O poema da madrugada


O poema da madrugada
à noite foi escrito
Porque tinha vergonha
de aparecer assim nascido.

Tudo o que ele queria mesmo
era ser discreto
ter o sentimento contido
de todo o fato concreto

(Por isso escolheu a noite
tentando não ser visto.
Assim carregava consigo
todo o sonho invisível.)

Ele escondeu nas entrelinhas
o desejo da madrugada
daquele coração
que caíra numa roubada.

Mas o tal do poeminha
era sensível e sincero
por isso descrevia
um belo amor secreto.

_________________________________________________________________
Observe também em: Facebook | Twitter | Instagram | Flickr | About me

Share:

6 comentários

  1. Às vezes, sabe, fico me perguntando se você um dia contará todos os segredos que guarda, sem esconder nas entrelinhas dos poemas, das crônicas... Quero te ler, Fê, sem medo, sem barreiras... Gritar ao mundo em versos ou parágrafos, quero entender seus segredos, seus amores...
    Escreve mais, Fê, escreve porque queremos te ler!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Faah, as palavras me desnudam. Pode parecer que não, mas essa é a função delas! ;)

      Excluir
  2. Olá!
    Ameei o poema! *-*
    Super gostoso de ler, além de ser muito bem escrito, parabéns!

    Bjs!
    http://marcasindeleveis.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir

Não deixe de observar também!

Sempre vou responder ao seu comentário por aqui; mas, se você deixar o seu link, farei questão de ir observar na sua morada! ;)