Papo de Blogueiro #2: Criando e se inspirando

Meu caderno de 2014.

Nesta segunda edição da coluna Papo de Blogueiro quero falar um pouco do meu processo criativo e de como faço para sempre ter um texto reserva que possa ser publicado no blog.

Acho que esta estruturação começou mesmo no ano passado, quando resolvi comprar um caderno pequeno. Meu objetivo era carregá-lo a todos os lugares, já que ele era pequeno e leve, o que não atrapalhava para levar na bolsa. 

Mas o que há de diferente nisso? Primeiro, concentrei todos as ideias/rascunhos/textos do blog em um local só; o que, em matéria de organização, é muito mais prático. Segundo - e aí que vem o tal "pulo do gato" - eu me lancei desafios.

Nas férias, faço uma proposta comigo mesma de escrever um texto por dia. Não precisa ser longo e pode ser de qualquer gênero: conto, crônica, poesia! Tudo é válido. Se estou sem inspiração, escrevo sobre algo que vi/ouvi durante o meu dia, sobre o que fiz ou estava fazendo antes de escrever, sobre como me sinto. Aqui não me preocupo muito com a qualidade do que estou falando - porque, no momento de passar a limpo, faço as correções/revisões necessárias. O importante é manter a prática de escrever. É nítido como do último texto do desafio é melhor do que o primeiro, pois amadurecemos na escrita. 30 textos em 30 dias são ótimos para quando não sabemos o que postar no blog. Ter textos de reserva nunca é demais. 

Quando não estou de férias, me lanço desafios mais curtos: escrever uma crônica por dia, durante uma semana; escrever 3 ou 4 vezes por semana e assim vai. O importante é levar o desafio a sério, porque assim o volume de textos cresce e uma inspiração puxa a outra! Há a possibilidade de combinar estas propostas com outros blogueiros/escritores, pois assim o compromisso fica mais forte (se vocês quiserem me lançar alguma proposta neste sentido, deixe aqui no comentários).

Ao escrever nestes cadernos, numero os textos. Isso é bem bacana, porque dá pra fazer um controle da produtividade e ter um comparativo ano a ano. O legal de fazer isso também relaciona-se a motivação, porque quanto maior o número de textos, mais vontade temos de escrever!

Espero que a dica seja útil!

Beijos e queijos!

Ah! Se vocês têm outras formas de gerar conteúdos e se manter inspirados, me conte aqui nos comentários. ;)
_________________________________________________________________
Observe também em: Facebook | Twitter | Instagram | Flickr | About me

You May Also Like

18 comentários

  1. Oi, Fê! Adorei o seu processo criativo. Eu só escrevo quando a inspiração bate, o que pode ou não ocorrer, mas acho que eu deveria ser mais disciplinada, sinceramente.
    E também deixo tudo no computador, salvo no blog e em arquivos pessoais. Fico com preguiça de digitar o que escrevi hahaha
    Beijos

    Meu Meio Devaneio

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Ai Sô!
      Esse lance de depender da inspiração é bom, mas tão complicado... É ótimo quando ela vem, mas quando a gente fica muito cansada, quase nunca ela aparece... :/

      Excluir
  2. Como eu queria conseguir seguir essas dicas, acho que o grande problema do meu blog é que ele é muito desatualizado =( Vou seguir essa coluna hehehe

    Beijos, Vickawaii
    http://finding-neverland.zip.net

    ResponderExcluir
  3. Olá!
    Adorei as dicas! Realmente, quanto maior a frequência com que escrevemos, maior a inspiração e a criatividade, sem contar que melhora também a escrita. Vou começar a manter esse hábito de escrever um pouco todo dia, ainda mais porque voltei a escrever a pouco tempo!
    Ótimo blog! Seguindo e curtindo :)
    Bjs!
    http://marcasindeleveis.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Espero que funcione pra você. :)
      Obrigada por seguir e curtir! :D
      Você é super bem-vinda!

      Beijos!

      Excluir
  4. Com certeza muito útil *---*
    um ótimo post \o

    ResponderExcluir
  5. eu adorei o texto. Muito instrutivo. Eu tenho as minhas fases. Agora por exemplo, ando desanimada. Mesmo quando tenho inspiração acabo deixando ela ir embora. Suas dicas são ótimas e vou tentar segui-las.

    beijo grande

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Ai Luci, espero que dê certo :)
      Sei como é ter um desânimo! :P

      Beijokas!

      Excluir
  6. Oi, Fê.

    Eu até já escrevi algumas coisas, mas sempre tem os momentos. Sejam eles triste os felizes, só ai consigo rs

    Beijos
    http://fernandabizerra.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Os momentos são importantes também, mas manter a regularidade é importante, mesmo que seja um exercício.

      Beijos! :)

      Excluir
  7. Nossa, gostei muito dessas dicas! Muitas vezes comecei a fazer textos, mas depois desanimava pq faltava a inspiração e desistia. Mas agora vou tentar sempre sim :)) obg pelas dicas.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Este é um exercício!
      Espero que funcione para você! :)

      Um beijo!

      Excluir
  8. Eu, sinceramente, não consigo me forçar a escrever todos os dias - aliás, não consigo me forçar a escrever. Eu fico com raiva, de verdade. Uma vez eu escrevi um livro de presente pro meu ex, pra dar de presente de um ano de namoro. Eu decidi que ia escrevê-lo em março, e ele tinha que estar pronto em junho. Foram os piores quatro meses da minha vida - exatamente por eu me forçar a escrever, porque o livro tinha que estar pronto no dia. No final, ficou pronta só a primeira parte; eu ainda tinha que escrever a outra parte. E quem disse que eu consegui? Já se passaram cinco anos, e eu não terminei, de tanta raiva que eu fiquei daquela história D:

    Acho que é por isso que eu nunca consigo completar nenhum projeto, seja de tirar uma foto por dia, seja de ler um livro por mês D: Escrever então...
    Jamais tenho textos de reserva - triste. E não conseguiria escrever um texto por dia por 30 dias. Só de pensar, já me dá nos nervos.

    Beijos, Luu
    http://degradeinvisivel.blogspot.com.br

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Para se terminar um projeto é preciso planejamento e determinação. Isso que proponho aqui é um exercício. No começo é mais difícil, mas depois se torna orgânico, porque ideia puxa ideia.
      Determinação é tudo.

      Beijos

      Excluir
  9. Gostei de ver como uma blogueira se organiza. Não sou blogueira e entrei no blog meu devaneio porque tenho medo de escrever. Medo de me expor. Coisa que vou fazer agora, dando uma simples opinião, ou melhor, expressando um sentimento de que gostei do seu texto. Achei a ideia ótima, até mesmo para aqueles que não tem blog. Mas que precisam expressar-se. Acho que vou fazer isso, escrever um texto por dia. Primeiro para mim e se algum dia tiver coragem. Mostro para alguém. Ou posto em alguma lugar. Cinthya.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oi Cinthya!
      Bom ter você aqui!
      Acho que é legal você ter a experiência de começar como colaboradora para depois partir para um projeto só seu. Isso traz maturidade, sabe?!
      Espero que você perca esse medo e se jogue na blogsfera. Tenho certeza de que irá gostar!

      Um beijo e, no que precisar, conte comigo!

      Excluir

Não deixe de observar também!

Sempre vou responder ao seu comentário por aqui; mas, se você deixar o seu link, farei questão de ir observar na sua morada! ;)