Eu, aí...


Estava ali pensando nos sonhos que construímos juntos, nas brincadeiras e nos sorrisos, quando me dei conta da dor que a sua ausência me traz. Ah! Aquela pontada no meu peito estava ali intermitentemente me lembrando do quanto você está longe, do quanto queria você aqui... Este vazio, no entanto, só me faz querer lutar por nós dois, por nossos sonhos, por tudo o que está por vir. Esforço-me para que o meu pensamento chegue até você, para que a minha alma se faça presente aí, no seu coração. Então sorrio, resignada na esperança que tudo vai dar certo.

Share:

0 comentários

Não deixe de observar também!

Sempre vou responder ao seu comentário por aqui; mas, se você deixar o seu link, farei questão de ir observar na sua morada! ;)