sábado, 24 de abril de 2021

O tricô e eu



Hey, everyone! :)
Espero que todo mundo esteja bem por aí. Quem me acompanha no Instagram ou no Twitter já sabe que, no começo do mês, eu terminei o primeiro casaco de tricô que fiz na vida. Depois dele ainda fiz um gorrinho e um par de polainas.

Sobre tricotar



Desde que eu me entendo por gente, eu sempre gostei de tecer: ideias viram textos; caminhos, amizades; fios, algo significativo. Foi na infância que eu aprendi a fazer os dois pontos básicos: o tricô e o meia. Fiz diversos cachecóis e deixei esse conhecimento perdido em algum lugar do passado... Optei por me dedicar a outras coisas, até porque não tinha mais ninguém para me ensinar a continuar.




Aprendi muito ao longo dessa jornada. Talvez a principal lição é que a vida é feita de ciclos — aquele clichê que todo mundo sabe, mas que demora a compreender. Veio 2020, pandemia, quarentena, desgosto, perdas, mudanças atrás de mudanças. Onde eu estava mesmo? Dividida entre a eterna busca pela minha essência e a sede de aprender algo novo. Vendo os vídeos da Kika Kutova, fiquei pensando: por que não aprender a tricotar algo que não fosse um cachecol? Mais de 15 anos depois, achei uma videoaula no YouTube, comprei o material e resolvi me arriscar.

Para quem quiser, a videoaula foi essa. :)


No meio do processo ouvi muita coisa: gente que sempre quis aprender e nunca tentou. Gente que tentou e achou chato. Gente que não tentou e tem vontade. Gente que nunca tinha pensado em tricotar e e ficou com vontade de aprender. Acredito que o principal ponto disso tudo — quer seja com tricô, quer seja com qualquer outro trabalho — é não desistir só porque parece difícil. Tricô é treino, e como qualquer treino, precisa de algumas horas de dedicação. 




Sobre este casaco

Eu sou uma pessoa que, normalmente sente muito frio. Como não bate muito sol na minha casa no inverno — e eu continuo trabalhando de casa, porque ainda não tomei a vacina —, fiquei empolgadíssima para ter uma peça que fosse confortável, quentinha e que me permitisse trabalhar com ela sem ter que ficar pensando em ter que trocar de roupa para uma reunião, por exemplo. 



Apesar de eu não ter muitas roupas cor de rosa, amei a combinação dessa cor com o cinza e o azul/verde tiffany. Deu um tom jovial à peça, ao mesmo tempo em que ela ficou sofisticada. Nas fotos deste post, usei o casaco com um vestido, mas seria possível com uma calça jeans e uma camiseta. Aliás, essa é uma vantagem desta receita: para quem sente muito frio como eu, esse casaco esquenta sem ter que ficar colocando muitas camadas de roupa por baixo. Sucesso total.

Você pode comprar o meu livro na loja do blog.


Eu segui a receita que a Marie passou no vídeo acima, mas precisei de um quarto novelo para cada cor (bem pouco, mas precisei). Amei que ele ficou — para mim — bem oversized, com as mangas bem largas/grandes, do jeito que eu amo no tricô e nos moletons.

Sobre a receita, deixo uma lição para quem quiser se aventurar no tricô (acho que também vale para o crochê): nunca comprar exatamente a quantidade de novelos da receita. Tive que pedir os 3 novelos extras e esperar que eles chegassem (foi naquela semana em que tudo o que não era essencial estava fechado aqui em São Paulo — o que fez a entrega demorar um pouco).



Tricotei tudo em um fim de semana (sexta à noite, sábado e domingo). Esperei os 3 novelos chegarem e terminei a manga que faltava. Deixei para juntar as partes em um outro dia, mas foi relativamente rápido. Como esse é um projeto feito com uma agulha de 18 mm (a mais grossa que vi até agora), é muito prático de ser feito. O mais importante: me diverti demais ao longo do processo! Yay! 💃


_____________________________________________________________

8 comentários:

  1. Oi, Fernanda. Como vai? As fotos ficaram lindas, parabéns! Que bom que o processo ftenha sido divertido e prazeroso para você. É isso o que importa. Eu adorei. Um abraço!

    https://lucianootacianopensamentosolto.blogspot.com/

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Obrigada, Luciano! :)

      Tricotar tem sudo um lazer e tanto! :)

      Um beijo :*

      Excluir
  2. Fê, eu achei ele muito lindo!!! Parabéns!!

    http://www.thatsthewayilikeit.blogspot.com

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Obrigada, Boo!
      Já estou pronta pra gente voltar pra Buenos Aires no frio! heheheh

      Beijo :*

      Excluir
  3. Fê, eu vi o seu post no Insta e achei lindo e com cara de mega confortável e quentinho esse casaco. ♥ Às vezes, a gente deixa para lá coisas que fazem a diferença, né? Mas o bom que elas voltam na hora certa, sabe? Quando eu era mais novinha, me aventurava mais nesses trabalhos manuais, hoje em dia... Nem tanto! Mas deu vontade. :) Adorei o post e a mensagem dele. E o resultado ficou lindo! Aproveita muito o seu casaco!

    Beijos, Carol
    www.pequenajornalista.com

    ResponderExcluir
  4. Que casaco incrível. Parabéns pelo casaco!

    Boa semana!

    Jovem Jornalista
    Instagram

    Até mais, Emerson Garcia

    ResponderExcluir

Olá!

♥ Quer comentar, mas não tem uma conta no Google? Basta alterar para a melhor opção no menu "Comentar como:". Se você não tiver uma conta para vincular, escolha a opção Nome/URL e deixe a URL em branco, comentando somente com seu nome.

♥ É muito bom poder ouvir o que você pensa sobre este post. Por favor, se possível, deixe o link do seu site/blog. Ficarei feliz por poder retribuir a sua visita.

♥ Quer saber mais sobre o Algumas Observações? Então, inscreva-se para receber a newsletter: bit.ly/newsletteralgumasobservacoes

♥ Volte sempre! ;)

Algumas Observações | Ano 14 | Textos por Fernanda Rodrigues. Tecnologia do Blogger.