domingo, 14 de dezembro de 2008

Confiança



*Con.fi.an.ça: s.f. 1. Sentimento de segurança na sinceridade ou na competência de alguém. 2. Crença de que alguma coisa sucederá bem; otimismo, esperança. 3. infrm. Atrevimento.

Desde pequena, meus pais sempre me deram o mesmo conselho: “Cuidado com a escolha de suas amizades” e isso sempre me serviu de alerta. Pessoas que aparentam serem boazinhas, nem sempre o são.
Como todo mundo nessa vida, amizades são feitas de escolhas (que ora são conscientes, ora não o são) e como todo mundo que vive, já fiz escolhas certas e outras nem tanto...

Todavia você está se perguntando: “aonde ela quer chegar com tudo isso?” Acontece que, ao fazermos amizades, passamos a confiar nas pessoas. Como qualquer outro tipo de relacionamento (seja de amizade, pais e filhos, namorados, profissional...), na amizade há troca. Qualquer relacionamento é uma via de mão dupla onde a gente confia nossos segredos, nossas angústias, todas as coisas que consideramos bobas e importantes.

Há algum tempo não errava. Depois de tanto apanhar nas escolhas, pensei que já estivesse calejada, e que não erraria tanto assim... Contudo esta semana, descobri que dois dos meus “amigos” me traíram.
Confesso que estou em choque. O que me chateia é saber que há pessoas que o fazem ou por dinheiro ou por orgulho. Estou em choque, porque confidenciei pensamentos e emoções com duas pessoas que simplesmente me viraram as costas.

Acho que o que me chateia mais é saber que pessoas assim perdem a chance de serem felizes (sim, porque, para mim, pessoas assim não são felizes porque desconhecem aquilo que realmente é importante)... A vida é feita de escolhas. Estas pessoas escolheram perder a minha confiança. Simples assim.

A vida é feita de crescimento – que muitas vezes é maior na dor. 

Eu?! Bem, eu cresci.

~~~~~~~~~~~~~~
*Verbete retirado do minidicionário Houaiss.

3 comentários:

  1. Eu também já sofri decepções. Hoje tenho um certo medo de confiar nas pessoas, me escondo mais. As vezes penso q falo demais e fico com aquele receio de " será q eu deveria ficar mais na minha? acho q confiei demais, falei demais sobre a minha pessoa". Mas, nada melhor que o tempo para nos dizer quem é o verdadeiro amigo, e decepções sempre nos ajudam amadurecer. Mudando de assunto: andei lendo o seu blog, mas é a primeira vez q comento, gosto das suas escritas. bjs

    ResponderExcluir
  2. Aprendemos sempre com as decepções, não é verdade?
    Achei o post intenso e carregado de sentimentos doloros, mas isso será importante para seu crescimento pessoal, né?
    Depois preciso conversar com você, um assunto importante.
    Abraço!

    ResponderExcluir
  3. Olá!

    Achei teu blog via comunidade do Orkut.
    Gostei da sua franqueza em escrever este texto. Demonstra que vc é uma pessoa de sentimentos sinceros - e não merecedora da amizade de pessoas desse naipe.

    Abraço.

    ResponderExcluir

Não deixe de observar também!

Sempre vou responder ao seu comentário por aqui; mas, se você deixar o seu link, farei questão de ir observar na sua morada! ;)

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...