Qualidade de vida é o que me faz feliz

Acorde e viva!
Lendo o livro da Bruna Vieira, uma frase me chamou a atenção: "É mesmo impossível escolher o que me fará feliz. Mas é possível afastar o que me faz triste". Isso veio de encontro ao que venho buscado ultimamente: qualidade de vida.

Para alguns, esta tal qualidade é ter um carro confortável para ir trabalhar. Para outros, é poder viajar; para outros, comprar, comprar, comprar. No meu caso qualidade de vida é justamente o que a Bruna definiu como "afastar o que me faz triste". Meu trabalho me fazia triste. A cada momento que entrava na sala da minha chefe, saía com dor de cabeça. Quando surgiu a oportunidade de mudar de emprego, não pestanejei - mesmo sendo mais longe e ganhando menos. Sabia que estava seguindo o meu grande sonho, trabalhar com aquilo que sonhei por toda a minha vida. Não me arrependo.

Agora, estou em uma fase de resgate: voltei a caminhar - isso me ajuda a organizar os pensamentos. Comprei um caderno, em que este e outros textos ganharão vida. Organizei meus blogs. Voltei a fotografar... Qualidade de vida é estar feliz em meus momentos de introspecção e de coletividade. Pensar no que me faz triste e mandar tudo isso pras cucuias é uma forma de recomeçar, de me renovar, de me sentir bem e, o que é melhor, de irradiar o melhor de mim para quem me cerca! 

You May Also Like

10 comentários

  1. parabéns pelo texto e pela iniciativa. Isso é realmente o que faz a vida da gente melhorar.

    beijos

    ResponderExcluir
  2. Fê, eu tmb estou buscando isso para minha vida.
    E mesmo que aquele "assunto" não dê em nada, pelo menos já me ajudou em alguma coisa!

    ResponderExcluir
  3. Depois dessa frase até fiquei com vontade de ler o livro da Bru, que bom que você está melhorando, sucesso!!
    Feliz natal <3
    Beijos,
    Entenda de Moda
    www.entendademoda.com.br

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. O livro da Bruna é lindo!
      Super recomendo! :)

      Feliz Natal pra você também!
      Um beijo! :*

      Excluir
  4. Po, sabe que estou na mesma vibe? Resgatando as coisas boas que passaram e não agarrei! As pequenas coisas, ainda mais. Colocar uma flor em um vaso na minha sala me faz me sentir bem, e nunca tinha feito isso!
    Caminhe, abigã. Um passo atrás do outro...

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Nha! Isso é o que há de melhor: as pequenas coisas! :D
      Tenho certeza que são elas que farão nosso 2013 incríveis! :D
      Um passo atrás do outro, rumo a um futuro unbelieveble! :D
      um beijo, abigã!

      Excluir
  5. Eu também preciso de duas coisas imediatas pra ser feliz e me sentir completa: arranjar um emprego bom e emagrecer. O resto, só o tempo para me ajudar a conquista-los, são a longo prazo, como ter minha casa própria. Enfim, o que importa mesmo é o que nos faz feliz, mesmo não sendo o ideal, como um emprego legal em que a gente ganhe menos. Paz de espírito dinheiro nenhum paga, né? ;)


    Beijos

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oi Claudinha!
      O importante é não perder os sonhos de vista, sejam eles grandes ou pequenos, a médio ou longo prazo!
      Espero que dê certo - tanto pra você, quanto pra mim!
      E sim, dinheiro nenhum paga a tranquilidade e a paz de espírito!

      Um beijo! :*

      Excluir

Olá!

♥ É muito bom poder ouvir o que você pensa sobre este post. Por favor, se possível, deixe o link do seu site/blog. Ficarei feliz por poder retribuir a sua visita.

♥ Quer saber mais sobre o blog? Então, inscreva-se para receber a newsletter: bit.ly/newsletteralgumasobservacoes

♥ Volte sempre! ;)