domingo, 22 de maio de 2016

{Resenha} The war of art, de Steven Pressfield

The war of art, de Steven Pressfild, é aquele tipo de livro que diz “ei, você, pare de adiar o seu sonho!”. Resolvi comprá-lo depois que tive uma conversa com a escritora e coach Allison Fallon, sobre o meu medo de me assumir autora. Ela fez a indicação, e eu, como uma boa aprendiz, acatei com carinho de quem quer mudar o jogo.

O subtítulo do livro, Break through the block and win your inner creative battles, já dá uma noção do caminho que a narrativa irá seguir: um a sequência de explicações, exemplos e incentivos para que o artista que o lê deixe de ser amador e passe a agir como um profissional.

A obra está dividida em três partes. No book 1, Resistance, defining the enemy, o autor apresenta todos os aspectos da resistência. Segundo o que ele defende, é ela que nos faz desistir - muitas vezes, sem tentar. A resistência pode se configurar em forma de procrastinação, de medo, de vício, de dramatização, de fundamentalismo, ou de qualquer outro jeito que paralise o artista, bloqueando o seu desejo mais íntimo de criar. Esta parte é interessante, porque não há como não se identificar com algum dos exemplos. Quem já tentou fazer arte alguma vez na vida, também sabe o que é se autossabotar.

"Sabe, Hitler queria ser um artista. Aos dezoito anos ele pegou a sua herança, setecentas coroas, e se mudou para Viena para viver e estudar. Lá, ele entrou na Academia de Artes e, depois, na Escola de Arquitetura. Você já viu alguma das pinturas dele? Nem eu. A resistência o venceu. Você pode chamar de exagero; mas, de qualquer forma, eu devo dizer: foi mais fácil para o Hitler começar a Segunda Guerra Mundial do que enfrentar uma tela em branco".
(trecho do livro The War of Art, em tradução livre)

No book 2, Combating resistance, turning pro, Pressfild ensina como combater a resistência, para se tornar um profissional, e defende a necessidade disso. Nesta parte, vemos a importância da persistência e do aprendizado quando falhamos. Aqui, ele também explica a maturidade do artista que age como profissional e que sabe que as críticas são feitas à arte, não à pessoa que as recebem.

Por fim, o book 3, Beyond Resistance, The higher realm, aborda como agir de maneira a conciliar a inspiração e o trabalho. Para o autor, certamente há uma Musa (anjos, áurea), algo superior que guie o processo criativo de seus artistas. Por outro lado, ele defende que esta energia só se torna arte, quando o artista se dedica todos os dias, como em um trabalho formal. Quanto mais você inspira e mergulha na sua arte, mais ela virá até você.



Os capítulos são curtos, mas muito reflexivos. Os que falam sobre o medo são os que dão um soco no estômago de quem quer se assumir escritor, pintor, fotógrafo, ator, cantor ou trabalhador artístico. Eles vão fundo no cerne das nossas inseguranças e nos provocam a ponto de nos fazer movimentar.

Em um mundo que vive falando que a arte é banalidade, The war of art é aquele tipo de livro que nos inspira a não desistir como artista.
Capa.

Livro: The war of art
Subtítulo: Break through the block and win your inner creative battles
Autor: Steven Pressfield
Editora: Black Irish Entertainment
Páginas: 190
Sinopse: A succinct, engaging, and practical guide for succeeding in any creative sphere, 'The war of art' is nothing less than Sun-Tzu for the soul hat keeps so many of us from doing what we long to do? Why is there a naysayer within? How can we avoid the roadblocks of any creative endeavor-be it starting up a dream business venture, writing a novel, or painting a masterpiece? Steven Pressfield identifies the enemy that every one of us must face, outlines a battle plan to conquer this internal foe, then pinpoints just how to achieve the greatest success. 'The war of art' emphasizes the resolve needed to recognize and overcome the obstacles of ambition and then effectively shows how to reach the highest level of creative discipline. Think of it as tough love... for yourself. Whether an artist, writer or business person, this simple, personal, and no-nonsense book will inspire you to seize the potential of your life.

PS: Eu importei pelo site da Livraria Cultura.

_____________________________________________________________
Observe também em: Bloglovin | Facebook | Twitter Instagram Flickr | About me

2 comentários:

Não deixe de observar também!

Sempre vou responder ao seu comentário por aqui; mas, se você deixar o seu link, farei questão de ir observar na sua morada! ;)

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...