quinta-feira, 19 de março de 2009

No metrô


Nessa vida de idas e vindas para a faculdade, tenho algumas histórias metropolitanas. Abaixo segue uma delas.

Eram quase 11 horas da noite, na estação Sé, quando minha amiga Evelyn e eu entramos no vagão do metrô. Sentei-me ao lado de uma moça; e a Lyn, ao lado de um senhor.
Eu, tirando um cd do pacote, disse a ela: Legal ter encontrado esse cd!
Lyn: você ficou tão contente!
Eu: mas é que eu sempre procurei e nunca achei.
Nisso, percebi que o senhor ao lado dela estava tentando ver a capa do álbum, então, mostrei-lhe:

O senhor sorriu. Talvez porque ele não imaginasse que alguém tão jovem quanto eu, gostasse de Carole King. Sua expressão foi de felicidade...


Abri o cd e passei o encarte pra Evelyn.

Lyn: qual é a música do filme?
Eu: It's too late. É a música de quando ela entra no bar, no dia do aniversário dela, sabe?
Lyn: Sei... =)
Senhor: de qual filme?!
Eu: A Casa do lago. Adoro esse filme ♥
Senhor: Tem uma música bonita do Paul McCartney no filme...
Eu (tentando me lembrar da música e não conseguindo): não lembro...
Senhor: essas músicas são de 1971... vocês não sonhavam nem em nascer!
Lyn: eu não era nem um projeto!

Depois nós rimos, ele se despediu e se foi.

2 comentários:

  1. Que bonitinho, Fêeeee!!!
    Lendo isso que vc escreveu, parecia que eu estava assistindo a um filme.
    Vc sabe que metrô, pra mim, é suuuuuper diferente...rs
    Só via nos filmes americanos...e isso que vc contou me fez imaginar vcs num filme americano...rs
    Tá, tudo bem, eu sou doida...hahahaha
    Mas adorei a história metropolitana!!! =)
    Saudades de vccc!!! =(
    Bjooooooooooooooooooo

    ResponderExcluir
  2. Linda e interessante sua história!É realmente surpreendente que uma menina como vc curta Carole King!Bjs,

    ResponderExcluir

Não deixe de observar também!

Sempre vou responder ao seu comentário por aqui; mas, se você deixar o seu link, farei questão de ir observar na sua morada! ;)

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...