TAG — Livros não lidos

by - 11:01 PM

O que você não anda lendo?

Oi, pessoal!
Faz tempo que eu não respondo a alguma TAG/Meme aqui no blog, mas quando vi essa de livros não lidos lá no Diário dos Livros, não resisti! hehehe 
O fato é que a minha lista de livros sempre aumenta e eu não dou conta de ler tudo na velocidade em que gostaria, mas vício é vício e, neste caso, a gente alimenta com felicidade, não é mesmo?

Vamos lá:

Livro não lido mais antigo da estante

Saramago — Biografia, de João Marques Lopes (Editora Leya)
Motivos: Estudei o Saramago na universidade. Ele é um dos autores mais importantes da Literatura Portuguesa. O livro estava numa mega promoção (paguei 5 ou 10 reais). Não li por preguiça mesmo.
Sinopse: esta é a primeira biografia de um dos escritores mais importantes da história da literatura. Nela podemos acompanhar a vida de José Saramago, desde o seu nascimento na aldeia portuguesa da Azinhaga, Golegã, até a sua mudança para a ilha de Lanzarote, Espanha. E descobrimos toda a sua obra, desde as crônicas de "A Capital" e do "Jornal do Fundão", até seu livro "Caim". Saramago passou a se dedicar definitivamente à escrita ficcional aos 53 anos e, em 1980, lança "Levantado do Chão". Com esse romance, surge o que viria a ser conhecido como o "estilo saramaguiano": o narrador "oraliza" a escrita como se estivesse de viva voz, como numa roda de amigos, e desrespeita ostensivamente as regras sintáticas e a pontuação. Mas é o romance "Memorial do Convento", de 1982, que o consagra definitivamente. Em outubro de 1998, Saramago ganhou o Prêmio Nobel de Literatura, tornando-se o primeiro e único escritor de língua portuguesa a obter tal distinção. Mais de uma década depois, Saramago continuou a escrever e a gerar polêmica até sua morte, em 2010.

Livro que você comprou por impulso

Fangirl, de Rainbow Rowell (Editora Novo Século)
Motivos: tanto esse quanto o Eleanor & Park foram comprados há umas 2 Bienais atrás. Nenhum dos dois foram lidos. É aquilo: todo mundo lê, todo mundo comenta, o estande da editora está lindo e você quer todos aqueles brindes fofos. Acabei comprando e a vontade se foi de ler.
Sinopse: Cath é fã da série de livros Simon Snow . Ok. Todo mundo é fã de Simon Snow, mas para Cath, ser fã é sua vida – e ela é realmente boa nisso. Vive lendo e relendo a série; está sempre antenada aos fóruns; escreve um fanfic de sucesso; e até se veste igual aos personagens na estreia de cada filme. Diferente de sua irmã gêmea, Wren, que ao crescer deixou o fandom de lado, Cath simplesmente não consegue se desapegar. Ela não quer isso. Em sua fanfiction, um verdadeiro refúgio, Cath sempre sabe exatamente o que dizer, e pode escrever um romance muito mais intenso do que qualquer coisa que já experimentou na vida real. Mas agora que as duas estão indo para a faculdade, e Wren diz que não a quer como companheira de quarto, Cath se vê sozinha e completamente fora de sua zona de conforto. Uma nova realidade pode parecer assustadora para uma garota demasiadamente tímida. Mas ela terá de decidir se finalmente está preparada para abrir seu coração para novas pessoas e novas experiências. Será que Cath está pronta para começar a viver sua própria vida? Escrever suas próprias histórias?

