Lonjura

by - 10:57 PM

Às vezes a gente quer estar em um lugar, mas a vida nos leva por outros caminhos.

Meu coração aperta cada vez que penso no blog. Deve ser porque eu me sinto distante de tudo aquilo que me toca, que eu amo fazer e vivenciar. Os últimos meses não têm sido fáceis, e eu não quero deixar que o meu espaço preferido se contamine, contudo, segue um breve resumo que, ao menos em tese, justifica o meu afastamento:

Estive por meses com uma crise aguda de rinite alérgica como companheira. Não, isso não é uma coceirinha no nariz, apenas. É uma dor que eu não desejo nem para a pior pessoa do planeta. Comprei uma briga no meu trabalho para mudar do giz e quadro verde (motivos da alergia) para canetão e quadro branco. Dois bimestres e muita chateação depois, consegui.

Nesse meio tempo, minha gata deixou de ser bebê e entrou na adolescência. Pretendo fazer um post mais detalhado, mas já adianto: o cio é algo infernal tanto para quem é humano, quanto para a gata (que, no caso, não iria/irá cruzar).

Minha tia-avó querida faleceu. Eu ainda não sei se processei essa informação. Tento pensar que ela descansou (já que estava doentinha), como forma de me auto-consolar. 

Passei por um período de estresse bem grande que acabou culminando no meu olho. A médica ainda não sabe direito o que é/por que estou assim, por isso estou investigando (orações e energias positivas são bem-vindas). Embora eu esteja enxergando e não tenha dor, preciso resolver logo para não piorar (sério, orem por mim!).

Enquanto recebia essa notícia da oftalmologista, tive que correr para castrar a Poesia (também será assunto para outro post), porque a veterinária disse que, entre um cio e outro, são apenas 21 dias. (Sério, não teria psicológico para outro cio). Agora ela segue em fase de recuperação.

Fora tudo isso, estamos em final de bimestre, e eu estou aqui cheia de provas e redações para corrigir e fechar todas as notas (e é claro que teve aluno que não estudou e ficou de recuperação).

Concomitantemente, minha terapeuta está de férias, o que me leva a ter que segurar a barra toda sozinha. #VoltaTâmala

Essas circunstâncias me afastaram do blog, da leitura, da escrita e, de certa forma, de mim mesma. Foi por conta deste turbilhão todo que eu tirei férias forçadas e fiquei observando tudo à lonjura, enquanto tento resolver um desafio de cada vez. Agora faltam duas semanas para as férias, o que me deixa animada para pôr a casa aqui em ordem.

É claro que coisas boas também aconteceram (não necessariamente nesta ordem): 
  • Organizei uma festa surpresa para a minha tia mais querida. Nos divertimos muito em família. 
  • O livro do prêmio SESC Rubem Braga, que me levou a Brasília no ano passado, finalmente ficou pronto (em breve, post sobre ele, eu acho). Ele é lindo! Eu estou muito diva nele. 
  • Meus alunos do Ensino Médio estão escrevendo melhor a cada dia, e eu me sinto realizada a cada aula em que vejo o progresso deles. 
  • Terminei de escrever o meu livro e entreguei, agora é só esperar a banca que será dia 25 (para quem não sabe, o meu TCC era escrever um livro e eu fiz um de breve narrativas). 
  • Palestrei na Semana de Pedagogia da Universidade São Judas e foi muito bacana compartilhar saberes. 
  • Os Backstreet Boys lançaram uma música nova e, para a nossa surpresa alegria, ficaram em primeiro lugar em tudo quanto é lista de stream/site de música. Está tocando direto nas rádios americanas. Que orgulhinho duzomi!

Que esta semana seja melhor para todos nós! 
Sigamos otimistas sempre. 
Beijos, queijos e vai Brasil! ;)
_____________________________________________________________

You May Also Like

4 comentários

  1. oiê!

    Fê, não tá fácil pra ninguém. assim como você, eu tbm me perdi e não encontrei muita força pra postar. na verdade, ando uns 90% ausente da blogosfera. não é falta de tempo, mas motivação pra escrever mesmo. muita preocupação, medo e tals fazem pare do meu dia a dia.

    encontrei abrigo e paz no mundo offline, então, to tentando ocupar mais minha mente ao lado das pessoas que estão mais perto pra me acolher.

    eu espero que tudo fique bem pra vc (e pra mim!). que a gente volte com tudo e encontremos mais motivação pra escrever.

    bjs!
    Não me venha com desculpas

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Às vezes a gente precisa oxigenar fora da web para ter novas ideias para dentro dela. É um processo. :)

      Espero que você fique bem logo!

      Beijos :*

      Excluir
  2. Oi Fê!

    As atribulações do cotidiano muitas vezes passam tão rápido e surgem ao mesmo tempo e acaba ficando difícil de perceber os caminhos pelos quais estamos nos direcionando. Mas tudo ao nosso redor serve como parâmetro para saber se estamos nos sentindo bem com nós mesmos e com as coisas como estão.
    Espero que as coisas melhorem para você e que possa voltar logo a se envolver de coração com as coisas que mais valoriza :)
    Ótimo fim de semana!
    Bjo

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oi, Rô!
      Tudo bem?
      Obrigada pelos votos de melhora. Concordo no que disse: às vezes a gente precisa tentar ver os problemas de outros ângulos para entender o que se passa.
      Beijos

      Excluir

Olá!

♥ É muito bom poder ouvir o que você pensa sobre este post. Por favor, se possível, deixe o link do seu site/blog. Ficarei feliz por poder retribuir a sua visita.

♥ Quer saber mais sobre o blog? Então, inscreva-se para receber a newsletter: bit.ly/newsletteralgumasobservacoes

♥ Volte sempre! ;)