De braços abertos ao vento

by - 11:02 PM

Imagem por Arcaicon.

Aquele não era o primeiro — talvez nem fosse o último — fora que eu levara. A rotina estava legal, a conversa estava bacana, a pegação, prazerosa; mas, mesmo assim, ele acabou. Sem motivos aparentes a nossa relação se findava. Ao menos ele foi honesto — coisa rara ultimamente. Fatalidades da vida.

Saí para respirar um pouco e dissolver a tristeza. Sentia que, de alguma maneira, precisava organizar as ideias. Quando dei por mim, estava em frente ao mar. Tirei os sapatos e senti a areia entre os dedos. Ela era tão morna quanto a minha vida.

Fechei os olhos e inalei o cheiro do mar. Queria que a maresia entrasse pelas narinas, percorresse o meu corpo e renovasse o meu espírito. Desejava me despir de tudo o que é ruim.

Avancei onda após onda, duelando com a força vinda do oceano. Assim, de braços abertos ao vento, carregada pela imensidão azul, deixe-me ir.

O tema do mês de janeiro é "De braços abertos ao vento".

_____________________________________________________________

You May Also Like

38 comentários

  1. "Assim, de braços abertos ao vento, carregada pela imensidão azul, deixe-me ir."
    Nossa, isso me tocou profundamente e me senti o tempo toda conectada com o texto. Me identifiquei MUITO com ele, desde a primeira linha. Lindo! Maravilhoso! Amei. Parabéns, Fê <3
    Beijo grande,
    Café, Vodka e Literatura

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oi, Ju!
      Muito obrigada pelas palavras tão carinhosas em relação aos meus textos, principalmente em relação a este, em específico.
      Espero que você tenha ainda muitas leituras agradáveis por aqui. :)

      Beijos

      Excluir
  2. Oi, Fernanda. Acredito que esse vai e vem da nossa vida, como o mar que nos leva pra lá e cá, nos ajuda a encontrar quando devemos ser brisa e tempestade. E tudo sempre de acordo com a nossa verdade. É difícil entender o não. Por coincidência, escrevi sobre o "não" hoje! Olha que sintonia! Que esse seja um momento de fortalecimento e crescimento!

    beijos!

    https://ludantasmusica.blogspot.com.br

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oi, Lu!
      O aceitar o não é mais difícil que compreendê-lo. Compreender é racional. Aceitar é abrir o coração para que as feridas se curem à céu aberto. Passar pelos dois processos é algo que leva tempo e que vale à pena.
      Fiquei pasma com a sintonia dos nossos textos. Adoro quando acontece esse tipo de conexão. Que o fortalecimento para algo maior venha para nós!

      Beijos :*

      Excluir
  3. Nossa, essa é uma das coisas que mais amo de morar perto do mar, quando tô meio jururu, é só ir lá e se deixar hipnotizar pela imensidão azul. E quando a gente tá bem é gostoso ir lá e sentar, se sentir grato, se sentir parte desse mundo lindo, haha <3 Adorei seu texto, muito bacana esse projeto!


    Beijos
    Brilho de Aluguel

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. O mar é sempre uma morada! ♥

      E o projeto é incrível mesmo *_* Morro de orgulho!

      Beijos

      Excluir
  4. Que texto incrível. Como é bom sentir o vento, o mar e a natureza.
    Bjus!

    galerafashion.com

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oi, Adriana!
      Concordo com essa sensação maravilhosa de sentir a natureza.

      Fico feliz que você tenha gostado do texto!

      Beijos

      Excluir
  5. Bonito texto! Deixei-me levar porque o mar tem muita importância para mim também.
    Muito obrigada pelo comentário! :)
    Beijo**

    Automatic Destiny

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oi, Rosana!
      Que bom que o texto lhe causou boas emoções.

