quarta-feira, 18 de dezembro de 2013

O último adeus

Céu mudando de cor, visto da minha janela.

Subi para me despedir, enquanto a festa continuava animada e barulhenta no andar abaixo. Entardecia, e o céu mudava de cor... Ao lado da janela, lá estava ele, sentado sozinho, pensando consigo mesmo. Ele observava o céu escurecer, enquanto sabia que a sua própria vida rumava à escuridão do desconhecido. Não que isso fosse ruim, ao contrário, ele lutara para chegar até ali e tinha total consciência da beleza de uma noite estrelada. Entretanto, a emoção batia à sua porta, trazendo consigo a inundação de uma nuvem de lágrimas.

Fiquei a observá-lo por alguns instantes, na incerteza de como interrompê-lo. Eu, que detesto despedidas - e já havia chorado muito dizendo "tchau" aos demais - estava tão sobre a linha tênue que separa a felicidade da tristeza quanto ele. Como lidar com tamanha emoção?

Minha voz saiu entrecortada, quando finalmente soltei um "vim me despedir...". Ele se levantou com o sorriso mais sincero do mundo e me abraçou - com um daqueles abraços longos, que só um grande amigo consegue dar. Queríamos dizer muito, mas só de olharmos um para o outro sentíamos um nó na garganta. No fim, prometemos que nos veríamos em breve e caminhamos em direções opostas.

Aquele fora o último adeus daquela noite. Quando deixei a festa, uma brisa noturna me recebeu junto ao belo sorriso do luar. 

_________________________________________________________________
Observe também em: Facebook | Twitter | Instagram | Flickr | About me

8 comentários:

  1. Que triste e lindo, Fer.
    Eu sempre me vejo nos seus textos...
    Como é difícil esse último adeus, ainda mais quando se trata de alguém que tanto adoramos... Fiquei emocionada...
    Beijos

    Meu Meio Devaneio

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Parte ficção, parte realidade.
      Dizer adeus é sempre é muito complicado :/

      Obrigada pelas palavras e pelo carinho! :)

      Excluir
  2. Seus textos me passam um ar leve sabia? Seja qual for o tema dele!
    Você tem facilidade com as palavras e sabe disso né? rs
    Esse então, me tocou demais! Simples, lindo, verdadeiro.

    Beijos,
    www.miragemreal.com

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Fico feliz que ele te traga a leveza! Nesse dia a dia corrido, leveza é fundamental! :D

      Beijos! :D

      Excluir
  3. nossa, que... tocante.
    Adeus é tão duro, especialmente pq adeus pra mim é algo tão definitivo. Colocar um fim é complicado, abrir mão e partir. As direções opostas, será que se encontrarão um dia?
    Lindo e perfeito seu texto *-*

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. :) Concordo com você sobre o adeus ser derradeiro. Tão doloroso, mas tão necessário. Espero realmente que eles se reencontrem. :)

      Um beijo!

      Excluir

Não deixe de observar também!

Sempre vou responder ao seu comentário por aqui; mas, se você deixar o seu link, farei questão de ir observar na sua morada! ;)

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...