Livro que você ganhou e que não estava na sua lista de desejados

Diga aos lobos que estou em casa, de Carol Rifka Brunt (Editora Novo Conceito)
Motivos: ganhei este livro quando tinha o blog literário. Achei a sinopse triste e pensei um "quando eu estiver preparada para ele, eu leio.
Sinopse: 1987. Só existe uma pessoa no mundo inteiro que compreende June Elbus, de 14 anos. Essa pessoa é o seu tio, o renomado pintor Finn Weiss. Tímida na escola, vivendo uma relação distante com a irmã mais velha, June só se sente “;ela mesma”; na companhia de Finn; ele é seu padrinho, seu confi dente e seu melhor amigo. Quando o tio morre precocemente de uma doença sobre a qual a mãe de June prefere não falar, o mundo da garota desaba. Porém, a morte de Finn traz uma surpresa para a vida de June – alguém que a ajudará a curar a sua dor e a reavaliar o que ela pensa saber sobre Finn, sobre sua família e sobre si mesma. No funeral, June observa um homem desconhecido que não tem coragem de se juntar aos familiares de Finn. Dias depois, ela recebe um pacote pelo correio. Dentro dele há um lindo bule que pertenceu a seu tio e um bilhete de Toby, o homem que apareceu no funeral, pedindo uma oportunidade para encontrá-la. À medida que os dois se aproximam, June descobre que não é a única que tem saudades de Finn. Se ela conseguir confiar realmente no inesperado novo amigo, ele poderá se tornar a pessoa mais importante do mundo para June. Diga aos lobos que estou em casa é uma história sensível que fala de amadurecimento, perda do amor e reencontro, um retrato inesquecível sobre a maneira como a compaixão pode nos reconstruir.

Livro que você se arrependeu de ter comprado

Eleanor & Park, de Rainbow Rowell (Editora Novo Século)
Motivos: os mesmos de Fangirl.
Sinopse: Eleanor & Park é engraçado, triste, sarcástico, sincero e, acima de tudo, geek. Os personagens que dão título ao livro são dois jovens vizinhos de dezesseis anos. Park, descendente de coreanos e apaixonado por música e quadrinhos, não chega exatamente a ser popular, mas consegue não ser incomodado pelos colegas de escola. Eleanor, ruiva, sempre vestida com roupas estranhas e "grande" (ela pensa em si própria como gorda), é a filha mais velha de uma problemática família. Os dois se encontram no ônibus escolar todos os dias. Apesar de uma certa relutância no início, começam a conversar, enquanto dividem os quadrinhos de X-Men e Watchmen. E nem a tiração de sarro dos amigos e a desaprovação da família impede que Eleanor e Park se apaixonem, ao som de The Cure e Smiths. Esta é uma história sobre o primeiro amor, sobre como ele é invariavelmente intenso e quase sempre fadado a quebrar corações. Um amor que faz você se sentir desesperado e esperançoso ao mesmo tempo.

Livro que você queria muito ler quando adquiriu e perdeu a vontade depois

Diário de Classe — A verdade, de Isadora Faber (Editora Gutenberg)
Motivos: sou professora e livros sobre educação sempre me interessam. Não sei bem por qual razão perdi a vontade de ler este.
Sinopse: Aos 13 anos, Isadora Faber, uma estudante de escola pública de Florianópolis (SC), indignada com os problemas de ensino e infraestrutura de seu colégio resolveu criar uma página no Facebook, o Diário de Classe, para denunciá-los. Chamou a atenção da imprensa nacional e internacional, mobilizou milhares de seguidores e conseguiu as mudanças que reivindicou. Sua jornada, no entanto, foi árdua: sofreu críticas, ameaças, represálias, agressões e processos. Porém, não desistiu, e hoje tem mais de 625 mil seguidores, inspirou a criação de mais de cem Diários de Classe, já participou de inúmeras palestras e eventos, ganhou prêmios e fundou a ONG Isadora Faber, com a qual continua seu trabalho por uma educação pública de qualidade no Brasil. Mais que um relato de coragem e do poder do webativismo, este livro é um retrato perturbador da situação da educação e dos serviços públicos brasileiros, que grita por cidadania e por transformações urgentes.