      Beijos :)

      Excluir
  6. Oie,

    ''Fechei os olhos e inalei o cheiro do mar. Queria que a maresia entrasse pelas narinas, percorresse o meu corpo e renovasse o meu espírito. Desejava me despir de tudo o que é ruim.'' amei esse trecho, me imaginei na cena e sentindo o que pessoa estava sentindo naquele momento.
    Lindo texto.
    Bjs
    http://diarioelivros.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oi, Jessica!
      Achei tão bonito você dizer que se colocou no lugar da narradora! Obrigada por se entregar assim ao meu texto ♥
      Beijos

      Excluir
  7. Olá, Fê.
    O texto ficou ótimo. Nem parece ter sido escrito por causa do tema. A frase no final ficou perfeita. Eu prefiro levar um fora do que s=ficar sendo traída hehe.

    Prefácio

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oi, Sil!

      Eu acho interessante como esses desafios de escrita criativa pegam a gente de jeito. No fim, a gente se surpreende com o resultado :)

      E somos duas quanto ao fim do relacionamento. Honestidade, sempre!

      Beijos

      Excluir
  8. Que texto, Fê! Muito bacana esse projeto. <3

    Beijos, quebrarosilencio.blogspot.com ❥

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oi, Amanda!
      Que bom que você gostou.

      O projeto é lindão mesmo ♥

      Beijos

      Excluir
  9. Que texto leve e lindo... Me senti nesse mar, mesmo sem a vida morna, mas com a mesma vontade de sentir a maresia entrar nas minhas narinas e entranhas... Ameeei! Beijokas ;)

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oi, Natz!
      Obrigada por compartilhar as suas impressões de leitura :D

      Beijos

      Excluir
  10. Texto incrível, arrancou um sorriso meu, to pasmo e sorrindo. Obrigado!

    Beijos,

    {Blog Pensamentos Irreais}  {Twitter}   {Fan Page}


    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oi, Jean!
      Obrigada pelo carinho com o meu texto. É uma honra pra mim saber que fiz alguém sorrir! :D

      Beijos :*

      Excluir
  11. Que saudade do mar e da sensação de liberdade..

    http://www.vivendosentimentos.com.br

    ResponderExcluir
  12. Respostas
    1. Oi, Bruna!
      Que bacana, eu fico muito feliz por você ter gostado ♥
      Beijos

      Excluir
  13. Fê, que texto maravilhoso! Eu sempre imaginei que essa deve ser uma das grandes vantagens de morar perto da praia: sempre que precisar, deixar o vento e o mar limparem a tua alma <3
    Um beijão,
    Gabs | likegabs.blogspot.com ❥

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Eu penso como você também. Talvez seja por isso que sinta saudade do mar ♥

      Beijos

      Excluir
  14. Que textinho triste :(

    http://heyimwiththeband.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  15. Olá! Tudo bem?
    Muito bonito o texto, tão leve mas ao mesmo tempo triste e delicado.
    Obrigada por comentar lá no meu blog.
    Volte sempre.

    Bjs,
    Thamiris Nunes ~ miiistoquente

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oi, Thamiris,
      Obrigada pelas palavras.
      Foi um prazer visitar o seu blog.

      Beijos :*

      Excluir
  16. Gostei muito do texto, também participo do Projeto e estou conseguindo me inspirar bastante.
    Abraços

    ResponderExcluir
  17. Oi Fer! É um texto libertador e ao mesmo tempo trágico. Cada frase fez com que eu me sentisse ali junto com a personagem, sentindo o mar aos meus pés, o cheirinho da água salgada e o vento aos sons da praia. Acho que a água tem mesmo essa capacidade de renovar o nosso espírito, de levar-nos além. Mas senti vontade de entrar no texto com um barquinho e resgatá-la... quem sabe a personagem do meu texto se encontre com ela e a resgate, assim as duas podem remar juntas para um lugar melhor <3

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Eu espero que as nossas personagens se encontrem como a gente se encontrou. Será um momento feliz ♥

      Beijos, miga!

      Excluir

Olá!

♥ É muito bom poder ouvir o que você pensa sobre este post. Por favor, se possível, deixe o link do seu site/blog. Ficarei feliz por poder retribuir a sua visita.

♥ Quer saber mais sobre o blog? Então, inscreva-se para receber a newsletter: bit.ly/newsletteralgumasobservacoes

♥ Volte sempre! ;)