terça-feira, 27 de outubro de 2009

Morfeu


Em meio à penumbra, Morfeu me envolve em seus braços fortemente nebulosos.

Com suaves movimentos, ele me embala e me carrega para uma terra onde os sonhos se confundem com a esperança de ser feliz e a agonia da dor. Terra encantada onde vejo todos a quem já amei, onde me encanto e me perco no olhar perfeito.

E nele me deleito... Entrego-me, então, à aventura do desconhecido; confiando apenas que, na estadia escura da caverna florida, estarei segura em meio àqueles braços que me sustentam e me consomem...

2 comentários:

  1. Ui....quem sera esse Morfeu, hein?! Bjs e fique com Deus.

    ResponderExcluir
  2. Seus textos (e frases que esclhe) sao tao profundos e tao intensos que conseguem realmente fazer a gente parar e analisar a vida de acordo com o que se le.

    Adoro o blog e to sempre por aqui. ;)

    ResponderExcluir

Olá!

♥ Quer comentar, mas não tem uma conta no Google? Basta alterar para a melhor opção no menu "Comentar como:". Se você não tiver uma conta para vincular, escolha a opção Nome/URL e deixe a URL em branco, comentando somente com seu nome.

♥ É muito bom poder ouvir o que você pensa sobre este post. Por favor, se possível, deixe o link do seu site/blog. Ficarei feliz por poder retribuir a sua visita.

♥ Quer saber mais sobre o Algumas Observações? Então, inscreva-se para receber a newsletter: bit.ly/newsletteralgumasobservacoes

♥ Volte sempre! ;)

Algumas Observações | Ano 13 | Textos por Fernanda Rodrigues. Tecnologia do Blogger.