quinta-feira, 24 de janeiro de 2013

Fim

Ele prometeu o "para sempre"...

Ela estava ali parada, com as duas mãos no bolso, decidindo se iria ou não falar com ele. Ensaiava mentalmente uma conversa que jamais seria como ela idealizava. Repetia as palavras, enquanto se mexia sistematicamente, agoniada em seu nervosismo. Ela errara, é certo. Mas quem nunca sentira ciúmes antes?

"Pelo menos", ela argumentava em seu diálogo mental, "pelo menos eu dou os meus pitis com você". Então ela pausou seus passos, que iam para lá e para cá, e sorriu ao se lembrar das palavras de seu colega: "O André veio reclamar que eu estava muito saidinho pro seu lado...". Ah! Mas que raios! Por que ele nunca demostrava o que sentia?! Ela sempre sabia por terceiros - isso, quando sabia. O que custava dizer o que sente!

Depois deste momento de raiva, ela mudou de ideia. A cólera, mais uma vez, a atingiu. "Pra que pedir desculpas por um sentimento extravasado?". Era ele mesmo que pedia para que ele dissesse tudo o que sentia. Ela dissera; agora ele que aguentasse e se virasse!

Pensando assim, ela se foi sem olhar para trás.

26 comentários:

  1. Amora, você arrasa! Simples assim!

    bjus

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Ain! Pelo menos pra alguma coisa os fatos tristes devem servir, não, amora?!
      Obrigada por sempre estar by my side! :)

      :*

      Excluir
  2. Ciúme é uma droga, né?
    Mas tudo sempre tem um jeitinho :)
    Adorei o texto!
    Beijão

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Pois é Vi,
      é uma merda! Mas, às vezes, ele tem motivos... Esta é a pior parte! :P

      :*

      Excluir
  3. Já me vi assim...haha
    Sou do tipo que gosta de falar o que sente, mas com o tempo aprendi que é melhor guardar pra si. Pois, não adianta nada. Pelo menos, no meu caso.
    bjoks

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Kakau,
      já fiz as duas coisas. Guardei e sofri sozinha. Falei e quebrei a cara.
      Atualmente, não faria como a personagem. Guardaria para mim...

      :*

      Excluir
  4. ciúmes é uma porcaria! adorei demais seu texto! arrasou! lelusantos.wordpress.com

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Pois é. Ciúmes é complicado...
      Bom que gostou! :D

      :*

      Excluir
  5. Olá Fernanda*-*
    Apesar de curto o texto ficou incrível.
    Muitas vezes é bom colocar um ponto final em tudo o que nos incomoda. Em um romance nem sempre é fácil, mas é sempre bom seguir em frente.
    E ciúmes é algo que se não for controlado, pode destruir qualquer relacionamento :/

    Beijos,

    Juliana,
    ser-escritora.blogspot.com.br

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oi Ju!
      pois é... acho que colocar ponto final - o último e derradeiro - é complicado demais e dolorido demais em certos aspectos da nossa vida.
      Um beijo!

      Excluir
  6. Ciúme... às vezes um grande e apaixonada demonstração de amor!
    Amei.
    Beijos, Cyn.
    http://ograndetalvez.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Ciúme é uma coisa doida!
      Pode ser demonstração de amor e pode destruí-lo. Complicado!

      Beijokas :*

      Excluir
  7. Que mulher nunca foi durona assim? Vou te contar que eu já errei tanto no quesito ciúmes! E às vezes erro ainda, no meu caso é insegurança sabe? Não me acho bonita o suficiente e principalmente, inteligente o suficiente, e nem acredito quando ele diz que isso é mentira. Já virei as costas várias vezes sem pedir desculpas e ele sempre vem atrás. Será que isso é amor? :P
    Lindo texto Fê, como sempre né? Quero livro! u.u
    Beijos.

    Esfriou o Café!
    Facebook!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oi Mayara!

      Eu entendo o que você quer dizer com se sentir insegura.
      Sempre dá a sensação de que alguém melhor irá chegar e que ele vai preferir esta outra... Já senti isso muito, até que fui trocada por uma guria que não era bonita ou carinhosa ou qualquer outra coisa de super melhor que você possa imaginar.
      Então, desencanei dessa de me achar feia e indigna deles... Porque essa coisa de coração não segue as regras que o restante da vida segue...

      Se eu pudesse te dar um conselho, seria: acredite no que ele diz. Falo isso pelo o pouco que conheço de você do blog e falo isso porque acredito que ele é sincero.

      Sobre virar as costas, se você tiver culpa no cartório, volte. Pedir desculpas faz bem tbm! :D
      No caso do conto em específico; ela não voltou, porque ela sabia que a confusão toda tinha um motivo que não estava em suas mãos - e sim na dele. Fatos complicados que ficaram nas entrelinhas...

      Obrigada mesmo pelo comentário e por querer o livro! *__________* Ganhei o meu dia com este seu desejo!

      Um beijo!

      Excluir
  8. Ciúmes é uma droga. Adorei o seu texto. (:

    blogchuvasdenovembro.blogspot.com

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oi Haysa!
      Várias opiniões sobre isso! heheh
      Obrigada!

      Excluir
  9. Parece eu nessa historia! Amei o jeito que escreveu.
    Beijos, Aline
    http://24diasdeprimavera.wordpress.com

    ResponderExcluir
  10. Seu texto ficou ótimo! Ciúmes é tão chato né? Eu sou super ciumenta :/
    beijos

    Marina Alessandra do blog Maior de Idade
    @mariinaale

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Também sou ciumenta, mas já conclui que era assim porque tinha os meus motivos, sabe?!
      Bom que você gostou!

      :*

      Excluir

Não deixe de observar também!

Sempre vou responder ao seu comentário por aqui; mas, se você deixar o seu link, farei questão de ir observar na sua morada! ;)

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...