Livro que você tem vergonha de ainda não ter lido

Vidas Provisórias, de Edney Silvestre (Editora Intrínseca)
Motivos: este eu ainda não li porque não tive tempo de fazer uma leitura verdadeiramente dedicada. De todos da minha lista de não-lidos, este é o que eu mais paquero. Acho o Edney uma pessoa genial ao se expressar e estou muito curiosa por este romance.
Sinopse: Expatriados, separados no tempo e na geografia, Paulo e Barbara compartilham, além da experiência do exílio, o estranhamento pela perda de suas identidades, o isolamento e a sensação de interrupção do curso normal de suas vidas. Diferentes motivos os levam ao estrangeiro. Em 1970, Paulo, perseguido pela ditadura militar, é preso, torturado e abandonado sem documentação na fronteira, de onde segue para o Chile e depois para a Suécia. Barbara, com uma identidade falsa, deixa o país para trás em 1991 — durante o governo Collor —, fugindo de um rastro de violência, e se instala nos Estados Unidos como imigrante ilegal. Na Suécia, Paulo se apaixona por Anna, militante da Anistia Internacional, com quem forma uma família. Mas é perseguido pelas lembranças dos sofrimentos que viveu e por uma sombra em seu passado. Nos Estados Unidos, Barbara, ainda adolescente, sobrevive de faxinas e serviços de manicure, abandonando seus sonhos de entrar para a universidade e conhecer o mundo. Sem falar inglês, sob o medo constante de ser desmascarada, ela convive com uma rede de prostitutas brasileiras e esconde uma paixão impossível. Satisfaz-se em ser mais um rosto anônimo e estrangeiro na multidão, sem se integrar ao país que escolheu habitar. Em seu terceiro romance, Edney Silvestre cria um vigoroso retrato das transformações que ocorreram no país e no mundo nos últimos quarenta anos, com uma trama que viaja pelo Chile, Suécia, Estados Unidos, França e Iraque. O autor se vale, com sensibilidade, de sua experiência de onze anos como correspondente baseado em Nova York para revelar o universo dos imigrantes e, ao mesmo tempo, recriar de forma contundente um Brasil visto a distância.

Quantidade de livros não lidos na estante

80 livros (rumo aos 100? #desespero).

Boa parte dos meus não lidos.

Acho que é isso!
Algum livro não-lido que você já tenha lido? Me animem para tirar esses títulos todos da minha lista ;) 
Ah, e se você responder a esta tag também, não deixe de me avisar ;)
Beijos e queijos :*

_____________________________________________________________

You May Also Like

43 comentários

  1. Gostei de Eleanor e Park. Mostra o universo Geek e o primeiro amor entre os jovens.

    ResponderExcluir
  2. Se fizesse uma lista, ela seria enorme.
    Quanto a Fangirl nãos sei que não li, mas Eleanor & Park é maravilhoso, de todos que li da autora é o melhor. <3

    MRS. MARGOT

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Todo mundo fala muito bem dele, não sei por que razão perdi a vontade. :(

      Excluir
  3. MEO DEOS FERNANDAAA! Não sei com o que estou mais chocado, se é com a quantidade de livros que você tem, ou com a quantidade de livros não lidos que você tem. SERIA MEU SONHO? AAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAA.
    ♥.

    www.acessopermitido.com ♥

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Tenho muitos livros. Agora falta espaço :(

      Beijos :D

      Excluir
  4. Oie,
    Essa Tag é muito legal rsrs.
    São tantos livros para ler que fica difícil saber por qual começar, alguns acabam ficando para trás infelizmente.
    Bjs
    Quando as Estrelas Caem

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oi, Jessica!
      É legal mesmo. Vou aproveitar as férias para tentar diminuir a pilha.

      Beijos! :*

      Excluir
  5. Sei beeem como é isso! Preciso me desfazer de muitos livros em casa por falta de espaço e percebi que tenho muitos livros não lidos também! É difícil se desfazer deles!

    Beijinhos

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Se desfazer é o mais complicado! uahahaha
      Boa sorte na tarefa. :)

      Beijos

      Excluir
  6. NOSSAAAA, quantos livros não livros, manda pra cá kkk

    http://submersa-em-palavras.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Sabe que eu já pensei em dar alguns para os leitores do blog? Vou anotar essa ideia aqui. Quem sabe em 2018?

