domingo, 3 de março de 2013

O dia em que enterrei o meu passado


Era uma manhã quente de verão. Acordei disposta a voltar a viver. Por isso, estava decidida a, pela terceira vez, enterrar o meu passado. Não seria fácil, decerto. Se o fosse, esta não seria a terceira tentativa. 

Acordei contente. Sabia que colocar o meu passado a sete palmos me permitiria voar na superfície. Embora enterrar não signifique esquecer, para mim, sepultar a dor era sinônimo de aprender a conviver com as lembranças, desafiar os sortilégios e, sobretudo, seguir em frente.

Sabia que ouviria coisas que queria e que viriam ao meu encontro parte desconhecida que queria esquecer. Mas já havia velado esta dor por muito tempo e, por mais que não gostemos, todo enterro exige que se veja o morto seja lá como ele estiver...

No dia em que enterrei o meu passado, ouvi o silêncio que me trouxe a paz.

18 comentários:

  1. Eu vivo tentando fazer isso.
    Enterro,tempos depois desenterro.
    Queria aprender a saber diferenciar quando vc deve desistir,se vc está desistindo pq não aguenta mais lutar e esperar,se desiste pq já não há batalha,ou se vc persiste pq o amor pode superar e aguentar tudo, ou se espera pq é tola.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Ju, acho que enterrar tem que ser definitivo. Ninguém merece ficar exumando cadáveres!
      Acho que devemos desistir quando isso começa a nos fazer mal. Amor é sentimento que nasce pro bem, quando nos machuca, não é mais amor.
      Espero que tudo dê certo pra nós! :D

      Um beijo!

      Excluir
  2. tantas tentativas talvez seja o significado de tamanho sentimento. Você não bebe um copo cheio de água de uma vez, como se passasse água por um funil. Você bebe primeiro um gole, depois outro , depois outro, mesmo sem tirar o copo da boca. Você enterra um pouco de uma vez, e aos poucos preenche o espaço vago com algo que a gente espera que seja melhor. rsrs Talvez se enterrar todo de uma vez o seu passado o vazio pareça maior.

    Grande texto! adorei!muito inspirador!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Wow! Amei a imagem que vc criou neste comentário! :D De verdade! ;)
      Acho que você está certa, mas depois de 2 tentativas, espero que a terceira seja definitiva e derradeira.
      cansei de sofrer!

      Um beijo e obrigada por ser uma leitora tão querida!

      Excluir
    2. ahhh mais ninguém quer sofrer neh? Mas o mais certo é que até pra sofrer temos que ter paciência, esperar as feridas fecharem direito. Tudo na vida tem o seu processo! um beijo!

      não me canso de dizer que eu adoro os seus textos!

      Excluir
  3. Acho que enterrar o passado é algo ruim. Se algo péssimo aconteceu no passado, o melhor que você deve fazer é aprender com o que aconteceu. Não podemos escolher se vamos nos ferir ou não, mas podemos escolher o que vamos permitir nos ferir.

    www.nathlambert.blogspot.com

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Nath, a gente enterra as esperanças de algo que é certo que não aconteça. Aprende com o que viveu e segue em frente. Acho que é esse o sentido...
      É justamente esta escolha de não sofrer mais, de não ser ferida!

      um beijo!

      Excluir
  4. As vezes é extremamente necessário fazer isso.
    Enterrar o passado. Mts vezes é a única forma de ser feliz.
    Olhar pra frente. Afinal, a gente não se vive de passado.
    sapatilhadecristal.wordpress.com

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Não vivemos de passado, embora ele nos ensine para o futuro. Agora que o aprendizado ficou, bola pra frente! :D

      Um beijo!

      Excluir
  5. Gosto muito dos seus textos!!!!

    Esse me fez pensar muito!!!

    Bjs

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Espero que ele te inspire de alguma forma! :)

      Um beijo!

      Excluir
  6. Retribuindo a visita q vc fez no meu blog... Belo texto! Pelo visto vc tem talento, continue assim!

    ResponderExcluir
  7. Inspirador e melancólico!
    "No dia em que enterrei o meu passado, ouvi o silêncio que me trouxe a paz."
    Teu texto é lindo e representa bem esse momento do "enterro". Eu acho que consegui enterrar meu passado de vez. Agora, estou esperando para ouvir o silêncio e ter a paz!
    Lindo mesmo!
    Tens muito talento, Fê!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oi Paula!
      Acho que a paz é consequência - como quase tudo nessa vida!
      Espero que você a alcance em breve :D

      E, obrigada pelos elogios!

      :*

      Excluir
  8. Lindas palavras farei de suas palavras minhas...chega ta na hora de enterrar o defunto.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Olá! :)

      Espero que dê certo e que você fique bem! :D

      Obrigada pelo comentário!

      Beijos!

      Excluir
  9. Éo que estou tentando fazer,as vezes ficamos velando alguem que nunca mereceu nossa atenção.A nessa vida cometemos cada deslizer por quw nós mylheres quando amamos nós entregamos por inteiro sem pensar ni que pode vir surgir,A outta pessoa sé aproveita disso nós uzar e depois descarta.Simplesmente porque conheceu um Alguem "Esoecial" i mais engraçado e que antes vcneraba Especial.Ai fiquei exatamente um mes de luto pessando o queé ser especial para alguem .comcluir que todas nós somos é na verdade wuem perdeu foi esse Idiota.

    ResponderExcluir

Não deixe de observar também!

Sempre vou responder ao seu comentário por aqui; mas, se você deixar o seu link, farei questão de ir observar na sua morada! ;)

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...