sexta-feira, 9 de outubro de 2009

Tormentas


[foto: Stormy Night - por Christina Welsh (Rin)]

Chove lá fora e, enquanto observo as gotas pela janela, penso na vida que passa aqui dentro. Meus eus discutem, argumentam numa tentativa de harmonizar quem sou para os outros e o que sou para mim mesma. Chove lá fora, pelejo aqui dentro. A tentativa de fusão desses eus provoca a dor do amadurecimento que para uns é prematuro, para outros não. Chove lá fora e, ao invés de fugir desta disputa entre os meus eus, corro para ela de braços abertos. A angústia me consome, a dor me alimenta. Chove lá fora e, enquanto observo as gotas pela janela, sorrio ao perceber que a tempestade me completa com suas perguntas sem respostas prontas e definidas. Chove lá fora, há tormentas aqui dentro em uma noite nublada sem brisa, sem luar...

2 comentários:

  1. Fêzinha...texto profundo hein?! Tb me sinto assim, às vezes. Bjs e fique com Deus.

    ResponderExcluir
  2. Fê,
    este teu texto me deu saudade dos meus posts mais intimistas... mas n tou conseguindo fazê-los ultimamente.

    adorei!

    ;-)
    bjo

    ResponderExcluir

Não deixe de observar também!

Sempre vou responder ao seu comentário por aqui; mas, se você deixar o seu link, farei questão de ir observar na sua morada! ;)

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...