      Beijos

      Excluir
  7. Uau, ainda não conhecia esses livros, gostei de vários! ❤

    www.kailagarcia.com

    ResponderExcluir
  8. Que pilha grande.. Não ficou muito atrás, não.
    Acredito que eu devo ter uns 50 não lidos e a lista só aumenta hauhauhau. Eu gostei dessa tag. E fiz o mesmo que vc ao comprar Fangirl. Foi por impulso e eu nem li ainda, perdi a vontade rs

    Beijos

    ResponderExcluir
  9. Amei a TAG Fê, se e fosse responder ia ter vários no Livro que você comprou por impulso hahahaha agora eu não entendi por que arrependeu do Eleanor & Park, de Rainbow Rowell mesmo todo mundo falando deveria ter lido hahaha ahhh vamo trocar ele eu ainda não li mas quero muito tem tempos que tá na minha wishlist! Beijos

    http://www.cherryacessorioseafins.com.br/

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oi, Simone!
      Vou pensar em algum projeto de trocas de livros aqui no blog, porque tenho muitos livros parados. Aí te aviso. ;)

      Beijos :*

      Excluir
  10. Que TAG mais legal! Olha, te dou um conselho: apenas consiga um tempinho para ler Vidas Provisórias. Como vc disse, Edney é genial. O desenrolar da história é incrível e o final desse livro, mano de céu! É surpreendente. Ele está entre os meu favoritos de 2017.

    Super beijos,
    Neila Bahia - Blog Insanos Dezembros ♥

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Agora você me deixou com mais vontade ainda! Ai meu coração! ♥

      Beijos! ♥

      Excluir
  11. Nem me fala em livros não lidos, que todo começo de ano eu faço uma apuração de livros.. e estou com 110 não lidos.. aii que tristeza.. quero ler mais rápido..

    www.vivendosentimentos.com.br

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Alguém que tem mais que eu! Dá até um alívio de saber que eu não estou sozinha! uahahahah (A gente ri de desespero)

      Boa sorte com as leituras.
      :*

      Excluir
  12. Olá, Fê.
    Nem me fale de livros não lidos. Comecei o ano com uma quantidade de livros não lidos na estante e estou terminando o ano com uma lista maior ainda. Vergonha hehe. Desses só li Fangirl que gostei muito. Devorei na verdade. Li em dois dias.

    Prefácio

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. É sempre assim: a lista cresce e cresce e a gente fica aqui sem ter como evitar.

      :P

      Boas leituras em 2018!

      Excluir
  13. Boa listagem ;)
    http://retromaggie.blogspot.pt

    ResponderExcluir
  14. Bem legal a tag. É muito livro pra ler, hein. Eu iria ficar feliz se tivesse tudo isso aqui em casa. Eu costumo ler muito rápido.
    Bjus!

    galerafashion.com

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. A lista de leitura do ano foi tão grande quanto a de "pra ler". hehehehe

      Espero que você consiga alcançar uma minibiblioteca tbm :D

      Beijos

      Excluir
  15. 80 livros sem ler??? Meu Deus é muito livro!!!
    Acho que esse ano li só um livro, ai ai :(

    https://heyimwiththeband.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  16. Fernanda do céu, 80 livros não lidos? Eu achava que tinha muitos livros não lidos por aqui, fiquei até mais aliviada depois de ver o seu número mágico. Hahaha! Mas 2018 tá aí, vamos colocar essas leituras todas em dia! \o/

    ResponderExcluir
  17. Esse ano eu li vários livros que eu tinha em casa e nunca tinha lido (da minha irmã e da minha mãe, porque meus eu não tenho, sempre compro e já leio, não gosto de acumular!). Bem bacana essa tag, eu queria ler esse livro da Isadora, lembro quando ela lançou! E ela é da minha cidade <3


    Beijos
    Brilho de Aluguel

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Menina, eu não dou conta de ler tudo o que preciso, mas continuo tentando. Que legal que a Isadora é da sua cidade :D

      Beijos!

