segunda-feira, 13 de julho de 2009

O camelo em busca de um oásis*


Certa vez, um camelo desprevenido ficou cego numa tempestade de areia. Como não soubesse para onde ir, o camelo aguardou que algum animal se aproximasse para pedir-lhe ajuda. Apareceu, então, um escorpião branco, que, ao vê-lo, engrossou a voz para deixá-la como as dos camelos e lhe disse:


- Caro irmão, estás perdido?!

O camelo, que nada enxergava, lhe respondeu:

- Estava à procura de um oásis, quando veio a tempestade que me cegou. Podes me conduzir até lá?!

- Claro que sim! – respondeu-lhe o fingidor.

Caminharam ao longo das areias escaldantes por um tempo, até que o camelo passou a confiar em seu novo guia. Foi então que o inesperado aconteceu: o camelo sentiu uma ferroada em sua pata traseira e antes de morrer ainda ouviu o escorpião branco comemorar a sua primeira vítima de grande porte.

Moral da história: não confie em qualquer um, pois nunca se sabe com quem se está lidando.

____
*Texto inspirado nas Fábulas de Fedro.

3 comentários:

  1. Adorei! Não existe maior verdade!
    Amo ♥

    ResponderExcluir
  2. Oi,td b? Com certeza, o texto esta certo. Ate tem versiculo na bíblia q jah nos alertava disso... Jeremias 17-5 "Maldito o homem q confia no homem...". Bjs e fique com Deus.

    ResponderExcluir
  3. Uau, adorei. Nada pior do que um escorpião disfarçado de camelo...Precisamos manter a atenção. Palavra de uma desconfiada nata!


    (www.pollyok2.zip.net)

    ResponderExcluir

Olá!

♥ Quer comentar, mas não tem uma conta no Google? Basta alterar para a melhor opção no menu "Comentar como:". Se você não tiver uma conta para vincular, escolha a opção Nome/URL e deixe a URL em branco, comentando somente com seu nome.

♥ É muito bom poder ouvir o que você pensa sobre este post. Por favor, se possível, deixe o link do seu site/blog. Ficarei feliz por poder retribuir a sua visita.

♥ Quer saber mais sobre o Algumas Observações? Então, inscreva-se para receber a newsletter: bit.ly/newsletteralgumasobservacoes

♥ Volte sempre! ;)

Algumas Observações | Ano 13 | Textos por Fernanda Rodrigues. Tecnologia do Blogger.