizarro rsrsrs Jo era para ser menos previsível!

    Amei seu Lay, obrigada pela visita =D

    Beijos saltitantes
    Bom restinho de semana

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Pois é, Morena! Eu tbm penso assim! :D

      O Lay é lindo, né?! :D
      Minha amiga, Renata Ventura, que fez! :)

      beijos pra você tbm!

      Excluir
  8. Amo humor negro, é a minha cara. Nunca li nada do Jô, mas esse parece um bom começo rs.. acho que vou começar pelo nook: http://portugues.free-ebooks.net/ebook/As-Esganadas

    se vale a pena, então vou para o papel!

    ResponderExcluir

Não deixe de observar também!

Sempre vou responder ao seu comentário por aqui; mas, se você deixar o seu link, farei questão de ir observar na sua morada! ;)