      Excluir
  18. O tanto de livro que comprei em second hand stres, os que peguei pro meu tablet -que são PDF's e a quantidade de livros bons que tem na biblioteca aqui na Finlândia fazem minha lista de não lidos sem bem grandona também D:
    Dos livros que deixei no BR, to triste que nunca terminei Nárnia :(
    Adorei a tag e suas respostas!
    A Bela, não a Fera | A Bela, não a Fera no Youtube

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Mudar de país tem esse empasse do que fazer com os livros, não é? Sabe que já me peguei pensando nesse tipo de coisa? Complicado. As bibliotecas daí costumam ser bonitas mesmo :D

      Espero que você faça as leituras que deseje em 2018.

      Beijos!

      Excluir
  19. Que pilha enorrrme hahah mas te entendo, eu também tenho a minha pilha de não lidos e não é fácil arranjar vontade e tempo pra ler tudo. Desses da tua lista o único que li foi Eleanor & Park, tem até resenha lá no blog e eu amo esse livro, se eu fosse tu daria uma olhada em algumas resenhas pra ver se te agrada e, se sim, me jogava na leitura. Fangirl eu tenho muita vontade de ler por causa dos elogios, sabe? Adorei a TAG e feliz natal <3
    Um beijão,
    Gabs | likegabs.blogspot.com ❥

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Um dia dou conta de todos eles! heheheh

      Beijos!

      Excluir
  20. Eu tenho Eleanor & Park, confesso que quando comprei foi por impulso também, porque todos estavam falando muito bem da escrita de Rainbow Rowell, bateu um receio de ser teen demais e eu não curtir, mas eu simplesmente me apaixonei, indico muito! Fangirl eu já não gostei tanto quanto o primeiro mencionado, mas Ligações da Rainbow Rowell também é bom! Divertido... Saramago eu lia muito na época de colégio, minha professora de filosofia fazia vários trabalhos relacionados ao autor, principalmente no terceiro colegial... Eu lembro que fizemos teatro do Conto da Ilha Desconhecida, mas o livro que eu mais gosto do autor é Ensaio Sobre a Cegueira... 80 livros não lidos? Meu Deeeeus como você consegue? Quando eu acumulo 10 já me dá um desespero hahahaha beijokas ;)

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Desespero a gente tem, vontade de ler tbm! hehehe
      Vou começar por Eleanor então!

      Beijos :*

      Excluir
  21. Nossa Fe, eu achei que tinha livros demais sem ler, mas você superou hahaha.

    Eu tenho 9 livros na estante que ainda não li, e devo ter algo nessa faixa no meu Kindle. Não li nenhum da sua lista, então nem posso te dizer pra ler esse ou aquele...

    Os livros mais antigos que tenho não lidos são os 3 livros d'O Senhor dos Aneis que eu não sei bem porque comprei, já que os filmes foram satisfatórios o suficiente haha. Enfim, nunca tive aquela vontade de pegar esses livros para ler...
    Além desses tenho uns livros do Milan Kundera que comprei um box quando poderia ter comprado somente "A insustentável Leveza do ser" que era o livro que eu queria ler haha. Não me arrependo, porque "A identidade" é bem bom também.

    Tenho alguns outros mais novos e que serão lidos na hora certa... Os do Kindle eu acredito que serão lidos mais rápidos, mas preciso parar de acessar a loja haha.

    Adorei a TAG! E não desista! Uma coisa que eu tive que fazer uma vez foi... Enquanto não ler todos os livros que tenho, não compro mais... Me ajudou na época, uma pena eu ter passado por uma fase quase sem leituras :/ porque a gente sempre quer livro novo, mas é necessário ler os que temos, né?

    ResponderExcluir

Olá!

♥ É muito bom poder ouvir o que você pensa sobre este post. Por favor, se possível, deixe o link do seu site/blog. Ficarei feliz por poder retribuir a sua visita.

♥ Quer saber mais sobre o blog? Então, inscreva-se para receber a newsletter: bit.ly/newsletteralgumasobservacoes

♥ Volte sempre! ;)