domingo, 5 de fevereiro de 2017

Amor

Amor nas flores da Casa das Rosas.


Quero amar o amor,
amar o amar,
espalhar,
espreguiçar.
Quero contagiar com o amor,
desejar o amar,
encontrá-lo
até me embriagar.
Estará numa esquina?
Perdido na padaria,
na universidade,
ou numa livraria?
Estará na saudade do futuro?
Quero amar.
Amor livre.
Amor puro.
Selvagem.
Quero amor dos loucos,
sem explicação
me jogar.
Amar o amar.
Amar o amor.

Viver é outra dimensão.

_____________________________________________________________

4 comentários:

  1. Amei, sem mais.
    Amei a sua forma de amar.

    Bjinhos <3

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Fico muito feliz que você tenha gostado! ♥

      Beijos

      Excluir
  2. Oi Fê, bom dia!

    Lindo!! Amei, estou trabalhando num livro de fotografias minhas, e porventura esse poema é teu? Me autoriza a publicar ele ao lado de uma foto minha?

    Abraços,

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oi, Marcelo!
      O poema é meu sim.

      E autorizo. Pode colocar :)

      Será uma honra!

      Beijos

      Excluir

Não deixe de observar também!

Sempre vou responder ao seu comentário por aqui; mas, se você deixar o seu link, farei questão de ir observar na sua morada! ;)

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...